STAR CLUBE (GRANDE)

concurso

concurso

SÃO GABRIEL QUER ANUNCIAR LIBERAÇÃO DO ESTÁDIO JÁ PARA O AMISTOSO CONTRA O RIO GRANDE.

São Gabriel segue programação normal e trabalha com a possibilidade de ter o estádio liberado já para o dia 21

São Gabriel segue programação normal e trabalha com a possibilidade de ter o estádio liberado já para o dia 21

O presidente da Federação Gaúcha, Francisco Novelletto, anunciou, na tarde de domingo (14/02), o cancelamento, “até segunda ordem”, da Divisão de Acesso e da Segunda Divisão. Conforme o dirigente, a poucos dias do início das duas competições, nenhum laudo para liberação dos estádios foi concedido pelo Corpo de Bombeiros, situação semelhante à vivida pelo Cristo Rei, liberado com restrições para a partida entre Aimoré e Inter – menos de mil torcedores puderam comparecer. Novelletto projeta que pelo menos 1,6 mil profissionais, incluídos jogadores e comissões técnicas, ficarão sem trabalhar com o cancelamento das duas competições, que fazem parte do calendário oficial da Federação.
“Eles (Bombeiros) querem padrão Fifa em tudo. Pedem barra antiesmagamento, hidrantes e o mesmo número de portões para entrar e sair dos estádios. E a nossa realidade é outra. Estou cancelando (as competições) até segunda ordem”, avisou o presidente da FGF.
No sábado, por falta de liberação dos bombeiros, Cruzeiro e Juventude jogaram com portões fechados no Estádio Vieirão, em Gravataí. O Estádio Altos da Glória, de Vacaria, foi liberado somente na sexta-feira para que Glória e Brasil-Pel pudessem atuar no sábado. Conforme Novelletto, é forte a possibilidade de que outras partidas do Gauchão sejam realizadas com portões fechados.
O Centenário, onde o Caxias mandará suas partidas na Divisão de Acesso, conta com liberação apenas provisória. O mesmo se aplica ao Alfredo Jaconi, estádio do Juventude, que disputa a Série A. “Eles fazem muitas exigências, mas não dão prazo para a realização das obras”, protesta o dirigente.
Comandante do 2º Comando Regional de Bombeiros em São Leopoldo, o tenente-coronel Carlos Daniel Coelho afirmou que foi concedido ao Aimoré o tempo necessário para atender ao Plano de Prevenção Contra Incêndios (PPCI) do Estádio Cristo Rei.
“Só recebemos na quarta-feira à tarde. Na quinta, liberamos ainda com várias incorreções. Tudo o que podíamos fazer, fizemos”, disse.
Em São Gabriel, a direção do Esporte Clube São Gabriel adiou o primeiro amistoso da temporada em preparação para a Divisão de Acesso. O estádio Silvio de Faria de Corrêa não foi liberado pelo Corpo de Bombeiros para jogos com público.
A vistoria foi realizada por uma Comissão de Bombeiros e Policiais Militares de Santana do Livramento, na quinta-feira (11/02), e revelou que o clube ainda tem exigências legais a serem cumpridas. Conforme a Unidade local, o projeto apresentado pelo São Gabriel foi reprovado porque não atendida as normas. Além disso, alguns itens que estavam no papel não foram encontrados no estádio.
O clube faria a sua primeira apresentação no domingo contra a Associação de Futebol Alegrete. O jogo foi cancelado e, em tese, não deverá mais acontecer. No entanto, segundo o vice-presidente de Marketing, Max Lara, o estádio deverá estar pronto para jogos já no dia 21 de fevereiro, quando o São Gabriel enfrentará a equipe do Rio Grande.
Quanto as declarações do presidente da Federação, a direção do São Gabriel é bem clara: “Não trabalhamos com a hipótese de cancelamento, seria o fim do futebol do interior. Investimos muito e sabemos do investimento que outros clubes fizeram. Ele (o presidente) está certo em defender os interesses dos clubes. Hoje, o São Gabriel atende praticamente todas as exigências. Respeitamos e entendemos a posição do Corpo de Bombeiros, mas precisa haver bom senso na questão do tempo para adequação as mudanças exigidas. Cancelamos o amistoso do ultimo domingo para atender as exigências feitas e com isso perdemos receita e no dia 25 deste mês temos o compromisso com a folha de pagamento do grupo de jogadores”, comentou..
O dirigente avaliou a decisão: “Em São Gabriel, as mudanças eram poucas e o clube deixou de arrecadar receita por causa da não liberação do estádio”, argumentou.

