FRONTEIRAS DOS EUA SE ABREM PARA A CARNE DE SÃO GABRIEL E REGIÃO.

marfrig

A unidade do Frigorífico Marfrig existente em São Gabriel, na região da Campanha, se tornou o primeiro frigorífico do Rio Grande do Sul a conquistar a habilitação para exportar carne “in natura” para os Estados Unidos. O comunicado da liberação foi feito nesta segunda-feira à superintendência regional do Ministério da Agricultura, e celebrado como uma conquista de todo o setor rural, pelo presidente do Sindicato Rural de São Gabriel e vice-presidente da Farsul, Tarso Teixeira.
O processo de liberação da carne brasileira “in natura” para os Estados Unidos teve início em setembro do ano passado, através de articulação do presidente Michel Temer com o secretário de Comércio dos Estados Unidos, ainda no governo Obama. A planta de São Gabriel conquistou o status de ser a primeira do Estado a exportar para os EUA, por ser a mais moderna do Estado. O mercado americano consome mais os chamados cortes dianteiros, para o preparo do hambúrguer, e é considerado um dos que oferece melhor remuneração. Além disso, abre portas para os mercados do México, Canadá e Japão, que tem preferência por dianteiros e carnes nobres.
Para Tarso Teixeira, esta conquista representa um avanço para o município, e para a produção rural como um todo. “Esta é uma notícia que ajuda a combater um certo pessimismo que existia na pecuária de corte, que muitos consideram estar sendo engolida pelo soja. A abertura deste importante mercado vai melhorar a remuneração do produtor, gerar renda e riqueza na região, impactando positivamente todos os setores da cadeia produtiva, além de gerar mais empregos diretos na indústria, e outros indiretos no campo”, acredita Tarso.

Anúncios

  • OUÇA A RÁDIO CULTURA