POLÍCIA PRENDE HOMEM EM FLAGRANTE QUANDO PREPARAVA PARA ABATER OVELHA ROUBADA.

Policiais do Setor de Combate aos Crimes Rurais prenderam em flagrante o elemento EMM, de 37 anos, conhecido pelo apelido de Tiririca. Ele foi flagrado quando estava tentando carnear uma ovelha furtada. A Polícia encontrou o abigeatário com o animal pendurado em uma árvore.
Na casa dele, localizada na BR-290, quilômetro 421 – Reuna, foram localizados quatro cascos de tatu e um de molita e, ainda 10 pelegos de ovinos, sendo que um ainda estava com o brinco amarelo de propriedade de uma das vítimas com registro na Polícia.
Os policiais ainda localizaram três pelegos de animais carneados recentemente, escondidos em arbustus próximos da residência.
A Polícia também apreendeu uma bicicleta que era utilizada por ele como transporte. O veículo era furtado.

Anúncios

PATAMO E ROCAM PRENDEM DOIS ELEMENTOS QUE TERIAM “JOGADO” MACONHA PARA DENTRO DE RESIDÊNCIA.

Equipes da Brigada Militar, compostas por integrantes da PATAMO e da ROCAM, prenderam na tarde de sexta-feira (14/12), na BR-290, os elementos Cristiano Mendes Borba, vulgo Malabi, e Fábio Rodrigues Heberle, conhecido pelo apelido de Fábio da Ema. Eles trafegavam um automóvel Chevrolet/Kadet e, segundo uma denúncia, haviam jogado 380 gramas de maconha para o interior de uma residência. Os policiais ainda apreenderam três aparelhos de telefones celulares e R$ 50,00. Eles foram encaminhados para o Presídio Estadual.

EMPRESÁRIO JAIR BRASIL PERMANECE PRESO; ELE É ACUSADO DE TER MATADO JOVEM COM DOIS TIROS NA CABEÇA.

Jovem será sepultado nesta segunda-feira

O jovem Uendel Rodrigues de Lacerda, de 30 anos, morreu no final da madrugada deste domingo (16/12). Ele foi levado por populares para o Hospital de Santa Casa, na noite de sábado (15/12), depois de ter sido atingido por dois tiros na cabeça em uma briga generalizada ocorrida no Bairro Três de Outubro, na zona norte de São Gabriel.
Uendel teve morte cerebral declarada ainda no começo da madrugada. Antes do início da manhã os demais órgãos também pararam de funcionar. O corpo dele foi encaminhado para necropsia em Santa Maria. O enterro acontecerá nesta segunda-feira.
O empresário Jair Brasil – proprietário do Star Clube é apontado por duas testemunhas como autor dos tiros que mataram Uendel. O crime aconteceu na Rua João Manoel, em frente à casa do homem que teria arrendado o clube e estaria o administrando nos últimos meses, identificado como sendo Carlos Arlan.
O crime tem versões diferentes conforme são ouvidas as pessoas envolvidas no caso. Jair Brasil é mantido preso, mas a autoria ainda é investigada. O empresário alega não ter feito disparos de arma de fogo e teria se apresentado, voluntariamente, na Delegacia de Polícia.
Do outro lado, familiares e amigos da vítima pedem justiça. Uendel deixa dois filhos, de 3 a 7 anos.
Tudo começou por volta de 23 horas. Carlos Arlan – atual responsável pelo Star Club – foi encontrado, junto com a avó dele e mais uma segunda pessoa, encerrado em um quarto da sua casa na Rua João Manoel. Ele teria buscado refúgio após fugir de um grupo de pessoas que, segundo ele, queriam lhe agredir.
No pátio da casa, mais dois homens foram localizados pela Brigada Militar. Eles também tinham relação com Carlos Arlan e teriam ido ao local em apoio ao responsável pelo Star. De comum, em todos os envolvidos, está a relação padrão/empregado, já que um administra e os outros trabalham como seguranças no clube.
Uma desavença, no final da madrugada de sábado, próximo ao Star Club, teria sido o motivo para a ocorrência dos fatos. A alegação é de que o grupo buscava uma “espécie de vingança”. Eles ainda são apontados como responsáveis pela depredação de uma caminhonete Montana, de propriedade de Carlos Arlan, que estava estacionada em frente à casa.
Jair Brasil aparece na sequência dos fatos. Ele foi chamado por Carlos Arlan e, segundo testemunhas, teria atirado na direção de Uendel. Os tiros acertaram a cabeça. A vítima ficou caída em via pública e foi socorrida por moradores.
Na outra versão, os envolvidos – parte deles residentes num conjunto de pequenas casas chamado de “favelinha” – negam a depredação do veículo, admitem que o quebra-quebra realmente aconteceu, de ambos os lados, mas somente depois que ouviram tiros em direção ao grupo.
A Brigada Militar aprendeu facões que estavam em poder de dois elementos que tentavam auxiliar Carlos Arlan. A arma de fogo não foi localizada.
Os policiais apreenderam uma camioneta Hyundai – Tucson preta. O veículo será encaminhado para perícia. O automóvel Montana foi levado para a Delegacia de Polícia e também deverá passar por avaliação de peritos.

