SESSÃO LEGISLATIVA INACABADA “TERMINA” COM REGISTROS POLICIAIS.

Marcos MEC (c) é apontado em ocorrência policial. Ele chamou a colega de Legislativo, vereadora Sandra Xarão, de leviana

Marcos MEC (c) é apontado em ocorrência policial. Ele chamou a colega de Legislativo, vereadora Sandra Xarão, de leviana

Alegando que uma pessoa da plateia teria desrespeitado o Poder Legislativo, o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Marcos Vieira (Marcos MEC), do PSDB, solicitou que o homem fosse retirado por Policiais Militares durante a reabertura da sessão legislativa na manhã desta sexta-feira (31/10). Segundo o vereador, o jovem teria se envolvido nas discussões registradas na noite anterior, quando, por causa da interferência do público, a reunião foi cancelada.
A sessão iniciou, mas, mesmo com o público tranquilo, não foi possível ser concluída. Marcos MEC discutiu com os colegas de Legislativo e chegou a chamar a vereadora Sandra Xarão de leviana, pois estaria se fazendo de vítima, segundo ele.
Marcos se referia aos comentários da parlamentar, que alegou que o presidente estava privilegiando os vereadores de oposição concedendo a palavra a eles e passando por cima de questões de ordem previstas no Regimento Interno.
O vereador do PT, André Lemes, acusou a Oposição de votar contra todos os projetos que beneficiam a população – se referindo diretamente aos relacionados a área de saúde. Indignado, ele chegou a bater na mesa com força.
O presidente da Casa cancelou a sessão e solicitou a presença da Brigada Militar. Na noite anterior, os brigadianos já haviam sido chamados para garantir a segurança dos vereadores, que deixaram a Casa Legislativa ao som de vaias. O público, em frente à sede do Poder, gritava “sem vergonha, sem vergonha”.
Toda essa polêmica repercutiu na Delegacia de Polícia da cidade. Na noite de terça-feira (30/10), o vereador Antônio Devair Moreira (Beka), do PDT, registrou ocorrência policial contra um integrante da plateia (o mesmo que foi retirado pela BM no dia seguinte).
Na manhã de sexta-feira (31/10), foi a vez da vereadora Sandra Xarão, do PT, procurar a Polícia Civil. A parlamentar alegou que o presidente da Casa não estaria dando a ela o direito de falar e ainda citou a manifestação dele ao chamá-la de leviana.

MAINARDI PROPÕE PROJETO QUE PROÍBE REVISTA ÍNTIMA EM PRESÍDIOS DO RIO GRANDE DO SUL.

A revista íntima nos visitantes poderá ser proibida nos presídios do Rio Grande do Sul. Projeto de Lei propondo o fim das chamadas “revistas vexatórias” foi protocolado pelo deputado estadual Luiz Fernando Mainardi (PT), nesta semana, na Assembleia Legislativa.
O deputado justifica a proposta, encaminhada às comissões técnicas, afirmando que as “revistas submetem os visitantes a todo tipo de humilhação e violação da sua própria dignidade, impondo uma dupla penalização aqueles que vão visitar os detentos”.
Conforme Mainardi, nenhuma arma e apenas 10% das drogas e 4% dos aparelhos celulares encontrados no interior dos estabelecimentos penais são apreendidos com visitantes. “Há outros instrumentos mais avançados para proceder as revistas, os quais não agridem aos direitos humanos.
“A tecnologia nos oferece scanner corporal, aparelho de raio X e detectores de metais, capazes de identificar armas, explosivos, drogas e outros objetos que tem acesso proibido nas casas prisionais”, argumentou o deputado petista.