REPERCUSSÃO
A decisão da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) de suspender temporariamente o início da Divisão de Acesso chegou com surpresa e preocupação aos times da região. A nota foi divulgada na tarde desse domingo (14) pelo presidente da FGF, Francisco Novelletto, devido à dificuldade dos times participantes em atenderem as exigências do Corpo de Bombeiros para liberação dos estádios.
Heriberto Marquetto, presidente do Inter-SM, diz que a cada ano há novas exigências para a liberação do Estádio Presidente Vargas. Mesmo assim, ele afirma que estão trabalhando para ajustar as mudanças necessárias e confia na liberação. Caso a Divisão de Acesso não aconteça, Marquetto acredita que será motivo para a decretação da falência de clubes. Uma nova vistoria ainda nesta semana deve ser marcada junto ao Corpo de Bombeiros e a Brigada Militar.
José Luiz Coden, presidente do Riograndense, diz que entende a posição da FGF de cobrar dos clubes, mas o que preocupa é a generalização de todo o campeonato. Ele afirma que esta suspensão atrasa principalmente a busca de patrocínios. Se a competição não for realizada, o presidente acredita que será uma tragédia financeira para o clube. Conforme Coden, um processo foi protocolado e agora é aguardada vistoria dos órgãos responsáveis no Estádio dos Eucaliptos.

MORRE EM PORTO ALEGRE ERASMO CHIAPPETTA, EX-PREFEITO DE SÃO GABRIEL.

Erasmo_Chiappetta_destaca_import_ncia_do_encontroFaleceu em Porto Alegre na tarde deste sábado (12/12) o ex-prefeito Erasmo Dias Chiappetta. O corpo dele deverá chegar a São Gabriel no começo da manhã deste domingo. Os atos fúnebres serão realizados no Saguão da Prefeitura Municipal, cedido para os familiares por determinação do prefeito Roque Montagner. “Cedemos o prédio da Prefeitura para que a população possa se despedir desta que foi uma pessoa importante para a história politico-administrativa de São Gabriel. Nossa comunidade perde uma personalidade ilustre que prestou relevantes serviços para a nossa sociedade, seja como prefeito ou deputado ou ainda no setor agropecuário, onde sempre foi atuante”, comentou o prefeito.

PRF APREENDE 150 QUILOS DE CARNE CLANDESTINA.

CARNE CLANDESTINA

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) de São Gabriel apreendeu, na manhã de sábado (14/11), cerca de 150 quilos de carne bovina sem procedência na BR-290, em São Gabriel. De acordo com a ocorrência, a PRF fazia uma ronda, na altura do km 417, em São Gabriel, quando, por volta das 6h, o motorista de um Corsa, que trafegava no sentido Santa Margarida do Sul-São Gabriel, tentou fugir ao avistar a viatura. O condutor fez uma manobra e o veículo acabou preso em um desnível às margens da pista. O motorista e outra pessoa que estava no veículo desceram do carro e fugiram por um matagal em direção ao trevo que dá acesso ao Parque das Carretas.
A PRF abordou o carro e encontrou a carne, acomodada em dez volumes, dentro do porta-malas do veículo. Segundo a guarnição, a carne provavelmente é fruto de abigeato. O produto foi apreendido, junto com o veículo, e encaminhado para a Polícia Civil de São Gabriel. Ninguém foi preso. Segundo a PRF, o motorista deixou no carro os documentos (entre eles, a CNH), talão de cheques e uma faca.

CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM AGRONEGÓCIO DA URCAMP PARTICIPA DA 81ª EXPOFEIRA DE SÃO GABRIEL.

