SETOR OPERACIONAL INICIA DESOBSTRUÇÃO DE TUBOS ENTUPIDOS E QUE CAUSAM ALAGAMENTOS.

obras

O Setor Operacional da Secretaria Municipal de Obras lançou um cronograma de ações visando atender pedidos de providências relacionados aos constantes alagamentos registrados em São Gabriel em dias de chuva. A meta é “atacar” pontos estratégicos da cidade, onde, a própria população revela a necessidade de ações imediatas.
Na semana passada, um grupo de operários desobstruiu 12 tubos no Bairro São Clemente. Sem vazão, o esgoto acabava escorrendo pela rua e provocando uma série de reclamações.
O mesmo serviço foi realizado na zona sul da cidade, na Rua Antenor Maldonado, no Bairro Santa Regina, ao lado da BR-290. O coordenador do Setor Operacional, José João Barcellos (JJ), disse que o trabalho eliminou o problema de alagamento na região, evitando que a água fosse para as residências.
Os operários trocaram sete tubos que estavam completamente obstruídos por garrafas pet, sacolas plásticas, pedaços de roupas e até preservativos.

LIXO – Na semana passada, a Secretaria de Serviços Urbanos alertou para o problema do descarte de lixo em via pública. O secretário Paulo Sérgio Barros da Silva (Nenê) flagrou lixo sendo jogado numa sanga no Bairro Capiotti. Junto com o material, restos de pintura que revelam que o lixo era de uma residência em reforma. “Depois, quando chove esse lixo contribui para causar alagamentos, pois irá obstruir a sanga”, comentou.

Anúncios

MUDANÇAS NO FACEBOOK PODEM FAVORECER “NOTÍCIAS FALSAS”.

Especialistas avaliam que a alteração feita pelo Facebook no algoritmo da rede social pode favorecer à disseminação de notícias falsas (as chamadas “fake news”). A mudança tem como objetivo privilegiar conteúdo de interação pessoal, em vez daquele produzido por empresas de notícias.
O coordenador do curso de ciência de dados da Future Law/IDP-São Paulo, Alexandre Zavaglia Coelho, afirma que, além das fake news, a alteração pode contribuir para ‘a criação de bolhas de pensamento, até a diminuição de canais de notícias, tão importantes para a diversidade de pensamento e para a democracia’.
“Considerando que boa parte da população já consome notícias pelas redes sociais, programar os algoritmos para privilegiar conteúdo de outros usuários e diminuir a propagação de conteúdo gerado pelo jornalismo profissional pode causar distorções com graves consequências sociais”, destaca.
A advogada especializada em direito eleitoral, Karina Kufa, indica que o momento foi inoportuno para o teste da rede social. “Uma mudança no algoritmo da rede, além de impactar na publicação de fanpages, gera uma grande preocupação para as próximas eleições, já que fake news produzidas e compartilhadas pelos “amigos” terão maior alcance do que as notícias do jornalismo, trazendo uma enorme insegurança à lisura eleitoral”, afirma.
A advogada aponta que ‘o trabalho da justiça eleitoral para minimizar os efeitos das fake news será agora muito maior’. “E quem perde com isso?”, questiona Kufa. “Os eleitores e a sociedade, que poderão ser influenciados negativamente e podem depositar seu voto em candidatos menos qualificados por ter obtido uma informação falsa nas redes sociais.”
Na terça-feira (06/02), ao tomar posse como novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o ministro Luiz Fux, destacou a ofensiva da Corte Eleitoral no combate às fakes news, tendo a imprensa como aliada.
Fux criticou a disseminação de notícias falsas e afirmou que uma ‘uma campanha limpa se faz com a divulgação das virtudes de um candidato, e não com a difusão de atributos negativos pessoais que atingem irresponsavelmente uma candidatura’.
“Apesar disso (do combate às fake news), não se pretende tolher a liberdade de expressão e de informação legítima do leitor. A liberdade de expressão é pressuposto para qualquer regime que se intitule verdadeiramente democrático”, declarou na ocasião.
Interação pessoal – O Facebook, por seu lado, afirma que a alteração tem como objetivo privilegiar conteúdo de interação pessoal, em vez daquele produzido por empresas de notícias.
“Estamos comprometidos em apoiar a construção de uma comunidade informada. Anunciamos no começo deste ano atualizações para priorizar no Feed de Notícias posts que geram conversas e interações significativas, e também notícias de qualidade, algo que nossa comunidade vinha nos pedindo. É importante lembrar que são muitos os sinais para determinar o que as pessoas veem no Feed de Notícias. Temos trabalhado continuamente para reduzir o alcance de posts desinformativos e notícias falsas, e ajudar as pessoas no consumo consciente de informações, dentro e fora do Facebook. Um exemplo são os Artigos Relacionados, um recurso que oferece perspectivas adicionais quando uma pessoa compartilha uma notícia no Facebook”, diz em nota.

