RAPAZ É ACUSADO DE TENTAR MATAR A MÃE.

fogoA Brigada Militar prendeu na madrugada de quinta-feira (11/09), na Avenida Francisco Hermenegildo, o elemento Iuri Martins Cardozo. Segundo a BM, uma informação anônima revelou que no local uma pessoa estava sendo agredida pelo filho. Ao chegar na residência, os policiais encontraram Iuri ateando fogo no colchão e roupas de cama. A mãe dele relatou que o filho estava tentando. O acusado já havia fugido do local. A vítima sofreu lesões nas mãos, braços e rosto. Iuri recebeu voz de prisão, retornando ao Presídio Estadual de São Gabriel após apenas um dia de liberdade. Segundo a polícia, ele tem já vários antecedentes.

ACUSADO DE TRÁFICO É PRESO NO VIVENDA.

boi capa

Terminou com a prisão de  um traficante uma campana organizada pela Polícia Civil na tarde desta sexta-feira no Bairro Vivenda. Foi detido em flagrante o elemento conhecido por Evandro Nunes Alves, de 29 anos, apelido Boi. Segundo as investigações, o rapaz tem atuando na venda de entorpecentes, em sua grande maioria, maconha.
Os policiais flagraram dois homens em uma moto saindo da residência de Evandro. Ao serem abordados, os jovens admitiram que usam drogas e que haviam comprado maconha com Evandro. Um deles informou que já havia adquirido a droga com o acusado pela terceira vez.
Na casa do traficante, os policiais encontraram um pequeno tijolinho de maconha. Evandro estava com a namorada, que tentou confundir a investigação alegando que a droga lhe pertencia. Trata-se de uma mulher de 20 anos que trabalha como prostituta.  Os dois foram encaminhados para a Delegacia de Polícia. As investigações confirmam que o responsável pela boca de fumo é Evandro. De acordo com o delegado de polícia Jader Ribeiro Duarte, o elemento foi encaminhado para o Presídio Estadual de São Gabriel e responderá pelo crime de tráfico.

PM QUE MATOU SEM TERRA SERÁ JULGADO PELO TRIBUNAL DO JÚRI.

elton brum
Em agosto deste ano completaram-se cinco anos do assassinato do Sem Terra Elton Brum, morto durante uma reintegração de posse realizada pela Brigada Militar na Estância do Céu. Hoje, no local funciona o assentamento Conquista do Caiboaté. O soldado Alexandre Curto dos Santos confessou, durante inquérito policial, que era o autor do disparo que matou Silva. O comando, durante as investigações, informou que o PM teria descumprido ordens e usado munição letal. Durante o confronto, 14 pessoas ficaram feridas em agosto de 2009.
De acordo com a juíza Juliana Capiotti, da Vara Criminal de São Gabriel, o PM será julgado pelo Tribunal do Júri. Ele responde em liberdade por homicídio qualificado relativo à morte do sem terra. Ainda não foi divulgada a data do Júri e se a defesa do réu recorreu da decisão judicial. Na época, o réu atuava como soldado do Pelotão de Operações Especiais do 6º Regimento de Polícia Montada da Brigada Militar (6º RPMon da BM) de Bagé e estava trabalhando na desocupação da Estância do Céu, quando houve confronto entre PMs e agricultores sem terra.
Nestes quatro anos, os movimentos sociais questionaram a demoram no processo. Para o advogado Maurício Romam, “a agilidade que o Poder Judiciário mostrou para defender o direito de propriedade – mesmo descumprindo sua função social -, é geometricamente desproporcional ao julgamento do caso.”
Na época (um ano após o crime), de acordo com o advogado, todas as testemunhas já haviam sido ouvidas, mas o processo continuava engatinhando. “Falta apenas uma averiguação pedida pelo Ministério Público à Brigada Militar. Após isso, o Juiz irá analisar as provas e pronunciará o acusado”, disse.
O caso era para ser considerado homicídio doloso (quando há intenção de matar), uma vez que a vítima morreu sem chance de defesa, o que determina uma pena de reclusão de 12 a 30 anos.
Em 2010, no entanto, o juiz Pedro Eckert aceitou a acusação, mas a considerou homicídio simples, diminuindo a pena para 6 a 20 anos. Na época, o Ministério Público recorreu, o que provocou atrasos no processo.
Caso polêmico, a morte de Elton Brum chamou a atenção dos movimentos sociais. No ano passado, grupos lembraram a morte do sem terra em Porto Alegre e São Gabriel. Na Capital aconteceram apresentações teatrais. A intervenção teatral girou em torno do assassinato de Élton e de pedidos de Justiça.
Em São Gabriel, o MST realizou manifestações na tarde de quarta-feira (21/08), em protesto aos quatro anos da morte do sem terra. Os agricultores de vários assentamentos (a maioria do Assentamento Madre Terra) se mobilizaram em frente ao prédio do Ministério Público Estadual, na zona sul da cidade. O movimento permaneceu no local até falar com o Promotor de Justiça Fernando Andrade Neves, depois partiu em caminhada até a sede do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA).  Os agricultores ocuparam a sede do Instituto em protesto.

