GINÁSIO SÃO GABRIEL REALIZA MAIS UMA EDIÇÃO DO DESFILE DE “CAVALINHOS DE PAU”.

whatsapp-image-2017-09-18-at-13-28-17.jpeg

Vó Severina realizou desfile na manhã de hoje

A Escola Municipal Ginásio São Gabriel realiza na tarde desta terça-feira (19/09), no centro da cidade, a terceira edição do Desfile de Cavalinhos de Pau. O evento está inserido nas comemorações da Semana Farroupilha organizadas pela direção da instituição. De acordo com a direção, o desfile começará às 14 horas, saindo do portão de acesso ao educandário, passando pela Celestino Cavalheiro, Júlio de Castilhos, Barão do Cambaí e encerrando novamente na Mascarenhas de Moraes.
No ano passado, cerca de 400 crianças, com idades entre 4 e 10 anos, da pré-escola ao 5º ano do Ensino Fundamental, participaram do desfile montadas em cavalos de pau. Este ano, a estimativa é de que número de participantes seja semelhante.
Diferente do ano passado, este ano o desfile será restrito aos alunos da escola. Em 2016, além dos estudantes do Ginásio, também participaram as crianças das Escolas de Educação Infantil Nossa Senhora Menina, Vó Edy e Instituto Menna Barreto. Com a participação das EMEI’s, o número de participantes teve um acréscimo de 100 alunos em comparação com 2015.
O público poderá conferir um Desfile Gaúcho baseado na criatividade dos estudantes com principal atração, com cavalinhos de pau confeccionados com material reciclável ou decorados com fitas, flores e outros adereços.

PIONEIRO E EXEMPLO – A proposta pioneira, lançada pela direção da Escola Ginásio São Gabriel, em 2015, ganhou adeptos já em 2016 e segue sendo um exemplo para os outras instituições. Uma delas é a Escola de Educação Infantil Vó Severina, no bairro Independência.
Na manhã de ontem, a escola reuniu mais de 50 crianças, de 3 a 4 anos, integrandos do Maternal e Pré A, numa “cavalgada” pela Avenida Francisco Chagas. Os alunos – vestidos tipicamente e com os cavalinhos de pau – desfilaram pelo Bairro e depois retornaram, encerrando as atividades com um almoço de confraternização na escola.
A Semana Farroupilha teve ainda atividades nas escolas Ferraz Neto, Marechal Deodoro e Caic na tarde de hoje, com apresentações inseridas em “Tertúlias Livres” organizadas pelas direções.

WhatsApp Image 2017-09-18 at 13.28.20

WhatsApp Image 2017-09-18 at 13.28.09

Anúncios

PROFESSORES REGISTRAM OCORRÊNCIA CONTRA O GOVERNADOR SARTORI.

21616427_1653692054672199_2833209929188010224_n

Com apenas R$ 350 na conta, referente a primeira parcela do salário de agosto, os professores de São Gabriel foram até a Delegacia de Polícia para registrar um Boletim de Ocorrência (B.O.) contra o governador José Ivo Sartori (PMDB) na semana passada. Na foto, profissionais do Instituto de Educação Menna Barreto.

NA REGIÃO DO NÚCLEO: TRÊS ESCOLAS “TOTALMENTE” PARALISADAS. AS OUTRAS ESTÃO COM PERÍODOS REDUZIDOS.

21686724_905106999640794_555010632200725551_o

Os professores e funcionários da Escola Estadual Marques Luz decidiram entrar em greve. As atividades estão paralisadas até sexta-feira (15/09), quando os servidores ser reunirão para definir se a mobilização continua ou se as aulas retornarão ao normal na próxima segunda-feira (18/09). A decisão foi anunciada após reunião realizada no começo da noite de segunda com os professores e Funcionários.
Outra escola paralisada, desde segunda, é a XV de Novembro. Apesar de não haver 100% de adesão ao movimento, os alunos não estão tendo aulas. De acordo com o 41º Núcleo do Cpers-Sindicato, o restante das instituições de ensino do Estado estão organizando aulas com turno reduzindo e liberando os alunos após os recreios.
Também na região, em Vila Nova do Sul, os professores e funcionários da Escola Eduardo Lopes da Rosa estão paralisados.
Na manhã de terça-feira, em Porto Alegre, o Cpers realizou Ato Público Estadual da Greve. A mobilização aconteceu em frente ao Palácio Piratini, no centro da Capital.
Estamos indo para Porto Alegre nessa madrugada. No ato de terça-feira, conseguimos que o governo marcasse uma agenda de negociação para hoje às 18h na SEDUC e sexta-feira vamos para Santana do Livramento fazer uma atividade de pressão na CRE junto com o núcleo de lá.”, explicou o Diretor do 41º Núcleo, professor Pedro Moreira.

