EX-DEPUTADO EDUARDO CUNHA É PRESO PELA POLÍCIA FEDERAL EM BRASÍLIA.

eduardo-cunha

O deputado federal cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi preso hoje (19) pela Polícia Federal. A ordem de prisão foi expedida pelo juiz Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância da Justiça Federal do Paraná. De acordo com a PF, a prisão preventiva ocorreu em Brasília, no começo desta tarde. Por volta das 15h, Cunha embarcou em avião da Polícia Federal com destino a Curitiba – a previsão de chegada na capital paranaense é entre 17h e 18h. A casa do ex-parlamentar, no Rio de Janeiro, também foi alvo de operação de busca e apreensão.
O pedido de prisão atendeu a pedido do Ministério Público Federal (MPF). Os procuradores argumentam que, em liberdade, Cunha representa risco às investigações. Além disso, o pedido cita “possibilidade concreta de fuga” do ex-deputado – que possui dupla nacionalidade.
Cunha perdeu o mandato de deputado federal em setembro deste ano, após cassação no plenário da Câmara. Com isso, ficou sem o foro privilegiado e responde aos processos contra ele na Justiça comum.
Na terça-feira, a Justiça Federal confirmou que Moro marcou para dia 16 de novembro o interrogatório de Cláudia Cruz, mulher do ex-deputado. Cláudia será interrogada na ação penal em que responde pelos crimes de lavagem de dinheiro e evasão de divisas. Ela é acusada de ser beneficiária das contas atribuídas ao deputado na Suíça.

Anúncios

  • Veja A Notícia OnLine no FACEBOOK