CTG QUE VAI SEDIAR CASAMENTO GAY É INCENDIADO EM SANTANA DO LIVRAMENTO.

ctg 1
Rescaldo do incêndio foi feito até por volta das 2h30min - Foto: Carlos Macedo/Agência RBS

Rescaldo do incêndio foi feito até por volta das 2h30min – Foto: Carlos Macedo/Agência RBS

O Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Sentinelas do Planalto foi atingido por um incêndio na madrugada desta quinta-feira (11/09) em Santana do Livramento. O fogo atingiu o palco do espaço, exatamente o local que vai receber um casamento gay e de outros 28 casais heterossexuais no sábado.
Uma moradora conta ter visto quatro homens — um negro de chapéu e outros três brancos — em um Gol branco em um bar próximo do CTG, cerca de 400 metros da agremiação. Os homens teriam esperado o patrão do CTG, Gilbert Gisler, o Xepa, sair do local. Após a saída do patrão, que mora ao lado do CTG, os homens teriam ido até o local com garrafas pet contendo uma mistura que acredita-se ser coquetel molotov. Eles saíram do bar rindo e em seguida começou o fogo.
Um outro morador também viu o fogo. Ele conta ter visto um carro parado com os faróis acesos no alto do morro um pouco acima do CTG. Os faróis teriam se apagado e, em seguida, iniciado o fogo, visto primeiramente na altura do telhado.
Os homens teriam atirado as garrafas por trás do CTG. O incêndio atingiu o palco do espaço, o que reforça as suspeitas de que o fogo foi provocado. Aparentemente, o incêndio não danificou a estrutura do galpão. Segundo Loner Baron, que fez a instalação elétrica no CTG, os danos foram leves.
Pouco depois das 2h, o patrão do CTG entrou no local e encontrou a bandeira da agremiação intacta. Ela foi colocada em cima de uma roda de carreta na frente do galpão. A bandeira tem a figura de uma ferradura e um quero-quero, que é o chamado Sentinela do Planalto.
O patrão não quis dar entrevista, mas pediu, abalado e consolando pessoas chocadas com o incêndio, ajuda para reconstruir o CTG. Pessoas que trabalharam na decoração, limpeza e com os enfeites no CTG eram as mais abaladas com o incêndio.
Até por volta das 2h30min, os bombeiros fizeram o rescaldo do incêndio, ainda com fumaça saindo do CTG. Além dos bombeiros, equipes da Polícia Civil, perícia e do 2º Regimento de Polícia Montada da Brigada Militar estiveram no local.FONTE: ZERO HORA

PATAMO PRENDE HOMEM COM MACONHA.