POPULARES PRENDEM MOTORISTA EMBRIAGADO QUE BATEU EM VEÍCULO E QUASE ATROPELOU PEDESTRES.

Um homem foi preso por populares no começo da madrugada deste domingo. Ele estava dirigindo um automóvel que abalroou dois veículos que estavam estacionados no centro de São Gabriel.
Embriagado, o motorista tentou escapar, mas acabou sendo detido por uma das vítimas e outras pessoas que estavam no local. Ele teria tentado escapar pelo Calçadão, onde quase atropelou os pedestres.
Ele foi preso em flagrante por populares e levado para a Delegacia de Polícia, onde se negou a fazer o teste do bafômetro.
Detalhe: o motorista apresentava lesões e muito inchaço nos lábios. Ele alegou ter sido agredido pelas pessoas que o detiveram.

JOVEM É BALEADO NA CABEÇA; EMPRESÁRIO É PRESO, MAS NEGA AUTORIA.

Local onde aconteceu o crime. Câmera de segurança poderá auxiliar a Polícia Civil a confirmar a autoria dos tiros
Polícia apreendeu veículo do empresário

Um jovem de 30 anos teve morte cerebral confirmada no começo da madrugada deste domingo (16/12). Uendel Rodrigues de Lacerda foi baleado na cabeça durante uma briga generalizada na Rua João Manoel, próximo ao Clube do 6º BE Cmb, no final da noite de sábado (15/12). Um empresário foi preso em flagrante, apontado por duas testemunhas como responsável pelos disparos que causaram a morte de Uendel.
O crime tem versões diferentes conforme são ouvidas as pessoas envolvidas no caso. Por enquanto, a autoria não é confirmada oficialmente. O empresário detido alega não ter feito disparos de arma de fogo e teria se apresentado, voluntariamente, na Delegacia de Polícia.
Do outro lado, familiares e amigos da vítima pedem justiça. A esposa de Uendel, que aguarda a conclusão dos fatos no lado de fora da Delegacia de Polícia, lembra dos filhos – de 3 a 7 anos – e chora ao pensar que as crianças crescerão sem ver o pai.
Tudo começou por volta de 23 horas. Carlos Arlan – responsável pelo Star Club – foi encontrado, junto com a avó dele e mais uma segunda pessoa, encerrado em um quarto da sua casa na Rua João Manoel. Ele teria buscado refúgio após fugir de um grupo de pessoas que, segundo ele, queriam lhe agredir.
No pátio da casa, mais dois homens foram localizados pela Brigada Militar. Eles também tinham relação com Carlos Arlan e teriam ido ao local em apoio ao responsável pelo Star. De comum, em todos os envolvidos, está a relação padrão/empregado, já que um administra e os outros trabalham como seguranças no clube.
Uma desavença, no final da madrugada de sábado, próximo ao Star Club, teria sido o motivo para a ocorrência dos fatos. A alegação é de que o grupo buscava uma “espécie de vingança”. Eles ainda são apontados como responsáveis pela depredação de uma caminhonete Montana, de propriedade de Carlos Arlan, que estava estacionada em frente à casa.
O empresário preso aparece na sequência dos fatos. Ele foi chamado por Carlos Arlan e, segundo testemunhas, teria atirado na direção de Uendel. Os tiros acertaram a cabeça. A vítima ficou caída em via pública e foi socorrida por moradores.

