VEREADOR QUER QUE SECRETÁRIOS PRESTEM INFORMAÇÕES AO LEGISLATIVO A CADA QUATRO MESES.

O vereador Rossano Farias (PSB) apresentou durante a Sessão Ordinária desta segunda-feira(15/07), uma proposta de alteração à Lei Orgânica do município, incluindo no texto da lei a necessidade de comparecimento dos secretários municipais, na Câmara de Vereadores, a cada quatro meses, para prestar informações sobre as atividades realizadas pelas respectivas pastas. A proposta também foi assinada pelos vereadores Vagner Aloy (PSDB), Éder Barboza (PT), Márllon Maciel (PP), Carlos Alberto Lanes (PL) e Felipe Abib (PT).
Farias defendeu a emenda aditiva alegando que propostas similares já vigoram nos estados de São Paulo e Minas Gerais, “o objetivo da proposição é aperfeiçoar a regra da convocação das citadas autoridades, estabelecendo, sem prejuízo das convocações pontuais já previstas em nosso Lei Orgânica, o dever de comparecimento quadrimestral para prestarem, pessoalmente, informações sobre a gestão das respectivas secretarias”. Para ser aprovada, uma emenda à Lei Orgânica precisa ser votada em dois turnos, num período de dez dias, com dois terços de aprovação do plenário.

Anúncios

VEREADOR MANINHO PEDE ALTERAÇÃO N HORÁRIO DE ATENDIMENTO PEDIÁTRICO.

O vereador Vagner Aloy Rodrigues (Maninho), do PSDB, indicou à Secretaria Municipal da Saúde a mudança no horário de atendimento pediátrico nas Unidades Básicas de Saúde de São Gabriel. Com a chegada do inverno e das baixas temperaturas, aumenta a incidência de doenças causadas pelo frio, e as crianças costumam ser as mais afetadas nessa época do ano. Atualmente, os atendimentos pediátricos nas UBS’s são realizados nos primeiros horários da manhã.
“É desumano uma mãe levantar às seis horas da manhã, com uma criança no colo, ficar aguardando para ser atendida lá pelas oito ou nove horas, certamente para atendimento de uma criança, que está com problemas respiratórios e passando todo esse frio. Não custa nada, durante os meses de julho e agosto, trocar o horário de atendimento dos pediatras, acredito que o gestor tem a prerrogativa de ajustar esses horários, para dar mais comodidade a nossa comunidade”, defendeu Maninho.

SE APROVADA AS EMENDAS IMPOSITIVAS, VEREADORES PODERÃO INDICAR ATÉ 1,2% DO ORÇAMENTO DA FORMA QUE QUISEREM.

Proposta foi apresentada pelo vereador Cacaio. Hoje, os vereadores teriam direito a indicar, cada um, mais de R$ 106 mil, decidindo onde e quando a Prefeitura deve gastar

A ÚNICA OBRIGAÇÃO É QUE, DO 1,2% PLEITEADO, 0,6% TEM QUE SER APLICADO EM SAÚDE

Os vereadores poderão colocar em votação, já na próxima semana, a proposta de emenda à lei orgânica que visa tornar obrigatória a execução das emendas individuais ao orçamento municipal. A proposição foi apresentada pelo vereador Carlos Alberto MacCord Lannes (Cacaio), do PL, na sessão legislativa de quinta-feira (12/07). A proposta tramita no Poder Legislativo.
De acordo com a Comunicação Social da Câmara Municipal, caso a matéria seja aprovada, os vereadores poderão indicar onde será investido até 1,2% da receita líquida corrente do ano anterior. Hoje, esse percentual representa R$ 1,6 milhão, que dividido por 15 dá pouco mais de R$ 106 mil e 600 para casa parlamentar, valor que o vereador poderá decidir em que e quanto será gasto nas despesas do governo.
Segundo a Comunicação Social do Legislativo, o texto ainda prevê que metade desse percentual, ou seja, 0,6% deva ser empregado em ações e serviços de saúde. A proposta, que precisa de um terço de aceitação para ser protocolada, também foi assinada pelos vereadores Márllon Maciel, do PP, Flávia Batista, do PP, Éder Barboza, do PT, e Rossano Farias, do PSB.
Em sua justificativa, Carlos Alberto explica que a obrigatoriedade na execução orçamentária permite que os vereadores, que conhecem os micros problemas do Município, atendam as demandas colocadas pela população. Conforme ele, os vereadores andam nas bases, ouvem e veem as dificuldades dos moradores. Na visão do parlamentar, os vereadores conhecem as prioridades.
As emendas impositivas ao orçamento municipal são permitidas desde 2015, através da emenda constitucional nº 86, que versa sobre o assunto, e devem ser direcionadas através da LOA – Lei Orçamentária Anual. A apreciação de uma emenda à Lei Orgânica deve ocorrer em dois turnos, num período de dez dias, necessitando de dois terços de aprovação para ser promulgada pelo presidente da Câmara.
O vereador Antônio Bertazzo, do PDT, sugeriu a realização de uma consulta popular para que a população aponte para onde deve ser direcionado o orçamento impositivo. Conforme ele, “caso essa proposta venha a ser aprovada, eu já deixo registrado que o meu posicionamento será de ouvir a comunidade, cadastrar suas ideias e, com a participação popular, definir para onde vou indicar a minha parte destinada às emendas impositivas”.

