PRESIDENTE DA CÂMARA RECEBE CHEFES DE POLÍCIA PARA TRATAR DE INVESTIMENTOS EM SEGURANÇA PÚBLICA.

claudiomiro e delegados
O Presidente da Câmara de Vereadores, Claudiomiro Borges da Silveira, do PR, debateu prioridade para a Segurança Pública de São Gabriel com delegado Regional, Luis Eduardo Sandin Benites, e o Delegado de São Gabriel, José Soares Bastos. O encontro aconteceu na Sala da Presidência no Poder Legislativo Municipal.
Claudiomiro reforçou o compromisso de buscar investimentos em segurança pública. Até o momento foram R$ 882 mil conquistados em emendas parlamentares para o município.
Claudiomiro tem trabalhado em parceria com a Prefeitura para a destinação dos recursos e criação de convênios com o estado. O vereador apresentou uma proposta de instalação de câmeras de monitoramento na região central da cidade com a utilização destes valores.
Também foi enviado ao Executivo, por Claudiomiro Borges, uma solicitação assinada por todos os vereadores para que os veículos da antiga FEPAGRO sejam destinados a Brigada Militar. Para segurança pública o vereador quer conseguir mais uma viatura para a Brigada ainda este ano.

FAMÍLIA ESTÁ DESAPARECIDA.

familia desaparecida

Uma família está desaparecida após ter viajado de Carazinho para comprar um carro no município de Colorado, distante cerca de 45 km, ambos no Norte do Estado. Mãe, filha e padrasto saíram na quarta-feira acompanhados de um vizinho e desde então não retornaram os contatos dos familiares.
O vizinho, que foi levado para voltar dirigindo um dos carros, informou a polícia de que quando chegaram no local marcado, por volta das 19h do mesmo dia do sumiço, homens atiraram contra as vítimas. O homem, então, saiu correndo. Ele comunicou a polícia sobre o ocorrido no dia seguinte, por volta de 12h, quando começou a investigação.
O carro da família, um Volkswagen Gol, foi encontrado incendiado na tarde de quinta. O veículo estava abandonado na cidade de Mormaço, distante cerca de 50 km de Colorado.
Na manhã desta sexta-feira (26/05), a Polícia Civil estava com viaturas na cidade de Colorado, fazendo diligências. O delegado Edinei Marcio Albarello diz que o caso é tratado como um homicídio.
“Estamos na rua nesta manhã. Está chovendo muito, o que dificulta o trabalho. Não sabemos ainda o que ocorreu, já que não temos corpos, então ainda estamos investigando antes de iniciar as buscas”, comentou o delegado.
As pessoas que estão desaparecidas são Márcia Cristina Johann, de 50 anos, a filha Maria Elizabete Johann, adolescente de idade ainda não confirmada, e o companheiro de Márcia Roberto Terres, de 46 anos. A Polícia Civil pede para que qualquer informação sobre o paradeiro da família seja repassada através do telefone (54) 3329-8600.

RELATOS DO CONFRONTO: POLICIAIS ALEGAM QUE FORAM USADAS ARMAS LETAIS.

Policiais do Rio Grande do Sul, que participaram da mobilização em Brasília, afirmaram que o policiamento do Distrito Federal usou armas letais no confronto com os manifestantes. A informação contradiz o divulgado pelo comando da PM de Brasília. Veja no vídeo o policiais atirando contra a multidão.

PROTESTOS EM BRASÍLIA TEM CONFRONTO ENTRE MANIFESTANTES E POLICIAIS.

A Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal divulgou um boletim informando que quatro pessoas foram detidas pela polícia na manifestação que reuniu cerca de 35 mil pessoas, segundo estimativas da Polícia Militar. De acordo com a Secretaria, o tumulto começou quando manifestantes tentaram invadir “o perímetro de segurança restrito previsto no Protocolo Integrado Tático (PrTI), mas foram contidos pela Polícia Militar, que usou progressivamente a força”.
As detenções, ainda segundo a secretaria, foram por porte de entorpecentes e porte de arma branca. Os quatro foram encaminhados ao Departamento de Polícia Especializada (DPE).
A polícia soltou bombas contra os manifestantes, que participavam da marcha das centrais sindicais. A jornalista Gisele Oliveira, da TV Brasil, foi levada a um hospital com estilhaços de bombas na perna. Há também informações sobre um outro jornalista atingido no pé. O boletim policial informa que um dos manifestantes “ao tentar atingir um policial militar com um rojão, teve ferimento na mão devido à explosão”. O ferido foi socorrido por outros manifestantes. O Corpo de Bombeiros fez até há pouco dois atendimentos, entre eles um policial.

