SÃO GABRIEL VENCE O PELOTAS EM JOGO COM “CARA” DE GAUCHÃO.

capa são gabriel pelotas blog

Numa prévia do que será o confronto entre São Gabriel e Pelotas pela Divisão de Acesso, na 7ª rodada, marcada para o dia 29 de março, o time local recebeu, neste domingo (22/02), no Estádio Municipal a equipe do lobão. O jogo amistoso – último da fase de preparação para a competição estadual – não chegou ao fim. No primeiro tempo, dois jogadores foram expulsos. Um acerto entre a direções permitiu que os atletas pudessem ser substituídos. Na etapa complementar, o árbitro Darllyn Vieira interrompeu a partida duas vezes por causa de novos desentendimentos dos atletas dentro de campo. Na primeira paralisação, Vieira puniu dois jogadores (um de cada equipe) com cartões amarelos. Depois de cerca de 10 minutos parado, ele reiniciou o jogo. Mas no primeiro ataque do São Gabriel, Alexandre fez uma “festa” na defesa pelotense e acabou sendo atingido por trás. O volante Arthur – que havia sido punido minutos antes com amarelo – acabou expulso. Na confusão, o atacante do Pelotas, Adilson Bahia, agrediu o árbitro e também foi punido com vermelho.
Ficou impossível dar continuidade ao jogo. A direção do Pelotas queria desistir do confronto e por muito pouco não abandonou a partida. Acabou sendo o árbitro – entendendo que não havia segurança – a decidir pelo encerramento aos 25 minutos da etapa complementar quando o São Gabriel vencia por 3 a 2.
Enquanto os times queriam jogo, o São Gabriel foi imensamente superior ao Pelotas. Em toda a partida, o time pelotense teve apenas três oportunidades, a primeira delas, resultado de uma falha grosseira da zaga gabrielense. O zagueiro tentou se desfazer do perigo e a bola acabou rebatendo no adversário, sobrando para Adilson Bahia (livre) chutar cruzado. Léo Mineiro, sem marcação, só desviou para o fundo das redes: 1 a 0 Pelotas.
O São Gabriel levou cerca de 15 minutos para mostrar reação. E foi em jogada individual. O centroavante Bahia dominou na intermediária e driblou três adversários para depois acertar um chute forte no gol defendido por Igor: 1 a 1.
Depois disso, só deu São Gabriel. O Pelotas até tentou, mas esbarrou numa marcação aplicada, principalmente, no setor de meio campo.
Aos 35 minutos, aproveitando uma cobrança de falta, Márcio Reis desviou de cabeça, a bola bateu Stevys e entrou. O árbitro acabou marcando o gol para o volante do São Gabriel: 2 a 1, de virada.
Na segunda etapa, o São Gabriel voltou no mesmo ritmo. No primeiro minuto da fase complementar, Itaqui derrubou Alexandre dentro da área. Pênalti, que Márcio Reis cobrou: 3 a 1 São Gabriel. Seis minutos depois, Stevys caiu e Vieira marcou penalidade, desta vez para o Pelotas. O adversário diminuiu o escore para 3 a 2 com gol de Adilson Bahia.
O São Gabriel estreia na competição estadual no próximo domingo, no Municipal, contra o Riograndense, de Rio Grande. Já o Pelotas jogará na Boca do Lobo contra o Guarani, de Venâncio Aires.

São Gabriel: André; Thiaguinho (Pará), Maicon (Ito), Carlão e Tatto; Amaral, Márcio Reis, Donovan e Jean Acosta; Bahia e Alexandre Santana. Técnico: Gelson Conte
Pelotas: Igor Rayan; Itaqui, Stevys, Eduardo Praes e Vinícius Silva; Arthur (Vinicius), Jô, Ademir (Feliphe), Tiago Rodrigues e Adilson Bahia (Carlos Gato); Léo Mineiro (João Emir). Técnico: Agenor Piccinin

taxi floriano grande

INCÊNDIO DEIXA JOVEM FERIDO E FAMÍLIA DESABRIGADA.

