SEGURANÇA REFORÇADA: HOMEM É PRESO COM ARMA DE FOGO DURANTE OPERAÇÃO SONO SEGURO.

sono-seguro

Um homem foi preso com arma de fogo na madrugada de domingo (04/12). O elemento – conhecido por Cabeça, do Bairro Independência – foi preso e encaminhado para a Delegacia de Polícia. Ele estava próximo a Praça Carlos Pereira, na zona central de São Gabriel, local onde a Brigada Militar destaca como ponto de encontro de várias grupos e onde os policiais registram, diariamente, conflitos entre facções rivais. A ação marcou mais uma etapa da Operação Sono Seguro da Brigada Militar.
sono-seguro-2“A sensação de impunidade é imensa”, destacou um dos policiais, ao revelar que as prisões são reincidentes e as apreensões, envolvendo os mesmo grupos de jovens e adolescentes, acontecem seguidamente, de uma final de semana para o outro. “Os envolvidos são sempre os mesmos. Prendemos, apreendemos ou encaminhados para a Delegacia de Polícia… não adianta, na semana seguinte estão todos de novo em uma nova ocorrência”, argumentou o policial.
A Operação Sono Seguro, realizada pela PATAMO da Brigada Militar, aconteceu entre a noite de sábado (03/12) e a madrugada de domingo (04/12). Foram realizadas diversas abordagens a pessoas nas proximidades de casas noturnas, com a apreensão de armas brancas, maconha e um revólver municiado (com quatro munições intactas).

A Operação Sono Seguro é um exemplo de sucesso de uma ação que poderia ser comparada a Operação Avante, que teve a sua terceira etapa lançada em agosto deste ano pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Rio Grande do Sul como plano estratégico de segurança do governo estadual. A Secretaria usa o dobro do efetivo no combate à criminalidade. A Avante, no entanto, tem como foco a Capital. Já a Sono Seguro, foi idealizada pelo 4º Esquadrão e atende a área central e pontos críticos da zona periférica da cidade.
Aqui, em São Gabriel, mesmo sem o aporte de efetivo necessário e sem os mesmos equipamentos disponibilizados para a região metropolitana, o resultado das ações tem obtido reflexo positivo, muito embora os trabalhos resultem, quase sempre, em números idênticos (o que é ruim, porque parece que os criminosos se sente imunes). Nos finais de semana, são várias apreensões de armas ou objetos usados como armas.

1 Comentário

  1. Já esta na hora do Poder Legislativo e o Executivo dar um respaldo para a Polícia Militar de São Gabriel fazendo uma pressão no Judiciário afim de que ” pessoas presas” permaneçam presas, senão ,a nossa Brigada Militar vai estar secando gelo, e nossa comunidade a mercê dos mesmos delinquentes sempre.Bora lá, vamos levantar a bunda das cadeiras e fazer algo para a comunidade.


Sorry, the comment form is closed at this time.

Comments RSS