didi
Uma equipe da PATAMO prendeu na manhã de terça-feira (09/10), próximo ao trevo de acesso a cidade, o elemento Diozefer de Lima Silva, de 27 anos, conhecido pelo apelido de Didi. De acordo com os policiais, o homem foi flagrado com três tijolinhos de maconha. Denúncia anônima revelou que Didi estava comercializando a droga junto ao estacionamento do Posto Batovi.
Didi não tentou fugir. Os policiais localizaram a droga escondida em um dos bolsos da bermuda. Também foi apreendida uma pequena quantidade de dinheiro e um aparelho de telefone celular.
A prisão só confirmou o que vinha sendo investigado pela polícia. O local é ponto conhecido de venda de drogas e de fácil acesso para crianças, adolescentes e jovens. Didi foi encaminhado para o Presídio Estadual de São Gabriel.

JOVEM É FLAGRADO TENTANDO “AGREDIR” COM FACÃO DURANTE DESFILE ESTUDANTIL.

FACÃO 1

FACAO 2

A Brigada Militar deteve Diego próximo ao HSBC

A Brigada Militar deteve Diego próximo ao HSBC

Acusado foi encaminhado para a DP e depois liberado

Acusado foi encaminhado para a DP e depois liberado

A Brigada Militar deteve no final da tarde deste domingo (07/09), na Rua General Mallet, o elemento Diego Alamir Cabreira Taborda, de 18 anos,  acusado de lesão corporal.  Ele e um menor de 14 anos se envolveram em uma briga, com uso de facão, próximo a sede da loja Grazziotin durante o desfile estudantil.  Diego foi flagrado com um facão tentando acertar José Nero Correa Farias, de 30 anos. As razões não foram divulgadas. Após registrada a ocorrência na Delegacia de Polícia, ele foi liberado.
A ação rápida da Brigada Militar impediu que a violência se espalhasse. Diego teria se desentendido com José Nero e teria tentado acertar o “adversário” com uma lata de cerveja. De acordo com o relatos, o objeto atingiu um bebê de seis meses que estava no colo da mãe.
O tumulto aumentou e Diego puxou um facão. As imagens do Blog A Notícia mostram o agressor tentando acertar a vítima com a arma branca. A multidão se assusta e a ação de Diego acaba chamando a atenção da Brigada Militar. Ele tentou escapar, mas acabou sendo detido antes de chegar a Rua Duque de Caxias.
O bebê foi socorrido por equipes da Secretaria Municipal da Saúde. José Nero dispensou o atendimento.

PATAMO PRENDE FORAGIDO QUE ASSALTOU FARMÁCIA NESTE SÁBADO.

prisão pezinho

roubo pezinho

preso pezinho 1Um homem de 51 anos foi detido no final da tarde deste sábado (06/09) no centro de São Gabriel. De acordo com os policiais militares da PATAMO, o elemento Paulo Inocêncio dos Santos Correa, conhecido pelo apelido de Pezinho, é acusado de assaltar uma farmácia e fugir do local levando alguns “trocados”. Além disso, Paulo Inocêncio estava na condição de foragido da Justiça. A direção do Presídio Estadual confirmou que o detento deixou a casa prisional na quinta-feira (04/09) para realizar serviço externo e não retornou. O caso realça a polêmica que gira em torno da liberação de prisioneiros para trabalhos fora do penitenciária.
Paulo Inocêncio invadiu a Farmácia Farmapam, na Rua João Manoel, e obrigou a funcionária a entregar parte do dinheiro. O bandido ameaçou a mulher com uma faca e fugiu do local levando pouco mais que R$ 40,00. Na fuga jogou fora a faca (de cozinha).
Ele foi detido por policiais da PATAMO cerca de duas quadras depois, próximo ao Ginásio Plácido de Castro. “Ao avistar a viatura, ele tentou escapar. Mas conseguimos detê-lo rapidamente. O dinheiro do roubo estava no bolso”, comentou o policial.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.616 outros seguidores