Daniela perdeu tudo e não tem para onde ir

Daniela perdeu tudo e não tem para onde ir

O jovem Anderson Luiz Martins, de 18 anos, poderá ser transferido para Porto Alegre devido as queimaduras de 2ª e 3ª graus que sofreu durante um incêndio ocorrido no final da madrugada deste sábado (21/02). “O fogo começou por volta de 4h 30min. Ouvi um grito de socorro e quando fui ver, estava saindo fumaça de dentro de casa”, conta Daniela da Silva Machado, de 27, que mora na residência queimada. No momento do incêndio, ela e duas filhas – de 3 e 8 anos – estavam na casa ao lado. Martins estava sozinho num quarto e teria tentado ascender um cigarro com uma vela. Por acidente acabou queimando uma cortina, dando início ao incêndio.

Associação do Bairro Camita e Pastoral organizam doações

Associação do Bairro Camita e Pastoral organizam doações

Ele foi socorrido pelos vizinhos e depois atendido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU. O Corpo de Bombeiros evitou que o acidente fosse ainda maior. A residência – localizada na Rua Francisco Chagas, Bairro Santo Antônio – é um modelo antigo de casas conjugadas. Além das peças queimadas, mas três moradias estão localizadas lado a lado. O fogo só não atingiu as demais dependências porque foi extinto pelos bombeiros.
PERDEU TUDO
Uma assistente social do Município fez a avaliação social da família. A Secretaria de Desenvolvimento Social vai encaminhar cestas básicas e roupas. O secretário Cléber Giovane visitou o local e efetuou a entrega de um televisor e um fogão (doados por moradores dos bairros Élbio Vargas e Mariana).
Uma grande mobilização se formou no começo da manhã em apoio a família que perdeu tudo. Já nas primeiras horas da tarde, Daniela havia recebido roupas e alimentos. As doações estão sendo depositadas em um depósito do apicultor Aldo Machado e deverão ser entregues para a família assim que houver uma definição de lugar. “Hoje, estamos desabrigados. Acho que vamos para a casa de uma irmã. Mas, por enquanto, não temo nada e nem para onde ir”, finalizou.
As doações poderão ser encaminhadas para a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social ou para a residência de Aldo Machado. Contatos pelos telefones 9931.0909 ou 9611.0349.

Secretaria de Desenvolvimento Social organizou material doado e fez entrega de bens que haviam sido doados para o Plantão Social

Secretaria de Desenvolvimento Social organizou material doado e fez entrega de bens que haviam sido doados para o Plantão Social

Comunidade fez doações

Comunidade fez doações

CÂMARA APROVA CONTRATAÇÃO DE PROFESSORES PARA ESCOLAS INFANTIS, MAS INÍCIO DAS ATIVIDADES SÓ ACONTECERÁ EM MARÇO.

A Câmara Municipal de Vereadores aprovou, por unanimidade, o projeto de lei que autoriza a Prefeitura Municipal de São Gabriel a contratar, por tempo determinado, 35 professores para atuarem nas Escolas de Educação Infantil. Dos 15 parlamentares, apenas os vereadores Valdomiro Lima (PSDB) e Adão Santana (PTB) não participaram da sessão plenária realizada na noite de quinta-feira (19/02).

A Secretaria Municipal de Educação (SEME) confirmou que a abertura do ano letivo das Escolas de Educação Infantil serão reprogramada. As creches deveriam abrir as portas para um público de 766 crianças no dia 25 de fevereiro, mas com o atraso na votação do projeto, a tendência é que voltem a funcionar normalmente somente no final da primeira quinzena de março.
Das 11 instituições, apenas duas ainda passam por um processo de estruturação. A Escola Palmira Vieira, no centro da cidade, está apta para receber as crianças, garante a professora Branca Wiesel, responsável internamente pelo comando da SEME. “Hoje, ainda faltam serem colocadas as portas internas. Mas isso não impede de começarmos as aulas”, explicou.
No Bairro Pomares, a Escola de Educação Infantil está pronta para receber o público local. “Ainda falta realizarmos a limpeza do pátio. A nossa parceira, a Secretaria de Serviços Urbanos fará o corte da grama e da vegetação. Isso é trabalho para um dia”, argumenta a professora.
O projeto foi votado em destaque com os itens sendo analisados individualmente. Além dos 35 cargos de professores, também foram aprovadas as contratações de 10 agentes sociais e três assistentes sociais para a Secretaria de Desenvolvimento Social e, ainda, duas fonoaudiólogas para a Secretaria Municipal de Saúde.
Numa votação apertada, que terminou empatada em 6 a 6, a contratação de operadores de máquina pesada não foi aprovada com voto de desempate contrário do presidente Antônio Devair (PDT).

