CÍRIO QUADROS: “VAMOS BRIGAR PARA SUBIR”.

cirio-treinador

O porto-alegrense Círio Quadros, de 54 anos, terá a missão de comandar o São Gabriel na Divisão de Acesso 2017. Anunciado no início deste mês, após a desistência de Marcelo Caranhato, que acertou com o Cianorte, do Paraná, o novo técnico já trabalha forte na construção do elenco da próxima temporada. O comandante também substituirá Gelson Conte, que permaneceu por dois anos à frente da casamata do Sanga e, no ano que vem, treinará o Guarani-VA.
“Temos 13 jogadores acertados, mas os nomes serão divulgados somente depois de assinados os contratos, no final de janeiro. Vai ser um campeonato difícil e curto, mas vamos brigar para subir”, garante Círio, pregando cautela no anúncio de atletas para não perder jogadores antes do início do trabalho.
Círio retorna ao Rio Grande do Sul após ajudar a colocar o Barra, de Balneário Camboriú (SC), na Divisão de Acesso do Campeonato Catarinense. Ele permaneceu no clube de Santa Catarina por três anos e atuou como treinador de categorias de base e no time principal e exerceu funções ligadas ao departamento de futebol.
“Sempre tive o desejo de aprender como se trabalha fora de campo. Vim a Santa Catarina como responsável pelo futebol. Em dois anos, subimos da terceira para a segunda divisão”, comentou Círio, que segue em Florianópolis, mas volta ao Estado em definitivo nos próximos dias.
Ex-volante, Círio começou a carreira de jogador nas categorias de base do Grêmio, passou por clubes da Arábia Saudita, do Paraná e de Minas Gerais, além de equipes gaúchas como Esportivo e Caxias, ambas da Serra. Encerrou o ciclo dentro dos gramados aos 36 anos, no Ypiranga, de Erechim, quando iniciou o trabalho extracampo.
Antes de acertar com o São Gabriel, Círio conta que recebeu outras duas propostas de times da Divisão de Acesso.
“A do São Gabriel foi a melhor. E o São Gabriel tem uma fama boa de pagar o salário em dia. É um clube pequeno, mas com uma estrutura boa”, elogia Círio, sem mencionar quais foram as outras ofertas.
Em 2013, Círio comandou o Riograndense na Divisão de Acesso em campanha que culminou com a chegada da equipe à disputa da terceira e última vaga ao Gauchão. No entanto, apesar de um belo primeiro turno, deixou o time antes do fim do campeonato por problemas financeiros. “Faltou estrutura. Não tinha pagamento. Atletas queriam fazer greve. Mas, apesar disso, tenho boas recordações da cidade e deixei muitos amigos em Santa Maria”, lembra o treinador.
A pré-temporada do São Gabriel deve começar no final de janeiro ou no início de fevereiro. Na Divisão de Acesso, a equipe estreia em 5 de março, contra o Guarany-Ba, em Bagé.
O outro representante da região na Divisão de Acesso será o Inter-SM. O clube será treinado pelo santa-mariense Vinicius Munhoz, que já foi técnico da seleção feminina de futebol, entre outros clubes do país. Segundo o departamento de futebol alvirrubro, já há um acerto com cerca de 15 atletas para a competição. A pré-temporada do clube de Santa Maria deve começar ainda na primeira quinzena de janeiro. O Inter-SM estreia na Divisão de Acesso em 5 de março contra o Aimoré, em São Leopoldo.

Anúncios

  • Veja A Notícia OnLine no FACEBOOK