PREVISÃO É DE POUCA CHUVA NESTA SEMANA.

Boletim semanal do Instituto Climatempo, produzido especialmente para o Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), informa que o retorno das chuvas nesse último final de semana possibilitou, mesmo que parcialmente, a elevação dos níveis de umidade do solo e consequentemente retornando as boas condições ao desenvolvimento das lavouras. Porém, as regiões que mais receberam chuvas nesses últimos dias foram as da Depressão Central e da Fronteira Oeste. As demais regiões produtoras do Rio Grande do Sul registraram baixos volumes e até mesmo total ausência.
Para essa semana as previsões meteorológicas continuam indicando pouquíssimas chuvas, já que não há previsão de que frentes frias consigam avançar sobre as regiões produtoras e provocar chuvas. O tempo permanece aberto e com temperaturas amenas ao longo de toda a semana. Apesar de tais condições climáticas, o desenvolvimento das lavouras de arroz não será afetado, já que os reservatórios mantêm boa capacidade hídrica, com plenas condições ao uso da irrigação.
Mas a falta de chuvas generalizadas, associadas a ventos frios que sobram do sul, já começa a trazer apreensão aos produtores de todas as regiões, em especial da Campanha, Zona Sul e do Litoral. Chuvas mais generalizadas só devem ser observadas no final deste mês. Confira diariamente a previsão do tempo no site do Irga.
Após ter começado a segunda-feira (05/12) com marcas amenas, o Rio Grande do Sul terá predomínio de sol e elevação de temperaturas ao longo da semana. Novamente, a Fronteira Oeste deve registrar as maiores máximas do Estado. Os termômetros marcarão 32ºC na tarde desta terça-feira em Uruguaiana e em São Gabriel. Na Capital e Região Metropolitana, a expectativa é de até 27ºC.
Para a quarta-feira (06/12), há afastamento de uma massa de ar frio e a tendência é um aquecimento maior para Porto Alegre. Com isso, as máximas devem passar dos 30ºC. Em São Gabriel, a máxima será de 31ºC.

Anúncios

  • OUÇA A RÁDIO CULTURA