POLÍCIA CIVIL APREENDE 2 KG DE DROGAS NA MADRUGADA DESTA QUINTA-FEIRA.

TRAFICANTE TRAZIA AS DROGAS DE PORTO ALEGRE

TRAFICANTE TRAZIA AS DROGAS DE PORTO ALEGRE

A Polícia Civil de São Gabriel apreendeu 2 kg de drogas e prendeu um traficante de 30 anos na madrugada desta quinta-feira (21/04). De acordo com o delegado José Soares Bastos, o setor de investigações da delegacia recebeu a informação, nesta semana, de que um traficante faria o transporte de uma grande quantidade de droga de Porto Alegre para Uruguaiana a partir de um ônibus intermunicipal que partiria da rodoviária da Capital. Diante disso, o traficante começou a ser monitorado.
Nesta madrugada, a Polícia Civil montou uma ação na BR-290, por onde era esperado que o ônibus passasse. O veículo parou em um restaurante na altura do km 422 da rodovia, ao lado de um posto de combustível, por volta das 3h. Quando o suspeito de ser o traficante desceu, foi abordado por seis policiais à paisana. Junto com o suspeito foi encontrada a droga. Eram 1,5 kg de maconha e 500 g de cocaína.

Foram apreendidos meio quilo de cocaína e um quilo e meio de maconha

Foram apreendidos meio quilo de cocaína e um quilo e meio de maconha

“Não é comum que haja apreensão dessa quantidade de droga no município”, afirma o delegado. “O que acontece é que São Gabriel é local de passagem. A droga que vem da Capital pode passar por aqui, bem como a que vem da fronteira para outras regiões do Estado”.
Foi dada voz de prisão ao suspeito que, em depoimento na delegacia, não trouxe informações que apontassem se ele traficava por si próprio ou se atuava como transportador ou intermediário para alguém em Porto Alegre ou Uruguaiana. A polícia acredita que a droga teria como destino Uruguaiana, pois era para onde o suspeito se dirigia.
Ele foi preso temporariamente no Presídio Estadual de São Gabriel pelo crime de tráfico de drogas. Foi solicitada à Justiça a conversão para prisão preventiva, o que foi concedido. Dessa forma, ao invés de o suspeito ficar preso por um curto espaço de tempo (cinco dias, sendo prorrogável por mais cinco), como determina a legislação, ele permanecerá em cárcere até que a Justiça entenda que não seja mais necessário.

MORADORES DO “JOÃO DE BARRO” DENUNCIAM PRÁTICA DE PEDÁGIO.

Comando da Brigada Militar alega que os responsáveis por esse tipo de crime estão sendo identificados. Assim como no caso dos Bondi, os criminosos serão inseridos num relatório e o documento será entregue aos órgãos competentes

Comando da Brigada Militar alega que os responsáveis por esse tipo de crime estão sendo identificados. Assim como no caso dos Bondi, os criminosos serão inseridos num relatório e o documento será entregue aos órgãos competentes

“Que Horror. Aqui no João de Barro não dá mais prá andar tranquilo de noite porque a gurizada tá na esquina cobrando pedágio prá gente pode entrar na vila”, denunciou um morador do bairro Élbio Vargas, localizado na região sul de São Gabriel. O morador alega os marginais – na maioria adolescentes – fazem ameaças quando o pagamento da taxa não é feito.
A Brigada Militar é chamada sempre que esse tipo de ação ocorre na região, mas o grupo mantém dois “meninos” observando a entrada do bairro.
“Já avisamos a polícia, mas eles têm gente que avisa que polícia tá vindo. Dizem que tem uns que ficam escondidos cuidando se a Polícia vai vir e eles avisam os outros. São os mesmos que colocaram fogo num carro estes dias, aqui no bairro”, comentou.
O morador explica que a situação é mais grave nos finais de semana. “Olha, sempre no sábado e domingo, depois da meia noite, eles colocam uma corda de um lado ao outro, ali na frente da creche, e te cobram pedágio. E se tu não paga, eles ameaçam quebrar teu carro. Dizem que a gente não vai mais entrar na vila e que são eles quem mandam aqui… Quem não paga, não passa”.
Responsável pelo comando da Operação Avante, lançada em março deste ano, o tenente Adriano Veras, da PATAMO, explica que – por determinação do comando da Brigada Militar de São Gabriel – já está sendo desenvolvido um trabalho de monitoramento dos grupos que atuam nessa modalidade de crime.
“Já estamos atuando com rigor no combate a esse crime e alguns dos integrantes destes grupos já foram identificados. Estamos diuturnamente nas ruas e na hora certa será entregue um relatório para os órgãos competentes”, explica o tenente.
A medida repete uma ação que deu certo em 2013 quando, através de um trabalho de investigação e inteligência, as polícias civil e militar elaboraram um dossiê (com nomes, endereços e fotos) dos integrantes envolvidos com os chamados Bondis. Na época, a maioria foi penalizada com medidas que restringiram a permanência em via pública após às 21 horas. Os líderes ou menores com envolvimento em crimes mais graves foram encaminhados para o Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE) de Santa Maria.
Adriano Veras chama atenção também para a execução da Operação Avante, criada com o objetivo de combater todos esses tipos de delitos e crimes. Em apenas 30 dias, além de centenas de pessoas identificadas, a Brigada Militar retirou das ruas 45 armas brancas.