Veículo de Carlos Arlan foi depredado

Na outra versão, os moradores – parte deles residentes num conjunto de pequenas casas chamado de “favelinha” – negam a depredação do veículo, admitem que o quebra-quebra realmente aconteceu, de ambos os lados, mas somente depois que ouviram tiros em direção ao grupo.
A Brigada Militar aprendeu facões que estavam em poder de dois elementos que tentavam auxiliar Carlos Arlan. A arma de fogo não foi localizada.
Os policiais apreenderam uma camioneta Hyundai – Tucson preta. O veículo será encaminhado para perícia.
O automóvel Montana foi levado para a Delegacia de Polícia e também deverá passar por avaliação de peritos.
A Polícia Civil está investigando o caso. Dois policiais trabalham no plantão e outros dois, de sobreaviso, participam das ações de campo. Além disso, equipes da Brigada Militar continua na Delegacia. A ocorrência ainda está em andamento.

MULHER SE DEFENDE DE AGRESSÃO ESFAQUEANDO HOMEM.

Um homem de 20 anos foi preso em flagrante pela Brigada Militar na noite deste sábado (15/12). Willian Cesar da Silva da Silva foi detido em casa, na Rua São Lourenço, no Bairro Élbio Vargas, logo após tentar estrangular a companheira, Eveline Camilio Rodrigues, de 25 anos.
Willian apresenta dois cortes na região do ombro. As lesões teriam sido causadas por Eveline. A mulher disse que usou uma faca para se defender, eis que Willian, após uma discussão, começou a lhe agredir, dizendo que lhe mataria. Eveline tinha lesões no rosto, braços e pernas.
O acusado foi preso em flagrante e encaminhado ao Presídio Estadual. A fiança foi estipulada em R$ 1.500,00.

INCÊNDIO QUEIMA RESIDÊNCIA NO INTERIOR DE SÃO GABRIEL.

Parte dos móveis foram salvos

Um incêndio destruiu uma residência e um galpão no interior de São Gabriel. Em poucos minutos, o fogo consumiu uma pequena casa no Assentamento Conquista do Caiboaté 2, próximo ao Passo do Pedroso, a cerca de 20 quilômetros da sede do Município. O sinistro aconteceu na tarde de terça-feira (11/12). Ninguém ficou ferido, mas a família perdeu quase tudo. Poucos objetos foram salvos.
Na casa residiam um casal e duas crianças, uma delas com apenas cinco meses. O proprietário, Lucas, aparece na foto com os filhos. A família ficou sem alimentos e roupas.
Uma campanha – através de redes sociais – começou a ser realizada ainda na noite de terça. O objetivo é ajudar com doações de fraldas para as crianças, roupas, alimentos e material de construção.
As doações podem ser encaminhadas para a Rua Professor Hostin, nº 568, bairro Capiotti (Reck Tur); ou Rua Jorge Suchy, nº66, Bairro Vargas (Freitas Tur). Telefones para contato e maiores informações: 55 99980-2277 – Camilla e 55 99646-4009 – Leonardo.