MOTORISTA MORRE ELETROCUTADO QUANDO LEVAVA ALUNOS PARA ESCOLA DE DILERMANDO.

fotor_147739958129199

O motorista de um ônibus escolar que levava seis alunos, com idades entre 11 e 15 anos, e uma monitora à Escola Municipal  Valentim Bastianello, morreu eletrocutado na manhã desta terça-feira, na localidade de São José da Porteirinha, em Dilermando de Aguiar, próximo de Santa Maria. As informações são do Diário de Santa Maria.
Conforme informações do Corpo de Bombeiros de Santa Maria, por volta das 7h30min, a empresa Mazzardo, proprietária do veículo, informou sobre o fato. Conforme os bombeiros, Glenio Tadeu Sarturi, 44 anos, sofreu uma descarga elétrica ao descer do veículo e pisar na estrada de chão, que estava energizada.
À equipe do Diário, a monitora Eliane Rossini Mazzardo contou que o veículo transportava os alunos, todos de Dilermando de Aguiar, até o colégio. Pouco antes das 7h, o ônibus saiu da BR-158 e entrou na estrada de chão que dá acesso à escola _ distante 15 quilômetros da rodovia federal.
“Vimos postes de energia inclinados, com a fiação baixa. O motorista achou que dava para passar por baixo e fomos. Quando passamos, um fio encostou no teto do ônibus, e ocorreu uma luz forte no painel. O motorista parou o carro e gritou para sairmos. Ele foi o primeiro a descer. Quando pisou no chão, que estava alagado, levou o choque”, contou a monitora, ainda abalada com a situação.
Os alunos e a monitora recuaram e ficaram dentro de veículo à espera de ajuda. A empresa foi acionada e avisou os bombeiros. Conforme os bombeiros, o motorista sofreu uma descarga elétrica fatal.
A empresa enviou outro ônibus ao local. Só depois de a equipe da AES Sul cortou a energia dos postes é que foi possível retirar os alunos e levá-los em segurança.
Neste momento, a estrada está interditada pela Polícia Civil para que seja feita a perícia no local. Não há outro caminho para chegar na escola que não seja por essa estrada.

🔺 Aulas suspensas

A Secretaria Municipal de Educação de Dilermando de Aguiar informou que as aulas foram suspensas por uma semana em luto pela morte de Glenio.

🔺 A vítima

Sarturi trabalhou quase toda a vida como motorista de ônibus interestadual e intermunicipal. Há poucos meses, em função dos cuidados com o pais, que mora em Santa Maria, começou no transporte dos alunos.
Ainda não há informações sobre horário de velório.

Anúncios

  • Veja A Notícia OnLine no FACEBOOK