A REPERCUSSÃO
A proposição também repercutiu dentro do Palácio Plácido de Castro. Se aprovada a proposta de emenda, o secretário municipal da Fazenda, Artur Goularte (Tuca), defende que o valor saia do orçamento anual da Câmara. “Essa é a minha posição como secretário. Mas eu tenho restrições, se me perguntarem qual seria a minha opinião como cidadão”, ressaltou Tuca ao lembrar que a medida pode ter influência direta na eleição para vereador em 2020, eis que a proposta passa a valer já no próximo ano, desequilibrando o pleito.
“Já que querem fazer, que façam esse ano e aprovem, mas façam valer a partir de 2021. Assim não entra em vigor no ano da eleição”, avaliou o cidadão.

VEREADOR CLAUDIOMIRO ANUNCIA EMENDA PARLAMENTAR NO VALOR DE R$ 100 MIL PARA A SAÚDE.

Vereador Claudiomiro Borges

O vereador Claudiomiro Borges (PL) anunciou nesta segunda-feira a indicação de uma emenda parlamentar no valor de 100 mil reais, para a saúde de São Gabriel. Segundo o vereador, a emenda foi articulada através dos gabinetes dos deputados Thiago Pereira (DEM) e Nereu Crispim (PSL), para ser investida na atenção básica do município. O anúncio foi feito durante o pequeno expediente da Sessão Ordinária.
“O meu gabinete recebeu hoje o ofício do Deputado Dr. Thiago, nos informando sobre o direcionamento desta emenda, para a nossa saúde. Eu estive por duas vezes no gabinete do deputado, pleiteando recursos para São Gabriel e agora recebo essa grande notícia. Tenho certeza que se continuarmos nessa empreitada, conseguiremos ainda mais investimentos para a nossa cidade”, comentou Claudiomiro.

DISPUTA INTERNA: PRB PODERÁ TER TRÊS PRÉ-CANDIDATOS À PREFEITURA MUNICIPAL.