PATAMO APREENDE RAPAZ ENVOLVIDO EM TENTATIVA DE HOMICÍDIO.

patamo prende foragido

Uma equipe da PATAMO apreendeu um jovem de 18 anos acusado de fugir do hospital psiquiátrico da cidade de Rio Grande. O rapaz havia sido encaminhado, em dezembro do ano passado, para o Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE), de Santa Maria, após a confirmação de sua participação em uma tentativa de homicídio. De acordo com a PATAMO, ele foi localizado transitando em via pública, no Bairro Cidade Nova, em frente a um bar.
Apesar de maior de idade, o nome do acusado é mantido em sigilo, assim como sua imagem, pois ele responde por um crime cometido quando ainda era adolescente, afirma o delegado de polícia, Jader Ribeiro Duarte.
Ainda segundo o delegado, ele permanecerá na Delegacia até a manhã desta sexta-feira e depois será encaminhado por uma equipe da Polícia Civil para Santa Maria.
O rapaz é o terceiro elemento envolvido em uma briga generalizada registrada no final da madrugada de dia 02 de dezem de 2013. Ele foi identificado, na época, como autor dos golpes de facão que atingiram um jovem de 22 anos no rosto. Um grupo de cerca de 10 pessoas também foi envolvido, mas somente três revelados por testemunhas.
A vítima, identificada como sendo Christian Romário Martins, estava numa festa em uma boate próximo ao local do crime. Ela ficou internada no Hospital de Santa Casa em estado grave. Além do pedido de internação do menor, a Polícia Civil enquadrou Lucas Dailor dos Santos Medina e Dieizon Luis Proensa Mendes, ambos com 18 anos, por lesão corporal grave. Os dois foram detidos pela PATAMO ainda na madrugada do crime, mas foram liberados logo após. Dieizon chegou a ser apontado, inicialmente, pela namorada da vítima como autor dos golpes de facão.
Antes do crime, o adolescente – então com 17 anos – já havia protagonizado ocorrências envolvendo agressões e roubos pelas ruas da cidade. Um mês antes, ele e mais três menores assaltaram, durante a madrugada, um idoso, de 66 anos. Parte do grupo foi detida minutos depois, na Vila Mariana, com uma carteira, dinheiro e documentos. O adolescente só foi preso no dia seguinte.
Antes disso, ele também se envolveu em crime semelhante. De acordo com a Polícia Civil, a maneira de atuar era sempre a mesma, com muita violência. O idoso apanhou antes de ser roubado. Enquanto um, com um facão, manteve o homem imóvel, outro retirou a carteira e o dinheiro da vítima. Um terceiro teria ainda desferidos socos em Gonçalves.
Um dia após atentar contra a vida de Chistian, o adolescente, acompanhado de outros três menores em uma boate, bebeu e depois promoveu uma “quebradeira” no interior do estabelecimento. Quando viu que a polícia seria chamada, ele tentou fugir. Uma equipe da Brigada Militar conseguiu apreender todos.

SESSÃO LEGISLATIVA É INTERROMPIDA E PRESIDÊNCIA CHAMA A BRIGADA MILITAR. PROJETOS PARA A SAÚDE FICARAM FORAM DE DISCUSSÃO.

Por causa da polêmica, Brigada Militar foi chamada

Por causa da polêmica, Brigada Militar foi chamada

Público chamou vereadores de oposição de "sem vergonha"

Público chamou vereadores de oposição de “sem vergonha”

