O VERDE QUE “PREDOMINA” NOS BAIRROS PREOCUPA A POPULAÇÃO DE SÃO GABRIEL.

brandina-1

No Bairro Dr. Dácio, o verde toma conta das calçadas e do calçamento da rua

Sol quente, chuva e sol de novo. Tudo isso pode ser usado como argumento para o crescimento rápido da vegetação, mas dificilmente são justificativas que agradam ou são bem aceitas por pessoas que vivenciam, no dia a dia, os problemas causados pela falta de manutenção de vias e espaços públicos em São Gabriel.
Os moradores do Loteamento da Santa Casa, na zona oeste da cidade, reclamam desta situação desde o ano passado, bem antes do período eleitoral. “Estamos no meio do mato e já fizemos de tudo. Já pedimos para roçarem e limparem as valetas. Estão aparecendo muitas cobras, sapos e mosquitos. Está horrível”, comenta Marcos Zanini Munhoz da Silva, de 33 anos.
Ele lembra bem quando foi a última vez que uma equipe da Prefeitura entrou no bairro. “Eles deram uma patrolada… Foi quando fizeram a passeata dos motoristas, num domingo”, lembrando que o Dia do Motorista é comemorado em 25 de julho.
A situação do Loteamento da Santa Casa não é nenhuma exceção. Casos semelhantes são registrados nos quatro cantos da cidade. Em algumas regiões, os problemas são mais leves. Em outras, as dificuldades são bem críticas.
Na Rua Tobias Marques, no Bairro Três de Outubro, o trânsito de veículos é impedido por enormes crateras. No mesmo local, em outras oportunidades, moradores colocaram bandeiras pretas de protesto.

dacio-1

Secretaria de Educação iniciou limpeza da área externa da Escola Brandina Mello na manhã de hoje

A chuva e o lixo jogado em via pública são os “fantasmas” de que morra no Bairro Centenário. E não é um problema recente. Há muitos anos os moradores reclamam dos alagamentos e do material descartada na sanga que atravessa o bairro.
Por causa disso, a água da chuva fica represada no bueiro (sem vazão) e acaba invadindo os terrenos e atingido as residências. As casas estão construídas ao lado da sanga.
Nos últimos dias, o alagamento também virou dor de cabeça para quem mora no centro de São Gabriel. As chuvas registradas, no final de janeiro e início de fevereiro, inundaram as vias principais e impediram o trânsito de pedestres. Em algumas ruas, a água entrou para dentro de estabelecimentos comerciais.
O grande volume de chuva, em poucos minutos, e o lixo jogado nas ruas (que acaba impedindo o deslocamento das águas por causa de entupimentos nas bocas de lobo) são algumas das justificativas para o caos.

O VERDE PREDOMINANTE
A vegetação abundante é vista em todos os bairros e também no centro da cidade. Mas, em alguns lugares, chama mais atenção. É o caso do Bairro Dr. Dácio, onde todas as vias – mesmo as com calçamento – estão cobertas pelo verde. O Secretário de Serviços Urbanos, Antônio Pedro de Brito Bertazzo, garante que a situação é de conhecimento da Secretaria e que um cronograma de atendimento aos bairros está sendo colocado em execução.
Ele ainda deixou claro que a situação não é recente. “Do jeito que está, fica bem claro que essas ruas não eram limpas há muitos meses”, comentou.

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
Bairro Dr. Dácio está uma das escolas que mais chama atenção. E não é por causa da qualidade no ensino ou por ter alunos “Nota 10”. A comunidade escolar está preocupada com o verde que toma conta da Escola Brandina Mello, faltando menos de um mês para o início do ano letivo. A mesma preocupação é relatada por pais de alunos das Escola Menino Jesus – Caic, no lado oposto da cidade.
O Coordenador de Planejamento Educacional da Secretaria Municipal de Educação (SEME), Leandro Chaves, tranquiliza a comunidade. Ele garante que a SEME iniciará a limpeza das áreas externas das instituições de ensino no dia 20 de fevereiro e que terá concluído os trabalhos, em todas as escolas, até o dia 3 de março. No caso da Brandina Mello, a limpeza iniciou na manhã de hoje.
Segundo Chaves, nestes primeiros 40 dias, a SEME priorizou a preparação das Escolas de Educação Infantil, já que a Administração Municipal resolveu manter as creches em atividade durante o período de férias.
“Mesmo assim, as Escolas também receberam atenção especial. Embora a limpeza da área externa não tenha começado, a limpeza da parte interna vem sendo feita desde o mês de janeiro”, argumentou.

esgoto

Moradores do Loteamento da Santa Casa reclamam do esgoto (e mau cheiro) e dos insetos

O QUE DIZ O SECRETÁRIO DE SERVIÇOS URBANOS?
No primeiro mês de gestão, fizemos a retirada de lixo em mais de 200 pontos da cidade. Segundo relatos de moradores, alguns estavam esquecidos por cerca de seis meses, trabalho este que continuaremos, mantendo o ritmo, conforme a necessidade.
Trabalhamos também na limpeza das praças e espaços públicos, assim como das avenidas e ruas do Centro, além de alguns bairros. A partir da semana que vem passaremos a trabalhar com força total nos bairros, iniciando sempre nos de pior situação.
O serviço de patrolamento atendeu todas as vias que são trajeto do transporte coletivo, além de alguns bairros que foram feitos por completo. Neste serviço, continuaremos atendendo os locais mais necessitados.
No setor da iluminação, fizemos a substituição de 214 lâmpadas, além de outros tantos reatores, fotocélulas e conectores, e seguiremos trabalhando de forma intensa para proporcionar bem-estar e segurança à população.
Sendo assim, nos próximos dias continuaremos ainda trabalhando nos problemas mais críticos do nosso município, dialogando muito com a população e com as diretorias dos bairros. Acreditamos que a maioria entende que, no momento, trabalhamos para resolver problemas que poderiam ter sido estancados no início, e foram tratados com desatenção em anos anteriores. A população também entende que as chuvas constantes, além de atrapalhar o andamento do serviço, acabam causando danos às vias, assim como acelerando o crescimento da vegetação, que em alguns pontos não era roçada pela Prefeitura há bastante tempo.
Nós da SEMUR sabemos que existe muito a ser feito no município, mas também estamos sempre levando ao conhecimento da população o que já está sendo feito. Onde nossas equipes de trabalho já passaram, deixamos um pouco do que queremos fazer na nossa gestão. A comunidade pode ter certeza que, com o passar dos dias, recuperaremos o tempo perdido e devolveremos a dignidade ao nosso município.

Anúncios