O PRB – Partido Republicano Brasileiro vai se reunir na próxima segunda-feira (08/07) para deliberar ações para o desenvolvimento de um projeto voltado para a disputa do comando do Palácio Plácido de Castro em 2020. O partido já tem, inclusive, um plano de governo aprovado em reunião. As propostas serão divulgadas nos próximos dias. As informações são do presidente da sigla, em São Gabriel, Ladislê Teixeira.
O PRB poderá ter três pré-candidatos para a Prefeitura. Os nomes serão apresentados para o Diretório Municipal e, em um disputa interna, o que obtiver a maior aceitação deverá ser o nome oficial. O médico Giancarlo Alves Bina, que hoje está no Rede, deverá assinar ficha no partido. Ele estará presente na reunião de segunda-feira.
Na semana passada, em reunião do partido, o empresário Aljaci Brito colocou o seu nome a disposição da sigla para a disputa do comando do Palácio Plácido de Castro. Uma terceira pessoa, que o nome ainda é mantido em sigilo pela direção da sigla, poderá ser anunciada nos próximos dias. Segundo Ladislê Teixeira, trata-se de uma mulher, com experiência no comando da Secretaria Municipal de Turismo e em disputas eleitorais para a Prefeitura.
Com tantas possibilidades, a direção do partido não descarta a probabilidade de disputar a eleição com uma chapa totalmente pura.
“Fala-se muito no novo. No nosso entendimento, o novo somos nós (PRB). Hoje, o candidato a prefeito tem que ter unanimidade dentro do próprio partido. Nota-se que os partidos que hoje dizem ter nomes próprios, estão divididos internamente. Nenhum deles consegue garantir aceitação total dentro das próprias fileiras. No nosso caso é diferente. No PRB, qualquer nome que for aprovado, terá 100% de aceitação”, argumenta o presidente.
De acordo com o dirigente, a proposta do PRB é de apresentar-se como nova opção. “O nosso partido não quer assumir o título de novo, alegando que somos o novo em São Gabriel. É importante destacar que respeitamos as lideranças que contribuíram para o desenvolvimento de São Gabriel, mas também acreditamos que é importante renovar e inovar. Neste momento, deixamos claro que somos uma nova opção, que poderá ter, inclusive, pessoas com experiências em administrações passadas, mas que estejam dispostas a passar por um processo de reciclagem política, onde o bem da população precisa estar sempre em primeira mão”, avaliou.

ABERTO AO DIÁLOGO
A direção do PRB já esteve reunida com lideranças de outros partidos, entre elas, o ex-prefeito Balbo Teixeira. O presidente da sigla garante que não há barreira que impeça a conversação com outras siglas, inclusive com o PL do atual prefeito Rossano Gonçalves.
“Sabemos que ainda é prematuro dar como definida qualquer composição política, mas também sabemos que não dá para deixar para a última hora decisões importantes. Vamos conversar com todos os partidos que assim desejarem. No entanto, não vamos aceitar aqueles políticos oportunistas, que deixam para o momento final se definirem, indo para o lado que acreditam ser o mais forte, com o objetivo, apenas, de ganhar a eleição, deixando de lado o interesse da população”.

FILIAÇÕES
Hoje, o PRB tem mais de 300 filiados em São Gabriel. O único ato de filiação, realizado no começo do ano, na sede do Sindilojas, filiou 66 pessoas. O próximo evento acontecerá em agosto e a perspectiva da direção do partido é ampliar o número de filiados. O evento terá a presença de deputados estaduais e federais.
“Vamos ter uma forte nominata para vereadores. Hoje, o PRB é um dos partidos que mais filia. Nós temos facilidade em encontrar simpatizantes que defendem a mesma causa do partido”, finalizou o presidente.

PRESIDENTE DO SINDICATO RURAL DE SÃO GABRIEL SERÁ O NOVO SUPERINTENDENTE DO INCRA NO RIO GRANDE DO SUL.

O secretário nacional de Assuntos Fundiários do governo federal, Nabhan Garcia, já havia anunciado o desejo de colocar Tarso Teixeira no comando do Incra/RS
Tarso com o presidente Jair Bolsonaro

Com o propósito de moralizar a política nacional de reforma agrária e combater os casos de sob-locação, venda irregular e uso indevido dos lotes de assentamentos no Rio Grande do Sul, denunciados recentemente em reportagem do programa “Fantástico”, da Rede Globo, o secretário nacional de Assuntos Fundiários do governo federal, Luiz Antônio Nabhan Garcia, e o chefe da Casa Civil, Ônyx Lorenzoni, bateram o martelo e definiram um novo nome para a superintendência do Incra no Rio Grande do Sul. Trata-se do médico veterinário Tarso Teixeira, presidente do Sindicato Rural de São Gabriel e um dos vice-presidentes da Farsul.
Amigo de Nabhan Garcia desde os tempos da União Democrática Ruralista (UDR), Tarso se destacou denunciando as práticas do MST desde 2003, nos episódios da desapropriação da Fazenda Southall, em São Gabriel., e é considerado um dos líderes rurais mais dedicados à questão agrária, sendo autor de dois livros sobre o tema – “Visão da Terra” e “Utopia do Atraso”, este último com depoimento de Nabhan Garcia. Na metade de junho, o secretário de Assuntos Fundiários de Bolsonaro esteve em São Gabriel e Livramento, as duas cidades com o maior número de assentamentos rurais do Estado, e recebeu depoimentos que confirmavam a situação no Estado. O nome de Tarso foi apoiado por líderes rurais da Fronteira Oeste, pelo prefeito de São Gabriel Rossano Gonçalves (PL) e pelo próprio presidente da Farsul, Gedeão Pereira.