Fonte: Massanews

ADAIR LOPES É ESCOLHIDO PATRÃO DA SEMANA FARROUPILHA 2018.

WhatsApp Image 2018-02-06 at 08.28.56

A patronagem da Coordenadoria Tradicionalista Municipal (CTM) informou que escolheu para patrono da Semana Farroupilha de 2018 o tradicionalista Adair Lopes. O anúncio foi dado em reunião da CTM, na última segunda-feira (05/02), no Parque Tradicionalista Rincão das Carretas, onde também se tratou sobre ações envolvendo provas da Reculuta Municipal.
O Patrão da CTM, Julio César Moreira, disse que escolha levou em consideração os serviços prestados ao tradicionalismo gabrielense. “O seu Adair sempre está envolvido com a nossa tradição, sem bandeira, auxiliando todas as entidades, ajudando com toda sua família”, justificou.
Adair Lopes é sócio do CTG Querência Xucra. O nome é apresentado pelo patrão, mas a indicação depende de aprovação dos integrantes da patronagem. “O nome foi aprovado por unanimidade. Foi muito bem aceita pelo pelos patrões dos CTGs”, finalizou.

CENTENÁRIA E MISTERIOSA: ROCHA NEGRA GANHA UM DOURADO NO PROCESSO DE REVITALIZAÇÃO DO PRÉDIO.

MAÇONARIA

A Loja Maçônica Rocha Negra nº 1, a Benemérita, completará 150 anos em 2023. Hoje, quem passa na frente do templo, na Praça Dr. Fernando Abbott, já pode notar – mesmo que de forma discreta – algumas ações que começam a ser implantadas pelos dirigentes para simbolizar a data marcante para os maçons. Uma delas é a revitalização do prédio histórico, que começou a ser pintado ainda no final de 2017 e recebe alguns detalhes em dourado.
Pouca coisa, no entanto, poderá ser testemunhada pela comunidade gabrielense, uma vez que a Maçonaria é uma instituição que prima pela discrição. Aliás, a Maçonaria, apesar de centenária e entrar com vigor no século 21, ainda defende uma política que vem do século 19, com os seus integrantes tendo participação importante em vários segmentos da sociedade, mas fazendo pouco alarde para as conquistas auxiliadas pela ordem.
A “Argamassa de D. Pedro I” foi o tema do projeto Em Destaque, que ficou em exposição no Setor de Referência e Estudos da Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa/SEC, órgão integrante do Circuito Cultural Praça da Liberdade, no ano de 2014. A mostra reuniu livros que destacam a influência da Maçonaria no processo da Independência do Brasil e está disponível para visitação até o final de setembro.
Outra atração do Em Destaque foi a palestra “Maçonaria – As forças secretas da Independência do Brasil”, com José Airton Carvalho. O palestrante é Venerável Mestre da Loja Maçônica de Pesquisas Quatour Coronati “Pedro Campos de Miranda” (GLMMG), inspetor geral da Ordem Maçônica – Grau 33 e membro vitalício da Academia Mineira Maçônica de Letras (AMML).
A independência, assim como o trabalho da Maçonaria na libertação dos escravos, que lhe rendeu o título de “Benemérita da Ordem”, são alguns dos papéis importantes dos maçons na história do Brasil.
Em São Gabriel, a Maçonaria tem auxiliado, por anos, instituições de ensino, saúde e amparo a idosos, ajuda que é feita de forma silenciosa e que só acaba chegando ao nosso conhecimento porque consta em um livro de atas que conta, passo a passo, a história da Rocha Negra Nº1 desde a sua fundação.
No final do ano passado, a Igreja Católica comemorou 180 anos da Paróquia do Arcanjo Gabriel e 93 anos da inauguração do templo da matriz. Foram os maçons, em 1878, que decidiram concluir as obras, que só terminaram em 1924. A história oficial conta isso, mas poucas pessoas sabem.
A nova direção da Rocha Negra Nº1 – que tem como Presidente, Luis Guerino Teixeira e os vices Alcir Gomes e Rony Marcon – mantém a política de fazer sem divulgação ou publicidade. No entanto, alguns projetos já são de conhecimento. Um deles busca auxiliar na alfabetização e noções de cidadania de jovens e adultos que não tiveram oportunidade de ter esses conhecimentos. Os beneficiados serão indicados por obreiros e os nomes devem passar por avaliação de uma assembleia.
A Loja Maçônica Rocha Negra surgiu no dia 25 de junho de 1873. Quatro dias depois aconteceu a sua fundação.
Em setembro daquele ano, em sessão solene, foi efetuada a sua regularização por uma comissão reguladora presidida pelo então Conde de Porto Alegre, Coronel Manuel Marques de Souza, que mais tarde passaria ao posto de Marechal. A primeira diretoria da Rocha Negra Nº1 teve como Venerável Mestre Jonathas Abbott Filho. Consta na ata que os fundadores foram o senhores Manoel Ribeiro Baltar, Clemente José Vieira, Joaquim Eleutherio de Almeida Peres e Pedro Ferrão de Farias.
Hoje, 80 obreiros fazem parte da ordem, que tem sessões todas as segundas-feiras.

