COMITÊ DE MOBILIZAÇÃO CONTRA AEDES AEGYPTI REALIZA REUNIÃO DE TRABALHO.

Foi realizada no Salão de Atos do Palácio Plácido de Castro, sede da Prefeitura Municipal, a primeira reunião de trabalho do Comitê Municipal de Mobilização, Fiscalização, Combate e Controle do Mosquito Aedes Aegypti e Prevenção da Dengue, Febre Chikungunya e Zika Vírus, organismo composto por várias entidades e criado através do Decreto n,º083/2018, assinado em 22 de novembro pelo prefeito Rossano Gonçalves.
Segundo o secretário municipal da Saúde, Ricardo Lannes Coirolo, a criação do comitê é uma resposta do Governo Municipal ao avanço da infestação de doenças causadas pelo Aedes Aegipty no Município, para definir novas estratégias, visto que apesar do acompanhamento permanente dos agentes comunitários de saúde e das visitas às casas para prevenir sobre focos de transmissão, os índices de infestação no Município seguem aumentando. “Este novo comitê interdisciplinar vai envolver outros entes públicos no enfrentamento deste problema, que é uma questão de saúde pública que deve interessar a toda a comunidade”, ressaltou.
O Comitê de Combate ao Mosquito Aedes Agypty é formado por quadros das secretarias de Saúde, Educação, Obras e Urbanismo, Serviços Urbanos, Desenvolvimento, Câmara de Vereadores, Brigada Militar, Corpo de Bombeiros, Conselho de Saúde, 6º Batalhão de Engenharia e Combate, 9º Regimento de Cavalaria Blindado, 13ª Companhia de Comunicações, Instituto Federal Farroupilha, União das Associações de Moradores de São Gabriel e Universidade Federal do Pampa.

Anúncios

COM PROBLEMAS FINANCEIROS, SANTA CASA DE URUGUAIANA PODERÁ FECHAS AS PORTAS.

Estrutura da Santa Casa é apresentada em encontro
Secretários conheceram local onde funcionará o Centro

São Gabriel sediou na tarde de terça-feira (11/12) e na manhã desta quarta-feira (12/12) as reuniões dos técnicos das Secretarias de Saúde e de Secretários Municipais de Saúde da 10ª CRS-Coordenadoria Regional de Saúde. Os encontros – dos técnicos na terça e dos secretários na quarta – foram realizados no Hospital de Santa Casa de Caridade com a presença de representantes dos 11 Municípios: Rosário do Sul, Santa Margarida do Sul, Santana do Livramento, Alegrete, Manoel Viana, Quaraí, Uruguaiana, Itaqui, Barra do Quaraí, Maçambará e São Gabriel.
Na terça-feira foi discutido o Plano Regional de Saúde e debatida as necessidades e demandas regionais, manutenção dos serviços e implantação de novos de acordo com a capacidade da Santa Casa.
Já na manhã desta quarta-feira (12/12), aconteceu a reunião da CIR – Comissão de Intergestores Regional, onde o Secretário de Saúde de São Gabriel, médico Ricardo Lannes Coirolo, apresentou a área física onde será implantado o Centro Oncológico em 2019. O Município será referência para a região.
Os secretários ainda visitaram outros setores da Santa Casa de Caridade e puderam conferir, de perto, a ampla estrutura física oferecida pelo Hospital de São Gabriel para a comunidade gabrielense e de municípios vizinhos.
Na avaliação da situação regional, Uruguaiana apresentou números que poderão afetar a saúde em todos os Municípios, já que a Secretaria de Saúde admite a possibilidade de fechar as portas da Santa Casa até o dia 25 de dezembro.
Na prática, além de causar uma situação de calamidade pública em Uruguaiana, esse fato também repercutirá no atendimento regional, eis que a população uruguaianense terá que procurar assistência em hospitais da região. Sem falar nos serviços referenciados de Uruguaiana, que deixarão de existir. A demanda aumentará em todos os demais Municípios da região.
Na primeira semana de dezembro, o Hospital de Santa Casa de Caridade de Uruguaiana comunicou a suspensão dos serviços eletivos. O motivo, segundo o hospital, é a dívida do governo do Estado com a instituição, que já soma mais de R$ 3,8 milhões. Mais de 200 pacientes do SUS – Sistema Único de Saúde de São Gabriel ficaram sem tratamento nas áreas de oncologia e cardiologia porque a referência para esse tipo de atendimento era o Hospital de Uruguaiana.
Ricardo Coirollo disse que o município encaminhava para Uruguaiana, por mês, cerca de 160 pacientes oncológicos e aproximadamente 40 pessoas que precisam de atendimento na área da cardiologia. Coirollo diz que já foram buscadas alternativas junto ao Estado e os pacientes deverão ser encaminhados para Passo Fundo ou Santa Maria.