Vereadores da Base de Oposição deixaram a Câmara Municipal, na noite desta quinta-feira, ao som de vaias do público presente na primeira sessão legislativa após o pleito eleitoral.  Esta sessão também marcou o retorno das reuniões legislativas no período da noite. “Sem vergonha… Sem vergonha…” gritavam representantes da comunidade e integrantes do Governo Municipal que defendiam o retorno do Plano Plurianual (PPA) para discussão no Legislativo.
A polêmica surgiu após o pedido feito pelo vereador Antônio Devair Moreira (Beka), do PDT, de supressão do Pequeno e Grande Expedientes. O parlamentar do PT – André Lemes – questionou o pedido alegando que havia necessidade de colocar em discussão alguns projetos voltados para a Saúde. Ele foi contestado pelo presidente do Legislativo, vereador Marcos Vieira (Mec), do PSDB, que disse que ele deveria se colocar em seu lugar. De imediato a vereadora líder do PT, Sandra Xarão, questionou, alegando que o parlamentar tucano “não poderia tratar um colega desta forma”. Ela não conseguiu falar.
Quando tentou se manifestar, teve o microfone desligado. O público, que estava na plateia, vaiou e, por causa disso, o vereador presidente cancelou a sessão.
A polêmica continuou fora da Câmara Municipal de Vereadores. A presidência do Legislativo solicitou a presença da Brigada Militar e parlamentares de oposição só deixaram a Casa Legislativa com a presença dos policiais em frente a sede do Poder.
Por causa das discussões e acusações, o vereador Antônio Devair Moreira (Beka), do PDT, registro ocorrência policial na Delegacia de Polícia da cidade.

ENTENDA O CASO
O Plano Plurianual (PPA) foi votado no final da primeira quinzena da outubro e reprovado no Legislativo Municipal. A vereadora Sandra Xarão alega que projetos  para a Saúde, de vital importância para comunidade, só poderia retornar para aprovação da Câmara Municipal em 2015. “Mas a lei permite que matéria rejeitada possa voltar a votação se o propositor obter a maioria simples dos vereadores. Era isso que o vereador André Lemes queria. Precisávamos das assinaturas para colocar em votação os projetos”, explicou.
Entre os propostas defendidas e reprovadas pela Oposição estão:
– A manutenção do Programa Mais Médicos; – A construção de uma UBS na Vila Maria; – A implantação de uma unidade móvel – com médico – no interior do Município; – A contratação de profissionais para 16 equipes do Programa Estratégia Saúde da Família (ESF); – Programa Saúde na Escola;
– Programa Melhor em Casa. No total são 10 proposições.
A Secretaria Municipal da Saúde destaca, entre as propostas, o Programa Melhor em Casa. Trata-se de um programa criado pelo Governo Federal que tem como objetivo ampliar o atendimento domiciliar do Sistema Único de Saúde (SUS).
Com o slogan “A segurança do hospital no conforto do seu lar”, o programa Melhor em Casa tem como proposta formar equipes multiprofissionais de atenção domiciliar “EMAD”, constituídas por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas. Outros profissionais poderão ser agregados às equipes multiprofissionais de apoio “ EMAP”, a saber: (assistente social, fonoaudióloga, nutricionista, odontólogo, psicólogo, farmacêutico e terapeuta ocupacional).
O objetivo é levar o atendimento médico às casas de pessoas com necessidade de reabilitação motora, idosos, pacientes crônicos sem agravamento ou em situação pós-cirúrgica.
A sessão legislativa será retomada nesta sexta-feira (31/10), às 11 horas. A expectativa é de que os projetos entre em discussão.

SUSEPE DÁ POSSE E INICIA CURSO DE FORMAÇÃO AOS NOVOS AGENTES.

A Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) realizou nesta quarta-feira (29) o ato de posse dos novos agentes penitenciários, aprovados no concurso realizado em 2014. Foram empossados 602 novos servidores, que atuarão em diversas unidades prisionais, principalmente na Região Metropolitana. O evento aconteceu nas dependências da Secretaria Estadual de Educação.
Após a posse, os novos agentes participaram da aula inaugural do XXXI Curso de Formação Profissional de Agente Penitenciário, que aconteceu no Auditório Mondercil Paulo de Moraes, no Ministério Público. Os novos servidores realizarão o curso de formação de 30 de novembro a 2 de dezembro, na Academia Civil Integrada de Segurança Pública (Acisp), na Avenida Antonio de Carvalho, 555, no Bairro Jardim Carvalho, em Porto Alegre.
Irineu Koch, diretor do Departamento de Segurança e Execução Penal da Susepe, explica que após o término do curso, no início de dezembro, os novos agentes atuarão em diversas casas prisionais. Koch enfatiza que vão trabalhar, principalmente, nos novos presídios construídos recentemente, como a Penitenciária Estadual de Venâncio Aires, a Penitenciária Estadual Canoas I e o Complexo Prisional de Canoas. Está previsto, ainda, o chamamento no final do ano de mais 798 aprovados no concurso, para iniciar o processo de nomeação, posse e curso de formação.

