SÃO GABRIEL TEM MAIS DE 600 FOCOS DO MOSQUITO TRANSMISSOR DA DENGUE. SAÚDE CHAMA ATENÇÃO PARA O RISCO DE SURTO.

combate a dengue 1

Profissionais do setor de Vigilância em Saúde trataram com o secretário de ações para “ampliar” as ações de conscientização em São Gabriel

Dados do Ministério da Saúde revelam que 1.153 municípios brasileiros, o que corresponde a 22% do total, têm alto índice de infestação e risco de surto para dengue, zika e chikungunya, o que indica a necessidade de intensificar as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor das doenças. São Gabriel está entre os Municípios em situação de alerta.

alfredo - dengue

Alfredo Oliveira Neves

De acordo com o CEVS – Centro Estadual de Vigilância em Saúde, devido aos 17 casos de chikungunya confirmados pelo LACEN – Laboratório Central do Estado, no primeiro semestre, na cidade de Santiago, a maioria dos municípios da região estão sendo alertados para a importância da prevenção. Em São Gabriel, há risco de surto.
Apesar de alertas, campanhas e orientações, com visitação de agentes, a população gabrielense parece não se preocupar com a situação. Hoje, São Gabriel tem mais de 600 focos do mosquito transmissor. Em 2017, durante todo o ano, foram localizados 380 focos. O número praticamente dobrou. “O problema é bem mais grave e tende a piorar se não houver conscientização de todos”, afirma o secretário de Saúde, médico Ricardo Lannes Coirolo.
Na manhã desta segunda-feira (22/10), o secretário reuniu os responsáveis pelas equipes de Vigilância em Saúde (Sanitária, Epidemiológica e Dengue) para tratar de ações preventivas. Também participaram profissionais dos Programas ESF e responsáveis pelas Unidades Básicas de Saúde.
A ideia inicial é formar uma Força Tarefa, reunindo representantes dos Bombeiros, Unipampa, Exército, Uamosg, Instituto Farroupilha, Conselho Municipal de Saúde, Câmara de Vereadores e Secretarias de Educação, Obras, Turismo e Serviços Urbanos. Também será formado um Comitê Municipal de Prevenção ao Mosquito.
Segundo o coordenador das equipes de combate a dengue no Município, Alfredo Oliveira Neves, há tempo suficiente para a comunidade se mobilizar e combater a incidência de mosquitos. “Mas tem que ser de imediato. A pessoas precisam se conscientizar. Ainda temos tempo, pois, conforme nossos levantamentos, os meses de pico viral são fevereiro, março, abril e maio… mas, por causa do calor, dezembro e janeiro também são muito preocupantes”, comenta.
Conforme a Secretaria de Saúde, São Gabriel não tem casos de doença, mas está propenso, “eis que, basta uma pessoa, com a doença, passar ou chegar na cidade. Se ela for picada pelo mosquito, esse mosquito vai transmitir a doença para outras pessoas… e isso acontece muito rapidamente. Por isso precisamos eliminar o mosquito”, argumenta o secretário.
A Secretaria de Saúde vai intensificar as campanhas e a fiscalização. Os locais com foco do mosquito, já orientados e que permanecem oferecendo risco a saúde pública serão autuados e terão que pagar multas.
Pessoas físicas também serão autuadas se não auxiliarem os setores de saúde na eliminação de pontos de proliferação do vetor. Legalmente, as multas ainda serão definidas pelo Conselho e deverão passar por análise do Departamento Jurídico da Prefeitura.
“Na verdade, não haveria necessidade de inserirmos medidas como essa. Chegar ao ponto de impormos multas para que o cidadão entenda que a situação é grave”, enfatiza o secretário.
A Secretaria de Saúde informa que as ações de prevenção e combate ao Aedes aegypti são permanentes e tratadas como prioridade. Entre as medidas tomadas para combater o mosquito está a visitação (quase semanal) de agente para combate ao vetor, monitoramento da situação e atividades para enfrentamento do mosquito.

Anúncios

SECRETARIA DE SAÚDE PARTICIPA DE ATIVIDADES EM IMPLANTAÇÃO DE PROJETO DE COMBATE AO BULLYING NA ESCOLA.