Aproximar os acadêmicos das práticas do setor produtivo. Estreitar a relação entre o aprendizado teórico e a realidade da atividade comercial do campo. Esses são alguns objetivos da efetiva participação dos alunos do Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio da URCAMP São Gabriel, na 81ª Expofeira do município.
Com foco na produção agropecuária, o novo curso traz uma proposta diferenciada para a gestão das atividades do campo e, corresponde ao perfil da vocação regional para o desenvolvimento econômico, o agronegócio. A maioria dos alunos já está inserida no mercado de trabalho. Alguns, atuam em empresas da região, engenhos, propriedades rurais, assistência técnica, ou ainda na venda de insumos.
Apesar de ainda não ter completado um semestre de execução, o curso ganha avaliação positiva dos acadêmicos. Para o empresário do ramo agropecuário, Willian Oliveira de Castro, as inovações do aprendizado somam muito para o desenvolvimento de sua atividade: “Eu estou utilizando muito o que vejo na aula, no meu serviço. O curso superou bastante as minhas expectativas, pois, estou vendo muitas coisas novas que eu não tinha ideia como funcionavam, principalmente na parte de tecnologia, mas também tem agregado muito na área de gestão, tanto empresarial como no campo”.
A Técnica em Agroindústria e acadêmica, Dariane Garcia Bento de Moura, diz que mesmo sendo pouco tempo de aula, tem suas expectativas superadas em relação ao aprendizado: “O curso está abrangendo muitas áreas, além do que a gente imaginava. Minha expectativa é que a partir de agora, o Agronegócio seja aprimorado em São Gabriel. Me sinto mais preparada tanto na tecnologia, quanto no agronegócio mesmo, esse aprendizado novo, agregou muito às minhas atividades. Eu recomendo que o pessoal faça porque vale a pena!
De acordo com o coordenador, o Engenheiro Agrônomo Marcelo Sarmento, os acadêmicos do Curso Superior de Gestão em Agronegócio estarão preparados para corresponder plenamente às exigências do mercado, “nos deparamos, a cada dia que passa, com novas demandas em termos de competitividade, de gestão, de sustentabilidade e de tecnologia e, para que esses novos desafios sejam cumpridos, o Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio, abre espaço para a discussão de uma série de aspectos importantes e um deles, talvez o mais urgente é a capacitação de recursos humanos”, diz o professor, que, além de possuir Mestrado em Zootecnia na área de plantas forrageiras e Doutorado em Sementes, traz na bagagem, a experiência de ter atuado como educador no Curso de Tecnologia em Agronegócio da Unipampa, em Dom Pedrito e de ter realizado recentemente estágio de aperfeiçoamento de 2 meses, na área de Sementes na Inglaterra.
O Estande do Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio da URCAMP SG, estará até sexta-feira, das 18 às 22h, no Parque de Exposições Assis Brasil. Durante toda a semana, os acadêmicos e os professores além de participarem das atividades da Expofeira, vão desenvolver atividades como, churrasco, carreteiro e rodas de chimarrão. “Todos estão convidados a visitar nosso estande, serão muito bem vindos e quem chegar terá a oportunidade de saber mais sobre o curso, as disciplinas e os benefícios que esta formação oferece”, finalizou o coordenador.

FIQUE POR DENTRO
O Curso Superior de Tecnologia em Agronegócio possui Certificação Intermediária, será desenvolvido em seis semestres e em sistema modular. Ao concluir os primeiros dois módulos, o egresso recebe o certificado de Assistente em Agronegócio. Com aproveitamento das disciplinas do 3º módulo certifica-se como Analista em Agronegócio. Concluindo com aproveitamento o 4º módulo recebe o certificado de Supervisor/Coordenador em Agronegócio. Ao término do 5º módulo a certificação é de Gestor/ Consultor em Agronegócio e após a conclusão com aproveitamento do 6º e último módulo, o profissional recebe a certificação de Tecnólogo em Agronegócio. Segundo o Pró Reitor da URCAMP- SG, professor Hélio Lemos Menna, o novo curso abre inúmeras possibilidades de crescimento à região por meio da formação acadêmica: “Com a implantação deste curso, que foi um esforço conjunto da Pró-reitoria com a Superintendência Acadêmica, plantamos uma semente produtiva. Estamos muito satisfeitos com as descobertas dos nossos alunos, e é justamente a avalição deles, que nos faz pensar que o futuro do agronegócio será brilhante para nossa região”.

BALANÇO GERAL

Caxias do Sul, Rs, Brasil, 03.12.12 - Entrega de viaturas. Foto: Pedro Revillion/ Palácio Piratini

No último ano, o estado de São Paulo desembolsou 10,3 bilhões de reais com segurança pública. Isso significa que o valor gasto por pessoa no período de um ano foi de 235 reais. Contudo, quando olhamos os valores repassados pela União com a pasta, esse montante é reduzido em 23%, equivalente a R$ 8,7 bilhões. São Paulo ocupa a 11ª posição no ranking dos estados que mais investem em segurança pública por habitante.
Segundo informações do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), a retração das despesas da União foi de 2,6% ante o ano anterior, o que representa a segunda redução consecutiva dos gastos da gestão da presidente Dilma Rousseff (PT) com segurança pública.
E a situação fica pior. No estado do Piauí, o investimento por habitante não passa dos 18 reais. Neste critério, o Rio Grande do Sul aparece em 12º lugar, com investimento R$ 268,00 por pessoa. O Estado que mais investe é do Acre, com R$ 598,00.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.683 outros seguidores