POLÍCIA PRENDE MAIS DOIS RECEPTADORES COM OBJETOS FURTADOS DA RELOJOARIA REX.

A prisão de mais dois envolvidos em um ataque a relojoaria Rex, no mês passado, demonstra que a Polícia Civil está disposta a dar respostas imediatas as atividades criminais contra o comércio de São Gabriel. Os policiais que atuam nas investigações prenderam Bruno Montes Holmes, de 22 anos, e Igor Machado de Ortiz, de 19, na manhã desta quarta-feira (05/07), na Vila Maciel e no Bairro São Clemente, respectivamente. Os dois são acusados de receptação e com eles foram localizados três relógios (banhados no ouro). Na casa de uma terceira pessoa foram encontradas uma cuia e uma bomba de chimarrão.
A prisão é resultado das investigações relacionadas ao arrombamento à empresa. Na primeira quinzena de junho (13/06), a Polícia Civil concluiu a primeira parte dos trabalhos com a identificação de Leandro Batista Figueiredo, de 20 anos. Imagens de uma câmera de vigilância ajudaram os policiais a chegarem até um grupo de ladrões e receptadores.

20170705_113436
Os policiais identificaram Leandro como autor dos furtos junto com Leinoldo Barcelos. Os dois aparecem no vídeo. Eles quebraram a vidraça da loja e depois fugiram levando cerca de 50 relógios, cinco cuias e cinco bombas de chimarrão e 20 correntes.
Cumprindo mandado de busca e apreensão, os policiais estiveram em cinco residências nos Bairros São Clemente, São Gregório e Vila Rocha no mês de junho.
No Bairro São Clemente, na residência dos “Samborais”, os policiais encontraram a maioria dos objetos recuperados. No local, foram presos, em flagrante, o elemento Leinoldo, que também é investigado em outros crimes de furto, incluindo de um automóvel, e ainda Paulo Rafael Samborai.
Também foi detido o elemento Carlos Roscoffi. Na casa dela, na Vila Rocha, a Polícia Civil encontrou outra parte dos objetos furtados. Ele é apontado como receptador.
O ataque a relojoaria Rex aconteceu na madrugada de quinta-feira (08/06). Populares ligaram avisando que o vidro da relojoaria estava quebrado. Os policiais constataram que o cadeado estava rompido, com a grade levantada e com o vidro quebrado.

BANDIDOS ABUSADOS
A audácia deles parece não ter mais limites. Na semana passada, dois adolescentes foram apreendidos por equipes da Brigada Militar e Polícia Civil após terem tentado assaltar uma relojoaria no centro da cidade. Os elementos foram detidos logo depois. Um deles foi perseguido por pessoas que passavam próximo ao local e detido antes de chegar em casa, no Bairro São Clemente. O outro foi apreendido em casa, cerca de uma hora depois, já no Bairro Pró-Morar.
De acordo com a vítima (dono da relojoaria), os dois menores (de 13 e 16 anos) estavam armados com facas. O crime aconteceu no começo da tarde. Os dois adolescentes invadiram a Relojoaria Cosmos, localizada na Rua João Manoel, e renderam o proprietário. O dono conta que os criminosos lhe ameaçaram com facas, nas costas e na barriga, mas acabaram se descuidando quando pediram para ele ver o dinheiro. Ele reagiu pedindo socorro. “Acho que se assustaram e por isso saíram correndo”, comenta o proprietário da relojoaria.
Os dois adolescentes foram encaminhados para internação na Fundação de Atendimento Sócio-Educacional (FASE) de Santa Maria.
A Polícia Civil também investiga um assalto ocorrido no final de maio. Dois elementos assaltaram um armazém na zona oeste da cidade. Os dois criminosos (um deles estava armado com um revólver) foram flagrados pelas câmeras de monitoramento quando rendiam uma funcionária e dois clientes. Eles fugiram a pé, levando cerca de R$ 1,5 mil.

Anúncios

  • Veja A Notícia OnLine no FACEBOOK