 

bullying 1

Projeto desenvolvido com alunos da Escola José Lima

bullying 3

As equipes da SMS – Secretaria Municipal de Saúde desenvolveram atividades com alunos das Escola Municipal José da Fonseca Lima, localizada na área central de São Gabriel, no ponto de acesso a Vila Maria, na zona sul da cidade. As ações, de acordo com a SMS, tiveram como foco iniciativas de combate a prática do bullying na escola e foram desenvolvidas na última quarta-feira (17/10).
Profissionais que atual no NASF – Núcleo de Apoio à Saúde da Família e PSE – Programa Saúde na Escola participaram da proposta de criação de um grupo de multiplicadores para trabalhar as problemáticas referentes ao bullying dentro da instituição educacional. Iniciativa da escola, o projeto “Bullying mostra a tua cara” é desenvolvido em parceria com a SMS.
Os profissionais reuniram-se com representantes de turmas. No encontro foi definido um planejamento de ações preventivas e complementares para diminuir as situações geradas pelo bullying.
As próprias crianças denominaram grupo como “Esquadrão Antibullying”. Segundo as equipes da SMS, a finalidade é monitorar e trabalhar as situações que trazem prejuízos para a saúde emocional, “bem como no desempenho escolar, convívio familiar e social na vida da criança e do adolescente”.

As equipes da Secretaria de Saúde parabenizaram a direção da Escola José Lima pela iniciativa do projeto, destacando a importância da parceria entre as Secretarias de Educação e Saúde.

 

NEW LIFE ADERE AS CAMPANHAS OUTUBRO ROSA E NOVEMBRO AZUL.

outubro rosa

O Grupo New Life realmente é uma empresa diferenciada. A direção iniciou, na primeira semana, uma série da atividades visando chamar a atenção da população de São Gabriel para a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama, que pode ser feito por meio do autoexame e mamografias periódicas. O trabalho de conscientização vem sendo desenvolvido por alunos das turmas do Curso Técnico em Enfermagem, professores e demais profissionais. No dia 11, eles realizaram um “Adesivaço”, buscando conscientizar a comunidade gabrielense em relação ao câncer de mama e câncer de próstata, este último, relacionado a Campanha Novembro Azul, que pretende alertar os homens sobre a importância dos exames regulares, já que este é um dos tipos de câncer mais comuns entre a população masculina.
No dia 11 de novembro, o Gurpo New Life vai realizar uma Caminhada em prol do Outubro Rosa e Novembro Azul, A concentração será em frente ao Museu da FEB, a partir das 14 horas.
O evento é aberto a participação da população. Os organizadores pedem para que os participantes usem camisetas branca, rosa ou azul.

SECRETARIA DE SAÚDE, EM PARCERIA COM GRUPO NEW LIFE, OFERECE MASSOTERAPIA PARA PACIENTES COM DORES CRÔNICAS.

curso 2

Projeto foi lançada na quarta-feira passada

A SMS – Secretaria Municipal de Saúde de São Gabriel anunciou na quarta-feira (10/10) a inclusão de uma nova terapia alternativa ao projeto que beneficia pessoas que possuem, há anos, dores crônicas e que são assistidas pelo setor de fisioterapia do Município. De forma inédita, o Município passa oferecer o serviço de massoterapia como forma complementar que ajuda a recuperar o bem estar e a melhorar a autoestima do paciente e suas condições de saúde.
O projeto, denominado “Mãos que curam”, foi desenvolvido pelo Grupo New Life e passa a ser desenvolvido a partir desta semana, sempre nas segundas e terças, das 19h30 às 21h30, na Clínica Bem Estas e Saúde, na Unidade Brandão Júnior, através de uma parceria que proporciona a utilização de estagiários do curso de massoterapia da Escola New Life.