MEC LIBERA R$ 119 MILHÕES PARA REGULARIZAR PAGAMENTO DO PRONATEC.

O Ministério da Educação (MEC) informou na quinta-feira (19/02) que foram liberados R$ 119 milhões para regularizar o pagamento de mensalidades de 2014 do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) para instituições privadas. Segundo matéria publicada no jornal Folha de S.Paulo, o governo federal deixou de pagar as aulas dadas desde outubro pelas 500 instituições privadas participantes do Pronatec.
A nota do ministério esclarece que a liberação dos repasses este ano está dentro do previsto. “O MEC informa que foram liberados R$ 119 milhões para regularizar o fluxo de pagamento referente às mensalidades de 2014 para instituições privadas”. A liberação dos repasses este ano está dentro do previsto, diz o MEC, lembrando que o pagamento de cada parcela pode ser feito até 45 dias após o vencimento do mês de referência.
De acordo com o Ministério da Educação, as instituições privadas participam da iniciativa Bolsa Formação do Pronatec, na oferta de cursos técnicos subsequentes por meio do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). A pasta informa que as instituições privadas representam cerca de 7% das matrículas totais do Pronatec. Por meio dessa ação, foram feitas cerca de 440 mil matrículas em 2014, além das cerca de 150 mil iniciadas em 2013.
Segundo a nota, o pagamento dos valores é feito em parcelas, a partir do registro de frequência do beneficiário pela instituição, bem como da confirmação pelo próprio aluno, com senha pessoal e intransferível. No ano passado, foram repassados cerca de R$ 640 milhões a instituições privadas.
O Pronatec foi criado em 2011 pelo governo federal, com o objetivo de ampliar a oferta de cursos de educação profissional e tecnológica.

SOBE 22% O NÚMERO DE APREENSÕES DE ADOLESCENTES NO RS.

Nos últimos cinco anos, a apreensão de adolescentes no Rio Grande do Sul aumentou 22%. O número se torna mais alarmante quando comparado com prisões de adultos no mesmo período, que tiveram diminuição de 1,5%. Os dados são da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

De 2010 a 2014, as apreensões de adolescentes avançaram de 25.156 para 30.704, enquanto as detenções realizadas pela Brigada Militar e pela Polícia Civil passaram de 192.497 para 189.897. O resultado do ano passado mostra que houve 84 apreensões de adolescentes por dia no Estado.”Infelizmente, os adolescentes estão praticando mais atos infracionais em decorrência até de um problema social. Cada vez mais, com idade menor, estão ingressando no crime”, ressalta a diretora do Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (Deca), Adriana Regina da Costa, acrescentando que o aperfeiçoamento do trabalho das duas corporações também contribui para a elevação.
Os números, em São Gabriel, refletem a realidade revelada pela SSP. Não existe um índice, mas os policiais civis e militares arriscam afirmar que, a cada dois crimes, um tem envolvimento de menor.
Basta observar as últimas ocorrências de grande vulto. Desde o primeiro dia de janeiro, adolescentes são protagonistas nos principais crimes registradas em São Gabriel. 100% destes casos estão relacionados as chamadas rixas de gangues. Por causa disso, morreram três jovens e foram apreendidos quatro menores de idade e três adultos.

anuncio bromoto janeiro 2015

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.647 outros seguidores