FLAGRANTE: MENINA DE 14 ANOS ESCONDE ARMA APÓS DISPAROS EM VIA PÚBLICA.

Material apreendido durante ação policial. Um revólver estava com uma menina de 14 anos. Ela escondeu a arma após o autor de disparos em via pública jogar fora

Material apreendido durante ação policial. Um revólver (calibre 22) estava com uma menina de 14 anos. Ela escondeu a arma após o autor de disparos em via pública jogar fora

Uma menina de 14 anos foi apreendida e encaminhada para a Delegacia de Polícia após ser localizada, com ela, uma arma de fogo calibre 22. A adolescente tentou esconder o revólver assim que avistou equipes da Brigada Militar em frente a uma casa noturna no centro de São Gabriel. De acordo com os policiais, a arma pertence a uma segunda pessoa, que para evitar o flagrante, a jogou fora.
Minutos antes, equipes da Brigada Militar desarticularam grupos de jovens que estavam no meio da Praça Camilo Mércio. O local, nos últimos meses, tem sido um dos principais pontos de ocorrências envolvendo abusos, violência, agressões e consumo e tráfico de drogas. Em todos os casos, a presença de adolescentes é predominante.
Uma pessoa informou que um jovem – junto com um grupo de ciclistas – teria feito vários disparos de arma de fogo no interior da Praça. O grupo foi identificado, mas a arma não foi encontrada.
“Quando estávamos deixando o local, uma testemunha disse ter vista a menina esconder algo na cintura. Quando abordamos a menina, notamos que ela estava com a arma. Ela inicialmente apontou uma pessoa como proprietária do revólver, mas depois, na Delegacia de Polícia, acabou denunciando outra pessoa… todos estavam neste grupo”, informou um dos brigadianos.
Conforme a Brigada Militar, todos os envolvidos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia e identificados. Os jovens apontados pela menina de 14 anos negaram envolvimento. A Polícia Civil investiga a procedência da arma.

Abordagens feitas durante a operação

Abordagens feitas durante a operação

OPERAÇÃO SONO SEGURO
Durante a noite de sábado e a madrugada de domingo, os policiais militares ainda realizaram mais uma etapa da Operação Sono Seguro. Foram feitos diversos desarmamentos de arma branca, um simulacro e ainda mais uma prisão por porte ilegal de arma de fogo, além de diversas abordagens a pessoas em locais suspeitos.

Anúncios

  • OUÇA A RÁDIO CULTURA