curso 1
No total, 17 alunos fazem parte do projeto, que tem a participação da coordenadora do setor de fisioterapia e responsável pela Clínica Bem Estar e Saúde, fisioterapeuta Roberta dos Santos, e também da professora Geíza Dutra, responsável pelo curso. As duas são idealizadoras do projeto.
O lançamento aconteceu também na quarta-feira passada, durante coquetel com a presença do Secretário Municipal de Saúde, médico Ricardo Lannes Coirolo, e dirigentes da Escola New Life. Entre eles, Jéssica Moreira, coordenadora pedagógica, e Maximiliano Lara, gerente do Grupo em São Gabriel.
“Trata-se de algo inédito, pois nunca se pensou em disponibilizar massagem terapêutica, sem custo algum para o cidadão, no serviço público”, comentou.
O projeto “Mãos que curam” será direcionado a pacientes que estão em processo de reabilitação e vai contribuir para a prevenção e tratamento complementar de doenças por meio de uma terapia alternativa.
O acesso ao programa passa pelo encaminhamento do setor de fisioterapia da Secretaria Municipal de Saúde, que divide o processo em duas etapas. Na primeira, os profissionais fazem uma avaliação e, na segunda, uma triagem, com a seleção de pacientes com problemas crônicos.
“É uma batalha diária promover saúde pública no Brasil. Mesmo que tenhamos todo o apoio, por parte do prefeito, na realização de nossas ações, é sempre muito difícil realizar e promover a saúde pública de qualidade. Pois, quando se fala em saúde pública, sempre se pensa no SUS e aí as pessoas enxergam as enormes filas, as macas nos corredores dos hospitais e gente morrendo, às vezes, a espera de um simples exame. Isso é o que se vê no SUS e nos noticiários pelo Brasil. Aqui estamos fazendo diferente”, comentou Ricardo Coirolo.
Na avaliação do secretário, o serviço público de saúde tem que se assemelhar ao que é privado e também aos convênios.
“A população que mais precisa, a mais pobre, ela é dependente, única e exclusivamente, do serviço público e é somente nele que vai encontrar guarida para a sua saúde. E saúde não espera. O amanhã para a saúde pode ser muito tarde. Eu tenho certeza que esse projeto vai trazer muitos benefícios para a nossa comunidade e as mãos que curam, elas não só tocam o físico, como também tocam o espiritual. Eu vejo na professora Geíza e no rosto de cada um dos alunos a esperança e o querer fazer mais por nossa gente”, disse o secretário.
Hoje, o setor de fisioterapia atende, em média, 500 pessoas por mês. Em números, são mais de 2.500 atendimentos há cada 30 dias.

CLÍNICA JÁ OFERECE
ACUPUNTURA
O setor de fisioterapia encaminha, em média, 300 pacientes para a Clínica Bem Estar e Saúde. O médico Guilherme Oliveira, especialista na área de acupuntura, é o responsável pelo atendimento.

SECRETARIA DE SAÚDE REALIZA AÇÕES DA CAMPANHA OUTUBRO ROSA NA UBS NOSSO SONHO.

outubro rosa - nosso sonho

A SMS – Secretaria Municipal de Saúde de São Gabriel inicia no sábado, no Posto Central, em frente a Santa Casa de Caridade, e na Unidade Básica de Saúde Nosso Sonho, no Bairro Élbio Vargas, as ações da Campanha Campanha “Outubro Rosa”.
Foram ofertados exames de pré-câncer (preventivo), avaliação de mamas, testes rápidos de hepatite, HIV, sífilis e gravidez, especialmente para mulheres acima de 40 anos ou que tenham suspeita de alteração na mama. No total, foram realizados 192 testes rápidos e 52 exames preventivos.
A iniciativa é do Programa de Saúde da Mulher, coordenado pela enfermeira Angélica Ávila.
Conforme o cronograma autorizado pelo secretário Ricardo Coirolo, os exames do Outubro Rosa serão ofertados ao longo de todos os sábados de outubro. No próximo final de semana, será a vez das Unidades PAM e Brandão Júnior. No dia 20, as ações serão no Bairro Independência, Santa Clara e Henriqueta. E, encerrando a Campanha, no dia 27, as atividades serão nas Unidades Caic, Zona Oeste e Bom Fim.
De acordo com a coordenação do programa, três enfermeiros, um técnico de enfermagem e dois auxiliares de enfermagem participarão das ações neste sábado. Apesar de as ações serão em pontos específicos, o público não fica restrito ao das comunidades sedes.
“A Saúde da Mulher (mamas e preventivos) é descentralizada. As pessoas podem escolher qualquer UBS, porque as vezes elas se constrangem de ir na sua área. Aqui, todas mulheres podem vir. Se houver necessidade de acompanhamento, depois pela ESF, elas serão encaminhadas para o enfermeiro específico”, explicou Angélica Ávila.
Na Unidade Básica Nosso Sonho também foram realizadas atividade para as crianças, com pintura de rosto, brinquedos para as menores de cinco anos e a presença do CNS do SUS para confecção e renovação dos cartões.