MULTAS DE TRÂNSITO FICARÃO ATÉ 900% MAIS CARAS A PARTIR DE SÁBADO.

A partir de sábado, motoristas que provocarem situações de risco no trânsito estarão sujeitos a pagar mais caro pelas infrações. Em alguns casos, muito mais caro: o aumento no valor das multas, determinado a partir da sanção presidencial de uma lei que altera 11 artigos do Código Brasileiro de Trânsito, pode chegar a 900%.
Os artigos se referem, principalmente, a ultrapassagens em estradas e a disputas de rachas. As mudanças, conforme o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), podem resultar em mais segurança para motoristas e pedestres, além de preservar a infraestrutura urbana.
Quem for flagrado ultrapassando pelo acostamento, por exemplo, em vez de receber multa de R$ 127,69, como prevê a lei atual, vai passar a pagar R$ 957,70 – valor mais de sete vezes maior.
“O bolso é a parte mais sensível do ser humano, por isso há esperança de que a nova lei reduza o número de ocorrências”, afirma Rafael Roco de Araújo, doutor em Engenharia com ênfase em Sistemas de Transportes e professor da PUCRS.
Envolvidos em rachas ou corridas não autorizadas também estarão sujeitos a penas mais duras. Atualmente, esses motoristas são condenados a, no máximo, dois anos de reclusão. Com a nova lei, o tempo pode aumentar para seis anos, caso haja lesão corporal, ou para 10, quando resultar em morte.
O projeto foi elaborado em 2007 pelo deputado federal Beto Albuquerque (PSB-RS) e sancionado em maio pela presidente Dilma Rousseff. A mortes por acidentes de trânsito no Brasil aumentaram 41,7% em 10 anos, segundo o Mapa da Violência 2013, divulgado pelo Centro Brasileiro de Estudos Latino-americanos (Cebela).
Ainda que o Rio Grande do Sul tenha caído de 18º para 21º no ranking, houve aumento de 16,9%. “As multas estão defasadas há muito tempo. Exalto a maior severidade principalmente em relação às ultrapassagens, que podem acabar em choques frontais. Levando em conta a velocidade com que esses veículos transitam, quase sempre há mortos ou, pelo menos, feridos”, diz João Fortini Albano, professor de Engenharia de Produção e Transportes da UFRGS.
COM INFORMAÇÕES DO DIARIO DE SANTA MARIA

VEÍCULOS INVADEM A CALÇADA APÓS COLISÃO.

acidente 1

acidente 2

acidente 3

acidente 4

acidente 5

Mais um acidente no centro de São Gabriel. Um Pálio, placas de Belo Horizonte, dirigido por um santamariense, invadiu a preferencial quando trafegava em direção centro – bairro pela Rua Coronel Soares. De acordo com a Brigada Militar, a ação causou a colisão com um automóvel Gol, placas de São Gabriel, que percorria a Rua General Mallet. Com a violência da batida, os dois veículos invadiram a calçada e pararam próximos a porta da uma casa lotérica. Muitas pessoas estavam no local no momento do acidente. Chovia no momento da colisão. Uma equipe do SAMU socorreu as vítimas. O motorista do Gol, um homem idoso, foi encaminhado para o Hospital de Santa Casa de Caridade. Ele ficou em observação. O condutor do Pálio não sofreu lesões. (Fotos Cláudio Castro – Especial)

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.621 outros seguidores