AUMENTA PARA QUATRO O NÚMERO DE CASOS ENVOLVENDO VÍTIMAS ESFAQUEADAS EM SÃO GABRIEL.

Enquanto anuncia a manutenção do processo de mobilização em todo o Estado, em são Gabriel, a Polícia Civil vê a quantidade de ocorrências – com violência e lesões graves – aumentar em cima das mesas dos Setor de Investigações. Por isso, a SI parece não aderir a chamada “Operação Padrão”. Com os casos se avolumando, parar as investigações pode significar deixar criminosos violentos livres nas ruas.
Pelo menos quatro casos de violência, nos últimos 10 dias, estão em fase de conclusão. O mais recente aconteceu no final de semana. Um jovem de 22 anos, identificado como José Ari Santiago da Silva, foi encaminhado para cirurgia após ser socorrido por uma equipe do SAMU. Ele foi encontrado por Policiais Militares caido próximo ao 9º RCB, na Avenida Francisco Hermenegildo. Ele tinha vários ferimentos.
A Polícia Civil concluiu o caso envolvendo uma mulher e um homem na Rua Maurício Cardoso. O casal foi flagrado por câmeras de segurança batendo e depois esfaqueando um homem em via pública.
Mais dois casos estão em fase final. O primeiro aconteceu dia 10, na Rua General Mallet. Um jovem foi esfaqueado pelas costas após entrar em luta corporal com o seu agressor. A vítima só ficou sabendo que a lesão tinha sido feito por uma faca quando deu entrada no Hospital de Santa Casa de Caridade. Ele foi para o local dirigindo o próprio carro.
Dois homens foram encaminhados para o Hospital na segunda-feira (12/12). Eles foram atacados por um grupo de adolescentes na Rua Mascarenhas de Moraes, próximo a Praça Camilo Mércio. Uma vítima teve que ser encaminhada para cirurgia. A Polícia Civil ainda não informou o resultado das investigações.
Na região, no final de semana, foram registradas quatro mortes violentas. Entre a tarde da sexta-feira e o domingo, foram três mortes no trânsito e um homicídio. Os casos aconteceram em Santa Maria, Restinga Seca e Cachoeira do Sul.
O caso mais recente foi em Restinga Seca, na manhã deste domingo (18). Um homem de 37 anos morreu em um acidente, que envolveu outro carro, na RS-149. Clélio Araújo de Siqueira morreu no momento da colisão. Conforme a PRF, os dois ocupantes do outro carro foram encaminhados para atendimento médico por moradores, e depois foram liberados. Não foi possível apurar as circunstâncias do acidente.
No sábado, Santa Maria registrou duas mortes: A primeira delas aconteceu durante a manhã, na BR-392, na altura de Passo do Verde. O condutor de um Pálio morreu após bater de frente contra um caminhão. Conforme a Polícia Rodoviária Federal, o carro invadiu a pista contrária. Flávio Bernardes da Rosa, 30 anos, morreu no local.
Ainda no sábado, um jovem de 18 anos foi morto com um tiro no peito em Santa Maria. Peterson Cavalheiro caminhava por uma rua do bairro Nova Santa Marta quando vários tiros foram disparados contra ele. Um atingiu o peito da vítima, que chegou a ser encaminhada para atendimento médico, mas não resistiu aos ferimentos. Cavalheiro teria contado aos policiais quem seria o autor do crime. Este é o homicídio de numero 62 no município em 2016.
Na sexta-feira, uma menina de nove anos morreu atropelada por um caminhão, na localidade de Volta da Charqueada, BR-153, em Cachoeira do Sul. Segundo a Polícia Civil, Priscila Flores Espíndola andava de bicicleta na margem da rodovia, com outras crianças, quando caiu e foi parar embaixo do caminhão.

Anúncios

  • Veja A Notícia OnLine no FACEBOOK