INTERIOR: AULAS VOLTAM AO NORMAL NAS ESCOLAS DE SÃO GABRIEL.

14799848_1202057163173830_1202142002_o

As fortes chuvas que atingem o Rio Grande do Sul causam problemas em oito municípios da Região. São pelo menos 200 famílias fora de casa em cinco deles. Em três, mais de dois mil alunos estão sem aulas.
A chuva em Santa Maria já atingiu a marca dos 234 milímetros desde o último sábado (15/10), até a manhã de quarta. A média prevista para todo o mês de outubro no município era de 140 milímetros.
Em São Gabriel, para garantir a segurança dos estudantes na zona rural, a Secretaria Municipal de Educação (SEME) cancelou as aulas em todas as instituições de ensino do campo na segunda-feira passada. Por causa das chuvas foram registrados alagamentos em algumas vias e pontilhões. A situação voltou a normalidade na manhã de hoje.
O mesmo aconteceu em Formigueiro e Toropi. Nos três municípios, quase 2,5 mil alunos estavam sem aulas. Só em Formigueiro são 1,5 mil. No município, o cancelamento foi adotado como medida de segurança. Em Toropi, o motivo foi a forte chuva. O cancelamento foi apenas para quarta, na quinta-feira a situação foi reavaliada.
Em Cachoeira do Sul. O nível do Arroio Piquiri e do Rio Jacuí subiram, e as pessoas precisaram deixar as suas casas. Hoje à tarde, a defesa civil deve retirar mais 20 famílias que moram no Bairro Cristo Rei, que fica às margens do Jacuí. O Rio está mais de 3 metros acima do nível normal.
Em São Pedro do Sul, 60 pessoas estão sendo retiradas de casa nessa manhã. Os rios Ibicuí e Toropi estão acima do nível normal. São moradores do Passo do Julião e Passo São Lucas. Todas as famílias estão desalojadas, e permanecem na casa de amigos e parentes. Em Jaguari, o rio que corta o município está oito metros acima do normal. Nessa manhã, 12 famílias que vivem nos Bairros Rivera e Coração de Jesus precisaram ser retiradas de casa. O ginásio de esportes foi preparado caso haja necessidade de abrigo para os atingidos.
Em Santa Maria, cerca de 20 famílias da localidade de Três Barras, no interior, que estão isoladas porque o pilar de sustentação de uma ponte foi destruído com a chuva e não há como passar. No final da manhã desta quarta, o Corpo de Bombeiros retirou outras 50 famílias da Vila Ecologia, no Bairro Parque Pinheiro Machado, e outras 20 pessoas do Campestre do Menino Deus. O motivo, nos dois casos, foi o alagamento por conta da chuva.
Também há muita água na pista na RS-287 o que fez com que a empresa que faz a linha Restinga Seca-Santa Maria suspendesse o serviço. Moradores do distrito de Arroio do Só também ficaram ilhados em Santa Maria. A RS-287 está alagada, e com isso, isolou famílias da localidade de Vista Alegre. As linhas que saíam de Santa Maria com destino à Dilermando de Aguiar e Catuçaba foram canceladas. A previsão é que na quinta-feira a situação seja normalizada.
Em Restinga Seca, 12 pessoas foram retiradas de casa por conta das cheias dos Rios Jacuí, Vacacaí e Vacacaí-Mirim. Até sexta-feira (21), a Prefeitura deve decretar situação de emergência.

Anúncios

  • Veja A Notícia OnLine no FACEBOOK