SITUAÇÃO GRAVE: Santa Casa de Uruguaiana poderá fechar

SÃO GABRIEL É SEDE, HOJE E AMANHÃ, DE REUNIÃO DOS SECRETÁRIOS MUNICIPAIS DE SAÚDE DE 11 MUNICÍPIOS.

Uma das pautas: Centro Oncológico

São Gabriel é sede da reunião de técnicos das Secretarias de Saúde da 10ª CRS-Coordenadoria Regional de Saúde. O evento acontece no Hospital de Santa Casa de Caridade, no período da tarde, com a presença de 11 secretários. Serão representados os Municípios de Rosário do Sul, Santa Margarida do Sul, Santana do Livramento, Alegrete, Manoel Viana, Quaraí, Uruguaiana, Itaqui, Barra do Quaraí, Maçambará e São Gabriel.
A reunião trata do Plano Regional de Saúde, debater necessidades e demandas regionais, manutenção dos serviços e implantação de novos de acordo com a capacidade da Santa Casa.
Nesta quarta-feira (12/12), pela manhã, acontecerá reunião da CIR – Comissão de Intergestores Regional, quando será apresentado o novo serviço de oncologia, a ser implantado em 2019.

PM SE TORNA MÉDICO; FORMATURA DO GABRIELENSE ACONTECEU NO SÁBADO PASSADO.

O policial militar Evandro Gomes Rodrigues, de 37 anos, natural de São Gabriel, se formou no Curso de Medicina no último sábado. Filho de pessoas simples de São Gabriel, Evandro enfrentou muitas dificuldades financeiras, principalmente com o falecimento do pai, vítima de AVC, quando ele tinha apenas oito anos de idade.
Em 2011, ele foi aprovado em medicina na FURG – Universidade Federal do Rio Grande, conquistando 22º lugar das 70 vagas oferecidas pela instituição. Começava uma luta para realizar o sonho de se tornar médico. Mas ele venceu.
Contando com o apoio e a compreensão de todos os colegas e cumprindo sua carga horária na BM durante as madrugadas para conseguir frequentar a universidade nos últimos sete anos, o soldado comemorou, no sábado passado, o recebimento do diploma de médico.

O SOLDADO QUE VIROU MÉDICO

“É pra vocês. E sempre foi por causa de vocês.  Pra você, mãe… viúva tão cedo, sete filhos para criar, mulher forte enfrentando o mundo sozinha. Nunca nos deixou faltar a um dia de aula, não importassem os motivos.

É para cada um de meus irmãos e irmãs, que viveram aqueles momentos difíceis; há tanto tempo e ao mesmo tempo logo ali, na memória. O tempo terrível da fome, do frio e da desesperança; quando uma refeição a mais por dia era motivo de felicidade. Infância pela metade, quando todos os sonhos eram sonhados em segredo.

