CAVALGADA DA CHAMA CHEGA A SEDE DO MUNICÍPIO NO PRÓXIMO DOMINGO.

cavalgada 01

A Coordenadoria Tradicionalista Municipal (CTM) iniciou na tarde de quinta-feira (25/08), na localidade de Cerrito – Catuçaba, a 31ª edição da Cavalgada da Chama. O evento foi marcado por homenagens durante o acendimento da chama, na Cabanha Jerivá, da família Mozzaquatro, onde, há 20 anos, foi acessa o símbolo da tradição em São Gabriel. A patronagem da entidade entregou para o produtor rural, Jairo Mozzaquatro, uma fotografia tirada quando o cerimônia aconteceu pela primeira vez na propriedade. Na foto aparece o patriarca dos Mozzaquatro, o senhor Sadi Mozzaquatro, já falecido, junto com o tradicionalista Adalberto Cavalheiro, um dos homenageados da Semana Farroupilha. Cavalheiro faleceu em julho deste ano.
O casal capataz da CTM, Ieda e Adair Lopes, foram os escolhidos pela entidade para efetivar as homenagens com a entrega da foto histórica e por falar em nome dos tradicionalistas. “O tradicionalismo é importante para as nossas famílias”, disse Ieda Lopes, lembrando que participou do acendimento, em 1996, e naquele ano, o filho dela, Eduardo Lopes, com apenas 6 anos, também estava presente. “Hoje, ele está aqui novamente. Agora com a esposa e mais dois filhos”, comentou.
O produtor rural Sérgio Zago ressaltou o pioneirismo da família Mozzaquatro em homenagem aos descendentes, de origem italiana, que foram os que com dedicação e trabalho conseguiram tornar a região de Catuçaba – Pavão, local de terras alagadas, a mais produtiva de São Gabriel e atualmente a que mais arrecada ICMS para o Município.
O acendimento do candieiro farroupilha teve ainda a presença do Patrono da Semana Farroupilha, o advogado Francisco de Paula Marques (Chicão); de Jairo Mozzaquatro, proprietário da Cabanha Jerivá; e da matriarca da Família Mozzaquatro, Marlei Mozzaquatro.
O secretário de Turismo, João Carlos Bisogno, representou o Poder Executivo na solenidade. Ele destacou a importância do tradicionalismo e do trabalho desenvolvido pela entidades tradicionalistas de São Gabriel na manutenção da cultura gaúcha. Ele finalizou pedindo proteção divina para todos os participantes da 31ª Cavalgada da Chama.
A Cavalgada – que leva o nome de Adalberto Cavalheiro e Antônio Darci (o ginete Castelhano Antônio) – deverá chegar na cidade no próximo domingo.
Já na sede do Município, a Chama será levada para o 4º Esquadrão da Brigada Militar, de onde sairá no dia 13 de setembro para se unir a Chama da Tradição Sepé Tiaraju, que chagará a São Gabriel trazida de Triunfo por cavalarianos do Grupo Tradicionalista de Cavalgadas Sepé Tiaraju. A fusão será feita durante ato oficial e abertura da Semana Farroupilha, no Parque Tradicionalista Rincão das Carretas.

Anúncios