REALIZADO PELA MANHÃ, DESFILE DA INDEPENDÊNCIA AGRADA COM INOVAÇÕES APRESENTADAS PELA SEME.

homenagem susana rocha

Homenagens: Familiares da professora Susana Rocha participaram do evento, desfilando junto com alunos

São Gabriel realizou na manhã desta quinta-feira (07/09), na Rua General Mallet, passando pela Praça Dr.Fernando Abbott, o desfile estudantil da independência. A Secretaria de Educação (SEME), responsável pela organização do evento, estima que mais de 4 mil crianças e adolescentes, representando escolas municipais e estaduais, tenham participado da Parada Estudantil.
A SEME implantou uma série de novidades este ano. A principal delas, foi exatamente o novo horário de desfile, aprovando pelo público, principalmente por causa da alta temperatura registrada no final da manhã, com termômetros passando de 27ºC, indicando que no período da tarde seria estressante, principalmente, para as crianças.
Outra novidade foi a abertura do evento, desta vez, feita pelo Prefeito Rossano Gonçalves e comandantes das Unidades Militares no espaço cívico da Praça Dr. Fernando Abbott ao som do hino nacional. Até então, a abertura era feita pelas autoridades que chegavam ao palanque em um veículo militar.
Foram três horas de desfile estudantil, com a participação total das escolas de educação infantil e instituições de ensino de responsabilidade do Município. A Secretaria de Educação abriu o desfile. Apenas duas escolas estaduais participaram do evento, ambas em razão da homenagem a Professora Susana Rocha, que lecionou, por vários anos, no Instituto de Educação Menna Barreto e tinha fortes laços com a Escola XV de Novembro.
O Menna Barreto encerrou o desfile, com a Banda Marcial, junto com o esposo de Suzana Rocha e familiares, fazendo homenagem em frente ao palanque oficial.
Também em frente ao palanque, professores da Escola XV de Novembro, vestindo roupas pretas e com cartazes fazendo referências ao parcelamento de salários (os educadores receberam apenas R$ 350) protestaram contra as ações do Governo do Estado.

CONVIDADOS
O Desfile ainda teve a participação das Associações de Pais e Mestres dos Excepcionais de São Gabriel (APAE-SG) e Pró-Down, com a participação especial da equipe de profissionais da Cia de Dança Valéria Lacerda com o projeto “Dança de Rodas”.
A mesma Cia de Dança retornou à Praça Dr. Fernando Abbott no transcorrer do desfile, apresentando para a comunidade todo o seu histórico, com conquistas em festivais dentro e fora do estado e projetos sendo desenvolvidos em São Gabriel.
Também participaram das apresentações a escola de educação infantil Doce Mel e Fisk – Centro de Ensino de São Gabriel.
Denominada “Marcha para Cristo”, o desfile organizado pela jornal Diferenciado, reuniu nove Ministérios: Assembleia de Deus, Avivamento Bíblico, Nova Aliança, Pentecostal Adoradores da Última Hora, O Brasil para Cristo, Santuário Bom Jesus dos Milagres, Videira, Eventos Vivo em Mim e Louvor Josy & Saula acompanhado de banda.
Complementaram o desfile a Igreja Adventista do Sétimo Dia de São Gabriel, com o Clube de Desbravadores Sentinela e Clube de Aventureiros Sentinelas Mirins.

DESFILE MILITAR – Cerca mil militares participaram do Desfile da Independência. As Unidades foram as primeiras a passarem na Praça Dr. Fernando Abbott.
Também participaram os alunos do Colégio Tiradentes, Corpo de Bombeiros e agentes da SUSEPE.

DESFILE COMEÇA ÀS 9H DESTA QUINTA.

O Desfile Cívico-Militar inicia às 9 horas, na Praça Fernando Abbot, com as Unidades Militares da Guarnição Federal de São Gabriel, e logo em seguida, a Parada da Juventude, com as Escolas, instituições e entidades de classe.