 É para cada colega da Brigada Militar, que vibrou comigo com a notícia da aprovação no vestibular, que lutou para que eu conseguisse a transferência para poder cursar a Medicina, que chorou comigo quando conseguimos. Para cada colega que me acolheu no batalhão em Rio Grande; que mesmo sem a obrigação, me ajudou quando eu mais precisei.

Não consigo listar todos por medo de esquecer alguém, mas eles sabem quem são. É para cada pessoa que eu conheci ao longo desse trajeto, e que ainda caminha comigo.

Não nos fazemos nada sozinhos. Sozinho eu não teria conseguido, não teria valido a pena. Nessa formatura tem um pedacinho de cada professor do ensino fundamental e médio, a alegria da conquista compartilhada com os amigos, o olhar de apoio dos irmãos, a força infinita de minha mãe.

Sozinho vai-se mais rápido, porém acompanhados nós chegamos mais longe! (Evandro Gomes Rodrigues)

SOLDADO DA BM SUPERA TODAS AS DIFICULDADES E REALIZA SONHO DE SE TORNAR MÉDICO.

Evandro Gomes Rodrigues

Numa trajetória incrível de superação, força de vontade e determinação, o policial militar, Evandro Gomes Rodrigues, de 37 anos, realiza neste sábado (08/12) o sonho de se tornar médico.
Filho de pessoas simples de São Gabriel, Evandro enfrentou muitas dificuldades financeiras, principalmente com o falecimento do pai, vítima de AVC, quando ele tinha apenas oito anos de idade.

O menino, que fazia 14 km a pé para estudar e dormia para esquecer a fome, que viu sua família ser despejada por mais de uma vez por não conseguir pagar aluguel, cresceu e conquistou uma vaga no concurso da Brigada Militar. Não só conquistou, como conseguiu se classificar em primeiro lugar na turma de soldados de 2006 em Caxias do Sul.

A força de vontade do garoto pobre que se tornou policial, não parou por aí. Em 2011, ele foi aprovado em medicina na FURG – Universidade Federal do Rio Grande, conquistando 22º lugar das 70 vagas oferecidas pela instituição. Começava aí uma nova luta para realizar o sonho de se tornar médico. Com estudar praticamente em tempo integral? Como conseguir transferência para a cidade de Rio Grande?
Diante da impossibilidade de transferência, o soldado afirmou ao seu comando: “Eu viro mendigo em Rio Grande, mas realizarei o sonho de me tornar médico. Se não tem transferência, pedirei meu desligamento da corporação”, disse Evandro, em relato divulgado pela Departamento de Comunicação Social do CRPO/Serra.
Comovido com a determinação do PM, o Comando se mobilizou e conseguiu a transferência.

Contando com o apoio e a compreensão de todos os colegas e cumprindo sua carga horária na BM durante as madrugadas para conseguir frequentar a universidade – que exigia praticamente presença em três turnos, o soldado viveu seus últimos sete anos, e a recompensa de todo o esforço será comemorada junto com aquela que lhe deu a vida, e que mesmo em meio as dificuldades lhe incentivava a estudar. Aos 64 anos, Maria Genair Menezes Gomes – com a saúde bastante debilitada – acompanhará a grande conquista do filho.
Emocionado, o soldado desabafou “Tanta gente me ajudou até aqui, eu não estou chegando sozinho”.
Evandro também faz parte da história do Jornal O Imparcial. Ele trabalhou como entregador e, durante algumas edições, desenhou charges que eram publicadas semanalmente.

COMUNIDADE SE UNE PARA AJUDAR O MENINO BRUNO.

