JOVENS DEPREDAM RESIDÊNCIA E AGRIDEM PROPRIETÁRIO NO BAIRRO ÉLBIO VARGAS. O HOMEM É ACUSADO EM CASO DE PEDOFILIA.

Dois jovens foram presos por uma Guarnição da Brigada Militar no final da madrugada desta quarta-feira (14/09), no Bairro Élbio Vargas, zona sul de São Gabriel. Eles são acusados de agressões e depredação de propriedade particular. Junto com eles, os policiais apreenderam um adolescente de 16 anos. A Polícia ainda tentar identificar outras sete pessoas que estariam envolvidas no crime.
O caso aconteceu na Rua São Pedro, por volta de 4 horas da madrugada, tendo como alvo a residência de homem de 55 anos, acusado de envolvimento em um crime de abuso sexual. A vítima seria um menor de idade.
O grupo que atacou a residência estaria revoltado com a situação. Na Delegacia de Polícia, os presos chegaram a ameaçar de morte o homem. “Pedófilo não se cria na vila e só sai morto”, se referindo a ocorrência de abuso.
O grupo teria arrancado parte da madeira da cerca de proteção da casa e arrombado a porta de acesso a residência. O dono estava dormindo. Quando acordou, tentou reagir, mas acabou ferido com pedradas e madeiras. As mesmas pedras atingiram a casa.
O homem – identificado como sendo Marcelino Ferreira – foi encaminhado para o Hospital de Santa Casa de Caridade. Depois, na Delegacia de Polícia, ele acabou reconhecido os três envolvidos. Dois foram encaminhados para o Presídio Estadual. O menor aguardava determinação do Ministério Público.

CASA DESTRUÍDA
Quando os policiais chegaram na residência, só estava a vítima. Enquanto a Brigada Militar encaminhava o dono da casa para o Hospital de Santa Casa de Caridade, o grupo retornou até o local e destruiu parte da moradia, inutilizando todos os móveis e eletrodomésticos.
A Brigada Militar retornou ao local quando os três elementos (que acabaram detidos) estavam saindo. Outras sete pessoas já haviam saído e ainda não foram identificadas.

Anúncios