BOCA DE LOBO ENTOPE E ÁGUA DA CHUVA INVADE TERRENOS DEIXANDO MORADORES ILHADOS.

15970286_1698627163760584_722094619_n

A Secretaria Municipal de Serviços Urbanos ainda não definiu um cronograma de ações e uma maneira cronológica de atendimento aos bairros de São Gabriel, mas, se continuar chovendo – com intensidade – nos próximos dias, com certeza, a Pasta vai ter que priorizar ações para eliminar problemas crônicos em algumas regiões da cidade.
A Secretaria passa por um processo que atinge todas as pastas municipais e deve concluir – nesta quinta-feira, com a divulgação do diagnóstico estrutural – essa primeira etapa, passando para uma segunda fase na próxima semana.
15978395_1698627280427239_1942457222_nO Secretário Antônio Pedro Bertazzo confirmou que a Secretaria vai definir um cronograma de ações a partir de segunda-feira, estabelecendo prioridades conforme a necessidade de cada bairro. Hoje, o setor trabalha, de forma emergencial, no recolhimento de lixo e entulhos nos bairros e vilas. Parte do material que está sendo recolhido, confirme ele, vem sendo acumulado em via pública desde outubro do ano passado.
Alheios a situação que enfrenta a Prefeitura Municipal, moradores dos bairros prejudicados com os estragos causados pelas chuvas cobram medidas urgentes. Alguns casos, como o da família Seixas, o problema é recorrente, assim como as reclamações.
A estudante do Ensino Médio da Escola José Sampaio Marques Luz, no Bairro Cidade Nova, Francielle Seixas, admite que teve os seus estudos prejudicados por não conseguir sair de casa em dia de chuva.
Ela mora no começo da Rua Francisco Chagas – no acesso a via secundária que passa ao lado da BR-290. Quando chove, a jovem fica ilhada e impossibilitada de sair da residência.
Ela conta que o problema é causado pela falta de manutenção em um bueiro e uma valeta que atravessa o terreno e sai na Rua Danglar dos Santos Melo.
Na última terça-feira (10/01), por causa da intensidade da chuva, a residência dela voltou a ficar ilhada. E para piorar, o mau cheiro do esgoto fica insuportável.
A família constatou que o problema é provocado pelo entupimento de uma boca de lobo na via secundária, na BR-290. Por causa disso, a água não tem vazão e invade os terrenos.

Anúncios

  • Veja A Notícia OnLine no FACEBOOK