Comunidade escolar realiza caminhada para pedir ajuda
Bruno está internado em Porto Alegre

Bruno Aguete Vargas, de 14 anos, é estudante da Escola Municipal Brandina Mello, na zona sul de São Gabriel. Nos últimos dias, uma campanha – organizada por familiares e amigos – conseguiu mobilização grande parte da comunidade gabrielense através de atividades que chamaram atenção para a doença dele. A mobilização ganhou espaço, também, nas redes sociais e em grupos de whatsApp. O objeto era um só: arrecadar R$ 25 mil e possibilitar que Bruno pudesse ser submetido a uma cirurgia, em Porto Alegre.
E esta, será mais uma cirurgia. Desde agosto, Bruno já passou por outras 10. Na última, ele precisou colocar uma válvula na cabeça, que resultou numa infecção e, mesmo com a troca da válvula, por três vezes, o processo infeccioso só aumentou.
Bruno está internado no Hospital Divina Providência, em coma e se alimentando através de sondas. Após retirar um tumor do cérebro, ele foi diagnosticado com hidrocefalia. Na forma genérica, trata-se do acúmulo de líquido cefalorraquidiano (LCR) no interior da cavidade craniana (nos ventrículos ou no espaço subaracnóideo), que, por sua vez, faz aumentar a pressão intracraniana sobre o cérebro, podendo vir a causar lesões no tecido cerebral, havendo o aumento e inchaço do crânio.
“Ele era uma criança perfeita e agora está desse jeito. Dói meu coração ver ele assim. Agradeço a todos que me ajudarem”, disse Viviane Aguete, mãe de Bruno.
Até a noite desta quinta-feira (06/12), a doações já haviam somado cerca de R$ 19 mil. O dinheiro possibilitou que a cirurgia de Bruno fosse marcada para as 10h30 desta sexta-feira. Ainda faltam cerca de R$ 6 mil, que serão pagos, em parcelas, para o médico responsável pelo processo cirúrgico. A campanha continua.
Na terça-feira passada, alunos, professores, funcionários, monitores da escola Brandina Mello e professora, monitores e alunos da escola Telmo Menezes realizaram uma caminhada. O evento aconteceu nos Bairros Dr. Dácio e Élbio Vargas. No dia, foram arrecadados R$ 800,00.

BAIRRO CIDADE NOVA GANHARÁ ACADEMIA DA SAÚDE; PROJETO BENEFICIARÁ TODA A ZONA OESTE DE SÃO GABRIEL.

Academia funcionará ao lado do Ginásio do Marques

A SMS – Secretaria Municipal de Saúde vai inaugurar, no começo de 2019, mais uma Academia de Saúde em São Gabriel. A informação é do Secretário de Saúde Ricardo Lannes Coirolo, que confirmou um investimento de cerca de R$ 125 mil na implantação do projeto no Bairro Cidade. “Será beneficiada toda a população da zona oeste da cidade. Serão uma academia nos moldes da já existente na Praça Camilo Mércio, com salão, banheiros e sala administrativa. Um prédio de cerca e 30 metros quadrados, já com aparelhos disponíveis para os usuários”, explicou.
A nova academia será construída na praça localizada ao lado do ginásio de esportes da Escola José Sampaio Marques Luz. A Secretaria vai disponibilizar uma equipe multidisciplinar com três educadores físicos e terapeuta ocupacional ou assistente social.
A mudança de perfil da saúde tem exigido uma transformação na maneira como se organizam e são oferecidos os serviços de saúde para garantir o acesso e os cuidados relacionados ao cenário atual de adoecimento e mortalidade por condições crônicas, sobretudo no que tange ao excesso de peso e obesidade.
Desde 2011, o Ministério da Saúde vem promovendo a implantação e implementação de polos do Academia da Saúde nos municípios brasileiros. Os polos são espaços físicos dotados de equipamentos, estrutura e profissionais qualificados, com o objetivo de contribuir para a promoção da saúde e produção do cuidado e de modos de vida saudáveis da população.
O pedido para implantação da nova academia foi feito no mês de novembro e, após protocolado o projeto, o Município de São Gabriel foi contemplado. Em tempo recorde. Agora a Secretaria aguarda a liberação do recurso, que deverá acontecer ainda em dezembro.