CÂMERAS VÃO AMPLIAR A SEGURANÇA NAS RUAS DE SÃO GABRIEL.

segurança monitorada

De uma reunião com o delegado de polícia, realizada na primeira quinzena de julho na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), a questão envolvendo investimentos em segurança pública ganhou uma nova dimensão entre a classe empresarial de São Gabriel.
Vítimas da ação de bandidos – com ataques a vitrines, furtos e até tentativas de assalto, as empresas da cidade mostraram-se frágeis quando a Polícia Civil necessitou de maiores informações para instalar uma linha de investigação. A necessidade de imagens – que pudessem auxiliar na identificação dos criminosos – foi apresentada pelo delegado de polícia, José Soares Bastos, como uma das prioridades para o Município. O videomonitoramento, segundo ele, é vital para a polícia, assim como também inibe a ação criminosa.
Do debate surgiram propostas. A direção da CDL anunciou, na semana passada, a elaboração de um projeto de implantação de videomonitoramento nas ruas da cidade.
O projeto foi apresentado pelo presidente e vice do CDL João Custódio Moure e Elisandro Ribas, ao prefeito Rossano Gonçalves, do PDT, no seu Gabinete. O encontro ainda teve a presença do presidente do Poder Legislativo, vereador Claudiomiro Borges da Silveira, do PR, da secretária de Indústria e Comércio Juliana Medeiros, do delegado de Polícia Civil José Soares Bastos, e do comandante do 4º Esquadrão da Brigada Militar, capitão Rafael Assis Brasil.
A proposta foi novamente apresentada na última quinta-feira (20/07), desta vez, na Câmara Municipal de Vereadores durante a sessão legislativa.
O projeto de Monitoramento Colaborativo é uma iniciativa do CDL que pretende instalar câmeras de monitoramento por adesão do empresariado, associados do CDL e pessoas da comunidade que queiram aderir à causa, mediante uma taxa mensal de baixo custo, mantendo as câmeras em funcionamento através de um sistema integrado sob gestão da BM e Polícia Civil.
A empresa de videomonitoramento do empresário Márcio Saraiva, associada do CDL, seria a responsável por montar a plataforma e garantir o funcionamento das câmeras, com armazenamento de sete dias de gravação.

Anúncios