VEJA A ORDEM DAS ENTIDADES E ESCOLAS:
1 – Secretaria Municipal de Educação – São Gabriel/RS – Banda do Ginásio São Gabriel
2 – Diretores das EMEIS e EMEFS – Banda do Ginásio
3 – APAE São Gabriel – Banda do CAIC
4 – Pró-Down – Banda do CAIC
5 – EMEF Pedro Ferraz Neto – Banda Própria
6 – Escola Técnica São Gabriel – Banda do Menna
7 – EMEI Ângela Scipioni – Banda do Carlota Vieira
8 – EMEI José Evaristo Casado – Banda do Carlota Vieira
9 – EMEI Nossa Senhora Menina – Banda do Carlota Vieira
10 – EMEI Tia Suely – Banda do Carlota Vieira
11 – EMEI Santa Clara – Banda do Assis Brasil
12 – EMEI Trindade – Banda do Assis Brasil
13 – EMEI Anadir Laureano – Banda Carolina Berny
14 – EMEI Alcida Chagas Silveira – Banda Carolina Berny
15 – EMEI Vó Severina – Banda Carolina Berny
16 – EMEI CAIC – Banda Carolina Berny
17 – EMEI Sítio do Picapau Amarelo – Banda Telmo Menezes
18 – EMEI Vó Edy – Banda Telmo Menezes
19 – Escola Infantil Doce Mel – Banda Telmo Menezes
20 – EMEF Assis Brasil Banda Própria
21 – EMEF Ginásio São Gabriel Banda Própria
22 – EMEF Presidente Kennedy Banda Própria
23 – EMEF Brandina Mello Banda Própria
24 – EMEF Carolina Berny Banda Própria
25 – EMEF Marechal Deodoro Banda Própria
26 – EEEM XV de Novembro Banda Própria
27 – EMEF Menino Jesus – CAIC Banda Própria
28 – EMEF Telmo Borba Menezes – Banda Própria
29 – EMEF Dom Pedro II – Banda Própria
30 – EMEF João Goulart – Banda Própria
31 – EMEF Homero Prates da Silva – Banda Sta. Margarida
32 – EMEF Senador Tarso Dutra – Banda Sta. Margarida
33 – Escola Fisk – Banda Sta. Margarida
34 – Associação dos Aposentados – Banda Sta. Margarida
35 – Unipampa – Banda Sta. Margarida
36 – EMEF Carlota Vieira da Cunha – Banda Própria
37 – Cia de Dança Valéria Lacerda – Banda do João Goulart
38 – EMEF José Lima – Banda do Dom Pedro II
39 – EMEF João Manoel Salvadé – Banda Pery Gonçalves
40 – EMEF Ernesto José Anonni – Banda Própria
41 – EMEF Mascarenhas de Morais – Banda Própria
42 – EMEF Jerônimo Machado – Banda do Kennedy
43 – EMEF Maria Manoela C. Teixeira – Banda do Kennedy
44 – EMEF Baltazar T. da Silveira – Banda do Kennedy
45 – EMEF Victória D’ávila Chiapetta – Banda Telmo Menezes
46 – EMEF Catão Peres – Banda Telmo Menezes
47 – EMEF João Giuliani – Banda Telmo Menezes
48 – Jornal Diferenciado – Música Gospel
49 – Instituto Estadual Menna Barreto – Banda Própria
50 – Grupo Tradicionalista de Cavalgadas Sepé Tiaraju

COLÉGIO TIRADENTES ABRE AS INSCRIÇÕES PARA O ANO DE 2018.

COLEGIO TIRADENTES
Está aberto o período de inscrições para o processo seletivo de admissão e classificação para ingresso no Colégio Tiradentes da Brigada Militar para o ano letivo de 2018. O processo está regulado através do Edital N.º 048/DE-DET/2017 de 18 de agosto de 2017. Neste ano, o CTBM São Gabriel terá 36 vagas destinadas à comunidade em geral e 54 aos filhos de policiais militares da Brigada Militar e bombeiros militares.
Segundo o comandante do Colégio, Major Luiz Fernando Fernandez, para realizar a inscrição o candidato, ou seu responsável legal, deverá entregar a seguinte documentação: Requerimento padrão (FICHA DE INSCRIÇÃO) preenchida e assinada, fornecida pelo Colégio e disponível no site da Brigada Militar e constante no Edital do processo seletivo; cópia da carteira de identidade atualizada a partir de 1º de janeiro de 2012; 02 fotografias coloridas, tamanhos 3×4, recentes e da mesma tiragem;
O pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 120, efetuado na Secretaria do Colégio.
A única forma de inscrição ao processo seletivo é diretamente na secretaria do Colégio Tiradentes.
Ainda, segundo o comandante, as inscrições serão aceitas até o dia 16 de outubro, das 8h às 17h (de segunda a quinta-feira) e das 8h às 13h (as sextas-feiras).
Para candidatar-se a uma vaga, o aluno precisa atender aos seguintes requisitos, em se tratando de vagas destinadas à comunidade em geral: Ter concluído ou estar cursando a última série/ano do Ensino Fundamental; Ter nascido a partir do ano de 2001, inclusive; Estar autorizado por seu responsável legal a prestar o concurso, ser matriculado e submeter-se às normas internas do CTBM, caso seja aprovado e classificado. Essa autorização deverá ser expressa, por escrito, de acordo com o modelo constante na ficha de inscrição; Ter efetuado o recolhimento da taxa de inscrição; Apresentar os documentos necessários exigidos no Edital N.º 048/DE-DET/2017.
Para as vagas destinadas aos filhos ou dependentes de policiais ou bombeiros militares pede-se: Ter concluído ou estar cursando a última série\ano do Ensino Fundamental; Ter nascido a partir de 2001, inclusive; Estar autorizado por seu responsável legal a prestar o concurso, ser matriculado e submeter-se às normas internas do CTBM, caso seja aprovado e classificado. Essa autorização deverá ser expressa, por escrito, de acordo com o modelo constante na ficha de inscrição; Ter efetuado o recolhimento da taxa de inscrição; Ser filho ou estar sob guarda ou tutela judicialmente constituída de policial militar da Brigada Militar ou bombeiro militar do Corpo de Bombeiros Militares do RS, com data da efetivação da Guarda ou Tutela Legal até o último dia da inscrição; Apresentar os documentos necessários exigidos no EditalN.º 048/DE-DET/2017; Para a vaga prevista na Portaria 440/EMBM/2010, os documentos comprobatórios da condição do Policial Militar, nos termos da referida portaria.
O requerimento de inscrição deverá ser preenchido pelo seu responsável legal e dirigido ao Comandante do Colégio Tiradentes, dentro do prazo estabelecido no calendário do edital, em formulário padronizado e fornecido na secretaria dos Colégios. No impedimento dos pais ou responsável legal, a inscrição poderá ser realizada por outra pessoa com procuração legal (registrada em cartório) específica para a inscrição.