DE OLHO NO QUINTO MANDATO: PREFEITO ANUNCIA QUE CONCORRERÁ A REELEIÇÃO EM 2020.

Rossano se reuniu com lideranças do PL

Após uma série de boatos de que o prefeito de São Gabriel estaria impedido de concorrer em 2020, Rossano Gonçalves “quebra o gelo” anunciando, sem prévias, que disputará a reeleição no próximo ano. O anúncio foi feito através das redes sociais no final da tarde de quinta-feira (27/06).
“Hoje tive a honra de receber o deputado e grande amigo Paparico Bacchi, acompanhado de futuros pré candidatos do PL a prefeituras da região. Na visita que me fez no gabinete, Paparico fez questão de dizer aos meus colaboradores mais diretos sobre a influência das minhas ações como prefeito para que ele se tornasse primeiramente prefeito de São João da Urtiga e depois deputado estadual, referindo-se a mim com palavras que me deixaram emocionado”, disse o chefe do Executivo Municipal. “Em seguida, fomos ao Restaurante Batovi para um encontro com o presidente municipal do PL, Cilon Lisoski, e o meu líder do governo no parlamento, vereador Claudiomiro Borges, onde comuniquei que aceitava o desafio proposto pelo presidente estadual Giovani Cherini quando da minha filiação em dezembro do ano passado, de colocar meu nome à disposição do PL para concorrer à reeleição para prefeito de São Gabriel, e que a Executiva está devidamente autorizada a iniciar as conversações com os partidos para implantar um projeto consistente para o mandato 2021-2024”, complementou.
O prefeito ainda falou das dificuldades financeiras que vem enfrentando na atual administração. “Enfrentamos o período mais difícil, pagamos mais de R$ 25 milhões em dívidas da gestão anterior, tomamos decisões duras e difíceis para recuperar as finanças, e agora é tempo de colher as conquistas para nossa gente”, comentou.
Aos 56 anos, Rossano conquistou 18.343 votos na disputa pela prefeitura em 2016. O prefeito está exercendo o seu terceiro mandato no comando do Palácio Plácido de Castro. Antes, administrou o Município nos anos de 1997 a 2000/2001 a 2004 e 2009 a 2012. Foi vereador em 1989. Em 2006, foi eleito deputado estadual, mas abriu mão da cadeira legislativa para concorrer à prefeitura.

QUEM SERIAM OS ADVERSÁRIOS?
Eis a pergunta. Muitos nomes aparecem na lista de possíveis pré-candidatos à prefeitura, alguns já manifestaram publicamente esse desejo.
Com 40 anos, o vereador Vagner Aloy, Maninho, é um dos nomes mais fortes do PSDB, apesar de os tucanos demonstrarem uma certa divisão quando o assunto é a atual administração municipal. Marcos Vieira do Monte, o Marcos Mec, deixou há menos de um ano a Secretaria de Obras e, desde então, se declara isento (para votar contra ou favor). Nas duas últimas eleições, Maninho foi o campeão de votos. Em 2012, conquistou 1.677 e, em 2016, 1.366.
O presidente do PSDB de São Gabriel, Mauro Teixeira, garante que os tucanos terão chapa própria na eleição municipal e, inclusive, conta com apoio da Estadual.
Outro vereador que a assumiu a dianteira, é Rossano Farias. É o vereador das redes sociais. Logo que o prefeito anunciou o desejo de concorrer a reeleição, ele publicou a seguinte frase: “está chegando a hora da mudança”. Na prática, uma maneira de ver qual seria a reação do público.
Rossano Farias pode ser o candidato mais jovem na próxima eleição. Com 29 anos, no entanto, ele poderá ter que “abrir mão” da pré-candidatura se Balbo Teixeira ressurgir em 2020. Aliás, Balbo é outra incógnita. Este ano, ele esteve reunido, no final de maio, com lideranças do PRB e PP – entre eles, Inocêncio Gonçalves, outro nome em pauta para a Prefeitura; antes, Balbo já esteve conversando com Maninho.