POLÍCIA CIVIL DE SÃO GABRIEL INVESTIGA O DESAPARECIMENTO DE DUAS PESSOAS.

DESAPARECIDOS
Um jovem de 20 anos está desaparecido há 10 dias. O sumiço foi registrado na Delegacia de Polícia na última quarta-feira (13/04) por um primo da vítima. O elemento se chama Joarez Delvir de Saibro Machado, natural de Parobé.
Conforme a Polícia Civil, ele estava residindo há 8 meses no Assentamento Conquista do Caiboaté. “Ele teria vindo até a cidade para ficar na casa do primo (na Rua Maurício Cardoso) e logo depois saiu para efetuar a troca de domicílio eleitoral no Cartório da cidade. Depois disso não foi mais visto”, explicou o policial Luis Pascotin.
Uma menina de 12 anos também continua desaparecida. Ela saiu de casa, na Vila Mariana, na quinta-feira (06/04). A informação é da Polícia Civil. Camila da Silveira Figueiredo saiu de casa e não comunicou para onde estava indo.
O pai dela, Sérgio da Silveira Figueiredo, de 51 anos, conta que a menina estava ferida. “Ela havia sido agredida por um grupo de rapazes de um bondi. Ela estava lesionada na perna e estava sendo tratada pela tia”, comentou. Não é a primeira vez que a menina desaparece. No ano passado, ela foi localizada no Bairro Bom Fim.

ROUBO DA RENDA: POLÍCIA CIVIL AINDA VAI OUVIR PESSOAS QUE TRABALHARAM NO JOGO DO SÃO GABRIEL.

Todo o dinheiro arrecadado com o público de SG x Pelotas foi roubado.

Todo o dinheiro arrecadado com o público de SG x Pelotas foi roubado

A Polícia Civil de São Gabriel confirmou que o assalto ao tesoureiro do Esporte Clube São Gabriel, na semana passada, resultou num prejuízo superior a R$ 24 mil para o clube gabrielense. As investigações – iniciadas com base nos relatos da vítima, o tesoureiro Mário Cabreira – ainda não evoluíram. Conforme a polícia, além dele, uma testemunha que passava pelo local no momento do assalto também foi ouvida. Ela, no entanto, confirmou ter visto a vítima e o suspeito conversando, mas alegou não ter notado que se tratava de um crime.
O assalto aconteceu na noite do dia 4 de abril, quando Cabreira chegava em casa, no Bairro São Clemente. O tesoureiro carregava com ele toda a renda do jogo entre São Gabriel e Pelotas que ocorrerá naquela tarde. De acordo com a polícia, o assaltante estava aguardando a chegada da vítima. “Ele esperou o tesoureiro descer do carro para anunciar o assalto”, comenta o policial Luis Pascontin.
Ainda não se sabe se o ladrão usou uma motocicleta para chegar e sair do local do crime. “A vítima conta que viu uma motocicleta estacionada no meio de uma vegetação, mas não viu ninguém próximo. Ela conta também que o assaltante veio do lado oposto, caminhando. Ele usava um casaco comprimido, que cobria as mãos, e tinha um capaz. O rosto estava coberto com uma toca. Ele conseguiu ver que o bandido apontava em sua direção um revólver calibre 38”, explica o policial.
A Polícia Civil vai ouvir ainda outras pessoas que trabalharam no jogo do São Gabriel naquela tarde. Acredita-se que o assalto tenha sido planejado com antecedência e que o criminoso sabia de detalhes do roteiro do tesoureiro.
A opinião é compartilhada por um dirigente do clube. “Só pode ser gente que sabe, que tem informações privilegiadas. Ele sabia onde morava o tesoureiro. Se ele não estava no estádio, estava esperando do lado de fora, só pode”, declara Roque Hermes, presidente do clube.
O ladrão fugiu levando o malote, mas não chegou a agredir o funcionário. O caso foi registrado na delegacia de São Gabriel. Câmeras de segurança da cidade podem ter flagrado o trajeto do bandido e serão analisadas pela Polícia Civil.

A MENOS DE TRÊS MESES DO PRAZO, PROJETO DE DESVINCULAÇÃO DOS BOMBEIROS DA BM ESPERA POR REGULAMENTAÇÃO.