SECRETARIA DE SAÚDE INICIA NESTE SÁBADO AÇÕES DA CAMPANHA OUTUBRO ROSA EM SÃO GABRIEL.

outubro rosa

A SMS – Secretaria Municipal de Saúde de São Gabriel inicia na manhã deste sábado, no Posto Central, em frente a Santa Casa de Caridade, e na Unidade Básica de Saúde Nosso Sonho, no Bairro Élbio Vargas, as ações da Campanha Campanha “Outubro Rosa”.
Neste sábado, a partir das 9 horas, serão ofertados exames de pré-câncer (preventivo), avaliação de mamas, testes rápidos de hepatite, HIV, sífilis e gravidez, especialmente para mulheres acima de 40 anos ou que tenham suspeita de alteração na mama.
A iniciativa é do Programa de Saúde da Mulher, coordenado pela enfermeira Angélica Ávila.
Conforme o cronograma autorizado pelo secretário Ricardo Coirolo, os exames do Outubro Rosa serão ofertados ao longo de todos os sábados de outubro. No próximo final de semana, será a vez das Unidades PAM e Brandão Júnior. No dia 20, as ações serão no Bairro Independência, Santa Clara e Henriqueta. E, encerrando a Campanha, no dia 27, as atividades serão nas Unidades Caic, Zona Oeste e Bom Fim.
De acordo com a coordenação do programa, três enfermeiros, um técnico de enfermagem e dois auxiliares de enfermagem participarão das ações neste sábado. Apesar de as ações serão em pontos específicos, o público não fica restrito ao das comunidades sedes.
“A Saúde da Mulher (mamas e preventivos) é descentralizada. As pessoas podem escolher qualquer UBS, porque as vezes elas se constrangem de ir na sua área. Aqui, todas mulheres podem vir. Se houver necessidade de acompanhamento, depois pela ESF, elas serão encaminhadas para o enfermeiro específico”, explicou Angélica Ávila.
Na Unidade Básica Nosso Sonho ainda haverá atividade para as crianças, com pintura de rosto,
brinquedos para as menores de cinco anos e a presença do CNS do SUS para confecção e renovação dos cartões.

TATUADOR LANÇA PROMOÇÃO DE TATOO RECONSTRUTIVA GRATUITA DURANTE A CAMPANHA OUTUBRO ROSA.

WhatsApp Image 2018-10-04 at 19.04.38

O tatuador Carlos Willian, da Biker House Tattoo, lançou no começo desta semana uma promoção para mulheres que passaram pelo processo de mastectomia. Carlos anunciou que as tatuagens reconstrutivas, feitas durante todo o mês de outubro, não serão cobradas. Para isso, basta que as mulheres apresentem a autorização do seu médico e desde que o procedimento já tenha total cicatrização (com a excisão ou remoção feita há pelo menos um ano).
As interessadas podem agendar a sessão pelo telefone 9 99294024 ou pelo facebook bikerhousetattoo. A promoção, inserida na Campanha Outubro Rosa, tem apoio de MC Abutre’s Mundial, Abutre’s Social, Abutre’s Social São Gabriel e Word Bikers League.

SAIBA MAIS
O cabelo volta a crescer e a angústia (felizmente!) é superável, mas o tempo não cura todas as marcas deixadas pelo câncer de mama. Para as mulheres que passam por mastectomia há a possibilidade de reconstrução do seio e até mesmo do bico do mamilo, mas a pigmentação característica acaba sendo perdida. Alguns cirurgiões plásticos realizam a micropigmentação da aréola e do mamilo, mas os tatuadores são cada vez mais requisitados, pois dominam melhor a técnica artística do desenho.
Do ponto de vista médico, não há contraindicações para esse tipo de procedimento. “Mas é muito importante que a mama esteja totalmente cicatrizada”, alerta o Dr. Rafael Kaliks, oncologista do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. Para ele, o ideal é que haja o intervalo de um ano entre a mastectomia e a tatuagem reparadora.
Uma coisa é certa: para as mulheres mutiladas pela mastectomia, esse tipo de trabalho vai além da estética. É um sorriso no rosto de quem já passou por momentos de dor profunda e é uma etapa importante na reconquista da autoestima fragilizada.