AMOR-EXIGENTE EMPOSSA NOVA DIRETORIA NA NOITE DESTA QUINTA-FEIRA.

Será empossada, oficialmente, na noite desta quinta-feira (08/02), a nova diretoria do grupo de apoio e orientação a familiares de dependentes químicos Amor Exigente. A reunião acontecerá entre 19 e 21 horas, na sala 2 da Igreja da Redenção, no centro de São Gabriel. O ato será dirigido pelo Coordenador Regional do Grupo, Luis Gallo, que falará sobre os objetivos da ONG. A Coordenação Municipal será assumida pela senhora Nélida Teresinha Jardim. Ele assume no lugar do ex-coordenador Clóvis Leivas Saldanha, morto em junho do ano passado.
“Queremos dar contínuidade a esse belo trabalho que era desempenhado pelo Saldanha”, disse a nova Coordenadora, que fazia parte da direção de Saldanha, exercendo o cargo de Secretária.
A ONG Amor-Exigente (AE) atua como apoio e orientação aos familiares de dependentes químicos e às pessoas com comportamentos inadequados. Através de um eficiente programa de auto e mútua ajuda, o Amor-Exigente desenvolve preceitos para a reorganização familiar, sensibilizando as pessoas e levando-as a perceber a necessidade de mudar o rumo de suas vidas a partir de si mesmas, proporcionando equilíbrio e melhor qualidade de vida. Como diz o seu lema: torná-las ada vez melhor!
Este programa, que há mais de 3 décadas funciona e dá certo, é praticado por meio de 12 Princípios Básicos, 12 Princípios Éticos, Espiritualidade Pluralista e Responsabilidade Social, através de reuniões semanais, cursos e palestras, sempre com a dedicação e comprometimento dos milhares de voluntários espalhados por todo o Brasil, Argentina e Uruguai.
Visando maior abrangência do seu movimento de proteção social, o Amor-Exigente expandiu seu programa, dando origem aos projetos especiais: Prevenção – visa desestimular a experimentação e uso de tabaco, álcool e outras drogas através de uma abordagem educativa junto a pais, avós e professores para ajudar na formação de seus filhos, netos e alunos; Sobriedade – esse trabalho com abordagem distinta, destina-se especialmente às pessoas em processo de recuperação pelo uso e abuso de álcool e outras drogas; Amor-Exigentinho – proposta voltada para o público infanto-juvenil que utiliza os Princípios Básicos do Programa de forma lúdica, clara e objetiva, visando auxiliá-lo a adotar atitudes responsáveis e saudáveis; Sempre É Tempo – focado nos adultos da Melhor Idade que muitas vezes passam pela “síndrome do ninho vazio” ou com o desafio de cuidar dos netos enquanto os pais trabalham e/ou estudam.

DOIS GABRIELENSES ENTRE OS MELHORES DA MÚSICA REGIONAL GAÚCHA DE 2017.