A Associação dos Bombeiros do Rio Grande do Sul (Abergs) iniciou uma contagem regressiva até 2 de julho deste ano, data em que o Corpo de Bombeiros será desvinculado da Brigada Militar. O motivo é que faltando pouco mais de dois meses para a desvinculação, o governo do Estado não enviou à Assembleia Legislativa o projeto de lei que define qual será o efetivo, o orçamento e como vai operar o novo Corpo de Bombeiros. As informações são do jornal Diário de Santa Maria.
O tão esperado desmembramento dos bombeiros da BM foi chancelado em 20 de junho de 2014, por meio da Emenda Constitucional 67 de 2014. A emenda determinava que a separação patrimonial, financeira e orçamentária seria definida em lei, a qual estabeleceria um cronograma para a transição, cuja data limite para finalização do processo é 2 de julho de 2016.
A emenda também determinava prazo de 120 dias (outubro de 2014) para o governador do Estado encaminhar à Assembleia o projeto de lei complementar com as leis estruturantes – a lei de organização básica, a lei de fixação de efetivo e a lei de transição, com demais regulamentos de como será o novo Corpo de Bombeiros. À época, foi criado um grupo de trabalho para definir o organograma e criar os projetos de leis. Mas, o envio só ocorreu no apagar das luzes do governo Tarso Genro, em novembro de 2014.
Porém, diante do fim da legislatura da Assembleia e com a troca de governo, o projeto foi retirado.

Novo grupo de trabalho
O novo governo criou outro grupo de trabalho para reavaliar o projeto de lei. O documento foi remetido à Casa Civil onde permanece até hoje.
– A lei de organização básica e a lei de fixação de efetivo vão dizer de que forma será instalado esse Corpo de Bombeiros e quantos militares serão necessários para compor o quadro, entre outras coisas – explica o comandante do 4º Comando regional de Bombeiros (4ºCRB), tenente-coronel Luis Marcelo Gonçalves Maya.
Após a regulamentação, os oficiais que hoje são do quadro da BM e têm curso de especialização em bombeiros poderão escolher se querem ficar na BM ou integrar o novo quadro dos bombeiros. A exceção são os soldados e sargentos dos bombeiros que migrarão automaticamente para a nova corporação. São cerca de 2 mil homens e mulheres.

Projetos em análise
O deputado estadual e integrante da bancada governista, Jorge Pozzobom (PSDB), tem acompanhado o tema e adianta que os três projetos referentes à desvinculação do Corpo de Bombeiros da BM estão, no momento, no jurídico da Casa Civil.
Pozzobom adianta que, nesta quinta-feira, terá uma reunião com o titular da pasta, Márcio Biolchi. No encontro, o deputado pedirá que os propostas sejam encaminhadas à Assembleia Legislativa em regime de urgência para que sejam votados em até 30 dias.
– Toda e qualquer mudança será avaliada conjuntamente com os bombeiros. Não haverá atropelo e imposição, se quer o melhor a essa valorosa categoria – afirma Pozzobom.

como é

MENINA DE 12 ANOS ESTÁ DESAPARECIDA.

Uma menina está desaparecida desde quinta-feira (06/04). A informação é da Polícia Civil. O registro foi feito na Delegacia de Polícia São Gabriel na tarde desta quarta-feira (13/04) pelo pai da vítima, Sérgio da Silveira Figueiredo, de 51 anos. Conforme ele, Camila da Silveira Figueiredo, de 12 anos, saiu de casa e não comunicou para onde estava indo.
Sérgio conta que a menina estava ferida. “Ela havia sido agredida por um grupo de rapazes de um bondi. Ela estava lesionada na perna e estava sendo tratada pela tia”, comentou. Não é a primeira vez que a menina desaparece. No ano passado, ela foi localizada no Bairro Bom Fim.

JOVEM MORRE APÓS SER ESPANCADO EM ROSÁRIO DO SUL.

jovem assassinado

Um jovem de 22 anos morreu após ter sido espancado na saída de uma festa em Rosário do Sul, na Fronteira Oeste, na madrugada de domingo (10/04). Maicon Antunes Rodrigues foi agredido por um grupo de pessoas, por volta das 3h, no bairro Tenente Bandeira. Ele morreu no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora por volta das 13h30. Esse foi o terceiro assassinato registrado este ano em Rosário do Sul.
De acordo com a Brigada Militar (BM), Maicon se envolveu em uma briga no Clube da Cohab, localizado na Rua Primeiro de Abril. A confusão se estendeu para o lado de fora, e o jovem acabou espancado por cerca de cinco pessoas.
Conforme a delegada plantonista Giovana Müller, quando a ocorrência de tentativa de homicídio foi registrada, constatou-se que a vítima apresentava sinais de luta corporal, mas somente a necropsia irá apontar a causa da morte. Entretanto, o tio de Maicon, Paulo Joel Antunes Rodrigues, afirma que o jovem levou uma paulada e um tiro na cabeça, além de uma facada nas costas.
“Era uma rixa antiga. Ele estava num baile bebendo e acabou brigando. Vieram cinco contra ele. Ele viu que não ia dar e disparou para fora. Foi aí que o pegaram”, relata o tio.
Jovem era servente de obras

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.674 outros seguidores