ROSSANO ANUNCIA EXTINÇÃO DE SECRETARIAS E REVELA OS NOMES DOS NOVOS SECRETÁRIOS.

secretarios

Serão 12 Secretarias. Serão 12 nomes a partir de janeiro do próximo ano. O número do PDT – que correu as ruas de São Gabriel durante a campanha eleitoral deste ano e acompanha o prefeito eleito, Rossano Dotto Gonçalves, nos últimos governos – parece ser bem mais que uma questão partidária. É simbolismo puro, que na prática, representa a redução de quatro Secretarias Municipais e a implantação de um sistema de corte nas despesas públicas.
Serão extintas, a partir da janeiro, as Secretarias de Gestão e Relações Comunitárias e de Compras, Licitações, Materiais e Serviços. Esta última passará a integrar a Secretaria da Fazenda como Central de Compras. Para administrar toda a parte financeira da Prefeitura, o prefeito eleito anunciou o ex-vereador e ex-secretário Geral de Governo, da gestão passada de Rossano, o administrador Artur Goularte.
Os cortes nas despesas também aparecem na junção das Secretarias de Agricultura com Viação e Transportes, que, a partir de 2017 passam a funcionar juntas e com nomenclatura nova: Secretaria de Desenvolvimento Rural.
Para comandar a nova pasta foi anunciado o médico veterinário Carlos Cléber Dias Leal. O anúncio do nome dele foi uma das surpresas da manhã com manifestações positivas, pois, a Secretaria – até a noite de quarta-feira – era uma das poucas cujo o comando ainda era uma incógnita.
A redução no número de Secretarias também levou o prefeito eleito a fundir as pastas de Turismo e Trabalho, Indústria e Comércio. Quem vai comandar a nova Secretaria – que será chamada de Indústria, Comércio e Turismo – será a empresária Juliana Medeiros.
A economia segue com a vice-prefeita Karen Lannes acumulando as funções  de vice e secretária de Assistência Social.
“Eu estava comentando com a minha vice que precisava de alguém preparado para assumir a Secretaria de Assistência Social. Alguém envolvido com a causa social… Ela me olhou e disse: deixa comigo. E além disso, vamos economizar mais um pouco, disse ela”, lembrou Rossano.
Foram anunciados para o comando das Secretarias de Planejamento, o empresário Ricardo Barbosa Júnior; de Administração, o advogado Valdemir de Andrade Jobim; e Serviços Urbanos, Antônio Pedro de Brito Bertazzo; Chefia de Gabinete, Rafael Barros Gonçalves; e Procuradoria Jurídica, Clóbis Licurgo Saccol dos Santos.
O coordenador de campanha da Coligação São Gabriel tem jeito!, o médico radiologista Ricardo Lannes Coirolo, foi anunciado para o comando da Secretaria Municipal da Saúde.
De acordo com o prefeito eleito, a proposta da nova administração é investir pesado num projeto inovador para a saúde pública, com uma formatação embasada na opinião de vários profissionais da área.
“Vamos promover uma saúde que não seja apenas para tirar a dor, e sim para curar a doença”, admitiu Rossano, ao informar que as primeiras ações de governo nesta área já foram executadas, mesmo antes de assumir a Prefeitura, com visitas ao Ministério da Saúde, ao vice-governador José Paulo Cairoli e a Secretaria Estadual da Saúde.
O vereador  reeleito Sildo Cabreira foi anunciado como titular da Secretaria Municipal da Educação. O diálogo permanente e atenção especial com o servidor serão algumas das metas desta que é uma das principais pastas de governo.
Outro vereador reeleito, Marcos Vieira, foi anunciado para a Secretaria Municipal de Obras. Ele, que já teve experiência a frente da Secretaria de Serviços Urbanos na gestão anterior de Rossano, terá como missão colocar em prática propostas de recuperação das ruas e avenidas da cidade.
“Vamos desenvolver ações emergenciais. Saúde, educação, estradas e vias urbanas serão prioridade. Tem um buraco que já se perpetua na Antônio Trilha e já deu cria a centenas de outros buracos na cidade.
Está chegando janeiro e os turistas (argentinos), que movimentam a nossa economia, não podem mais serem recepcionados desta maneira… Já foram mal recepcionados nestes quatro anos, onde a nossa cidade ficou num completo abandono”, finalizou.

Frases ditas pelo prefeito eleito
GERAÇÃO DE EMPREGO – “Sem desburocratizar a Prefeitura, ninguém investe”

PLANO DIRETOR – “Precisa ser revisado, alterado…”

MUTIRÃO – “Vamos atender em forma de mutirão para solucionar os problemas”

COMEÇO DE GOVERNO – “Vamos começar em janeiro com uma equipe de 20 ou 30 pessoas nomeadas. Precisamos primeiro saber da realidade financeira, para depois irmos, gradativamente, preenchendo as necessidades”

CAMPANHAS EDUCATIVAS – “Precisamos do apoio da imprensa e da participação da comunidade para implantarmos campanhas educativas e de conscientização… Por exemplo, o recolhimento do lixo. Em nenhuma cidade ou país, o lixo é recolhido no domingo. Então porque vamos colocar o lixo na frente de casa aos domingos? Precisamos trabalhar junto para encontrarmos soluções.

Anúncios

  • Veja A Notícia OnLine no FACEBOOK