O Blog Repórter Farroupilha, do jornalista Giovani Grizotti, divulgou na manhã de terça-feira (06/02), os artistas considerados os melhores de 2017, em votação realizada pelo G1RS, o site da Globo/ RBS TV. Foram mais de 120 mil votos distribuídos entre 60 indicados por comunicadores em 12 categorias diferentes. Entre os vencedores, o casal Jean Kirchoff (87% dos votos) e Analise Severo (78% dos votos), ele de São Gabriel e ela Santa Maria, mas ambos morando na cidade universitária. Multipremiados em festivais nativistas, com mais de 200 troféus acumulados na estante de casa, eles foram escolhidos o melhor cantor e melhor cantora.
“Todo o cenário musical e nativista se enriqueceu e se movimentou com essa iniciativa. Estamos muito felizes.”, comemora Analise.
O gabrielense André Teixeira também conquistou o prêmio de melhor compositor. Vencedora do quadro Na Janela do Galpão, do Galpão Crioulo, a jovem cantora Giovanna Vedovi também reafirmou seu talento,conquistando a categoria “revelação”. Já o grupo Quarteto Coração de Potro, de Lages (SC), é o representante catarinense entre os premiados, tendo atingido o primeiro lugar na categoria melhor CD, com “Meu tempo, meu canto”.
Pelo segundo ano consecutivo, João Luiz Corrêa & Grupo Campeirismo foi escolhido o melhor grupo de baile, enquanto o vencedor do programa The Voice Kids, Thomas Machado, vai levar pra casa o troféu de melhor clipe, com Céu, Sol, Sul, dirigido por Eron Dalmolin.
Mais disputada entre todas as modalidades, o espetáculo “Ópera Gaúcha’, apresentado durante a Expointer 2017, venceu na categoria melhor show, ficando a frente de César Oliveira & Rogério Melo por apenas 40 votos. Estrelado pelos cantores Joca Martins (intérprete de Lua Linda, Lua Clara, de Márcio Nunes Corrêa, escolhida a melhor música de festival), Elton Saldanha e Luiz Marenco, que realizaram performances a cavalo, teve também músicos da Fábrica de Gaiteiros, de Renato Borguetti, e dançarinos do CTG Rancho da Saudade, de Cachoeirinha, totalizando quase 200 integrantes. “Eu sonhei com este show e consegui realizar. Agora, conquistar este troféu é outro sonho realizado”, festeja Marquinhos Kroeff, diretor do espetáculo.
Todos os artistas vencedores irão participar de um show/baile beneficente no dia 21 de março, no CTG Amigos da Tradição, em Santa Maria do Erval (Vale do Sinos), organizado pela Associação dos Voluntários do Hospital São José, de Dois Irmãos. A renda será utilizada para custear parte da obra da nova pediatria do hospital, iniciada esta semana. Toda essa mobilização começou a ser mostrada em reportagem apresentada pelo programa Fantástico, da Rede Globo, na noite de Natal.

CAUSA ANIMAL: ASSOCIAÇÃO REALIZA CHÁ PARA ARRECADAR DINHEIRO E INVESTIR EM CASTRAÇÃO, CONSULTAS E VACINAS.

castração 1

Evento beneficente: Um dos objetivos do chá é arrecadar fundos para aplicação de ações de castração dos animais

A causa animal ganha destaque no próximo dia 18 de fevereiro com a primeira edição do Chá da Associação Protetora de Animais São Francisco de Assis de São Gabriel (Apasfasg), ONG Amigo Bicho. O evento está sendo organizado pelas protetoras com o objetivo de arrecadar recursos para castração, consultas veterinárias, vacinas e compra de ração.
O chá acontecerá no Restaurante Marechal PUB, a partir das 15 horas. Os convites já estão sendo comercializados. A venda está sendo feita por telefone – com Gisele (99684.1664), Mari (99970.7418) e Rozaura (21.99634.1888 pelo whatsApp) – ou no dia do evento. O ingresso está sendo comercializado por R$ 20,00.
Além disso, quem quiser colaborar com a causa e não puder estar presente no chá, também poderá fazer através de depósitos na conta 01326094-4 da Caixa Econômica Federal, agência 0508 de São Gabriel. O CNPJ da Associação é 02049921/0001-74.
Há mais de 10 mil anos o homem domesticou cães e gatos, e desde então, os amigos de quatro patas são inseparáveis. Especialistas afirmam que ter um animal de estimação faz com que a qualidade de vida dentro de casa aumente, assim como melhora a saúde e, claro, gera mais alegria ao lar. Adotar um cão ou gato é mais do que um ato de amor, é ter responsabilidade. Entretanto, um cenário tem assustado nos últimos anos: o abandono.
Segundo a Organização Mundial da Saúde, somente no Brasil, há mais de 30 milhões de animais vivendo nas ruas. São cerca de 20 milhões de cachorros e 10 milhões de gatos. Para tentar reverter este quadro, a Apasfasg adota campanhas com o objetivo de arrecadar fundos e investir na castração solidária em animais de pessoas de baixa renda no município e também nos pet que vivem nas ruas.
A Associação Protetora de Animais São Francisco de Assis (ASPAFA) é um grupo de voluntários que trabalha para evitar a superpopulação de cães e gatos no município de São Gabriel. As ações incluem a conscientização da população no que diz respeito à responsabilidade com os animais, ações para minorar o sofrimento de animais abandonados, orientação e sugestão de políticas públicas de proteção e cuidado com os animais.

CAUSA ANIMAL blog