MANIFESTANTES ATEIAM FOGO E DEPREDAM MINISTÉRIOS APÓS TUMULTO EM BRASÍLIA.

A área entre os ministérios da Justiça, dos Transportes e de Minas e Energia virou um campo de batalha na Esplanada dos Ministérios, com confronto entre a Polícia Militar e manifestantes, que atearam fogo ao menos no prédio do Ministério da Agricultura. Os prédios do Ministério de Minas e Energia, do Planejamento, da Fazenda, do Turismo e o Museu da República, que ficam na Esplanada, foram depredados.
O presidente Michel Temer autorizou a autação das Forças Armadas na Esplanada dos Ministérios.
A Tropa de Choque da PM foi também acionada e entrou na sede do Ministério da Agricultura. O fogo atingiu ao menos o auditório onde ocorrem as entrevistas do ministro Blairo Maggi (PP-MS). Quadros da galeria de fotos de ex-ministros foram destruídos.
A Casa Civil da Presidência da República determinou a liberação de todos os funcionários que trabalham na Esplanada. Os prédios foram esvaziados.

POLICIAIS CONTRA POLICIAIS: CONFRONTO NA ESPLANADA DOS MINISTÉRIOS.

WhatsApp Image 2017-05-24 at 15.24.26

 

Policiais e manifestantes entraram em confronto na tarde desta quarta-feira (24/05) na Esplanada dos Ministérios. Mais de 25 mil pessoas, segundo estimativas da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), estavam no local para protestar contra as reformas propostas pelo governo federal e pedir a saída do presidente Michel Temer.
WhatsApp Image 2017-05-24 at 15.17.00De acordo com a Ugeirm, 80 policiais do Rio Grande do Sul participaram dos protestos. A Associação dos Policiais Civis de São Gabriel (Apocisg) também foi representada por quatro policiais: Jaques, Cintia, Gislaine e Francelle.
Pelo menos cinco pessoas ficaram feridos. Duas policiais tiveram lesões nos pés e braços. A confusão começou quando manifestantes que estavam próximos à Alameda das Bandeiras, em frente ao gramado do Congresso Nacional, derrubaram grades que isolavam o local. A polícia então respondeu lançando bombas de efeito moral e gás de pimenta no grupo. Em seguida, os participantes do protesto passaram a lançar pedaços de madeira, pedras, garrafas e outros objetos contra a polícia. Eles também gritam palavras de ordem contra a PM.

WhatsApp Image 2017-05-24 at 15.25.50

WhatsApp Image 2017-05-24 at 15.26.19

WhatsApp Image 2017-05-24 at 15.26.20

PATAMO PRENDE ELEMENTOS QUE ESTAVAM FURTANDO POSTE DE LUZ.

WhatsApp Image 2017-05-20 at 18.21.44

Dupla foi detida no Bairro Cidade Nova

Diego e FelipeUma equipe da PATAMO prendeu, em flagrante, no começo da manhã deste sábado (20/05), na zona oeste da cidade, dois elementos acusados de invadir a empresa Sanrighi e, de dentro do comércio, levarem um poste de luz. Eles acabaram presos ao serem vistos carregando o furto em via pública.
Os policiais agiram rápido. Após realizarem buscas pelas principais ruas do Bairro Cidade Nova, os PMs localizaram os elementos Felipe Santos dos Santos e Diego Barcelos Espíndola, vulgo careca. A dupla não teve como se defender. Junto com eles estava o poste.
De acordo com a Polícia, a dupla já tem antecedentes criminais. Os dois foram encaminhados para a Delegacia de Polícia e depois lavados para o Presídio Estadual de São Gabriel. A direção da empresa Sanrighi, através de imagens de vídeo de segurança, confirmou a autoria do furto.

WhatsApp Image 2017-05-20 at 18.21.43

  • OUÇA A RÁDIO CULTURA