PROJETO DA ESCOLA CARLOTA VIEIRA DA CUNHA SE DESTACA NAS REDES SOCIAIS.

inclusão carlota - blog 2

Definitivamente, na arte, não há limites até para quem tem limitações. Em São Gabriel, o processo de inclusão de alunos com deficiências em salas de aulas do ensino regular tem se destacado pela diversidade de atividades que tornam o ensino algo prazeroso e, acima de tudo, igualitário.
A direção da Escola Municipal Carlota Vieira da Cunha está entre as primeiras instituições de ensino do Município a implantar Salas de Recursos, com atividades para alunos especiais em turno inverso ao regular. Por isso, quando o assunto é inclusão, a Carlota está quase sempre um passo à frente das demais. Exemplo disso foram as ações inclusivas desenvolvidas durante a Semana Municipal da Pessoa com Deficiência. As atividades mobilizaram toda a comunidade escolar, desde os pais até os professores, tendo como personagens principais 13 alunos com deficiências.
De acordo com a Professora Talita Ribeiro Moreira, responsável pela Sala de Recursos, com a Semana da Municipal da Pessoa com Deficiência, surgiu a ideia de promover um concurso de vídeo mostrando os trabalhos desenvolvidos com alunos inclusos em sala de aula.
“Lançamos a campanha na página da escola, no facebook, e o que era para ser apenas uma atividade, acabou se tornando um evento”, disse a professora.
Diversos trabalhos foram apresentados, do clube de ciências a musicalidade dos alunos, com a música ganhando destaque e conquistando a preferência de quem acompanhou as atividades pelas redes sociais.
O trabalho da Professora Patrícia Biscaglia Pozzatti, com o monitor Frederico Velasques, formando um coral e unindo estudantes de uma turma, deu ao aluno do 6º Ano, Adriano Santos de Lima, de 14 anos, o prêmio de primeiro lugar. Ele conquistou 640 curtidas.
“A gente vê a felicidade nos olhos deles… o poder da integração. E cada um se expressa de uma maneira diferente, mas todos com muita alegria. A música está sendo muito benéfica”, comenta a professora.
A música vem sendo trabalhada com os alunos especiais desde o início do ano, dentro do Projeto “Se essa rua fosse minha”, sempre em turno inverso. “Eu noto que a música é muito poderosa. Motiva os alunos especiais. Mesmo com a maneira deles, enfrentando dificuldades de pronunciar as palavras, eles são participativos”.
Em segundo lugar, ficou a aluna do 8º Ano, Pâmela, do Clube de Ciências, com 568 curtidas. No curriculo, o 1° lugar ficou com a professora Regiane Marques, monitora Mariana Demutti e aluno Péricles, do 2º Ano; e 2° lugar com a professora Martiele Posser, monitora Kennya dos santos e aluno Adler Ravasi, do Pré A.
A Escola Municipal Carlota Vieira da Cunha tem 38 alunos inclusos e todos participaram das gravações, mas apenas 13 alunos disputaram o concurso, sendo um por cada turma. Também participaram os professores e os monitores. O concurso aconteceu entre os dias 21 e 31 de agosto.