COLUNA DE OPINIÃO

RETALIAÇÃO OU NÃO?

Os funcionários da CORSAN estão acusando a Prefeitura Municipal de retaliação por causa dos protestos que o SINDIÁGUA tem realizado em São Gabriel. Eles foram comunicados oficialmente, na semana passada, que não tem mais horário para a prática de esportes no Ginásio Plácido de Castro. A CORSAN tinha horário fixo há quase 20 anos!

O coordenador de esportes da Secretaria de Turismo, André Petrarca, descarta a possibilidade de retaliação. Mas a decisão tem sim a ver com a postura da CORSAN. Ele garantiu que a situação pode ser resolvida com diálogo.

Em anos passados, um caminhão (contratado) recolhia dejetos dos banheiros químicos na Praça Fernando Abbott – depois de comemorações com a Semana de São Gabriel – e descartava esse material na estação de tratamento de esgoto da CORSAN. Este ano, parece que a Estatal proibiu a Prefeitura de fazer isso. Resultado: a Prefeitura teve que mandar o material para Novo Hamburgo. Por causa de toda essa “M”, os funcionários da CORSAN vão ter que jogar futebol no vídeo game.

NADA DEMOCRÁTICO, SECRETÁRIO ESVAZIA PRIVADA NA PRAÇA.

O secretário de Serviços Urbanos não aguentou a pressão e, ele mesmo, esvaziou a privada na Praça Fernando Abbott. O balão inflável, em forma de privada, foi colocado em frente à Câmara Municipal de Vereadores durante o Fórum Social Comunitário, no último sábado. No vaso sanitário havia a mensagem: “Estão jogando a nossa água pela privada”. O curioso é que foi o próprio secretário que havia autorizado à colocação do material. Que fique bem claro. Mesmo sendo secretário, ele não tem autoridade para chegar dando uma de ditador. Existem leis e o protesto, pacífico, obedecia todas elas. Faltou democracia, mais uma vez, para o governo.

E OS BAIRROS?

Enquanto a Prefeitura Municipal faz a “propaganda” de suas novas placas indicativas pela cidade, esquece que o problema maior está nos bairros e vilas. Hoje, nem mesmo o gabrielense consegue se localizar em algumas regiões da periferia. Tem bairros que somente na sorte é possível descobrir os nomes das ruas.

ASFALTO PARA ACESSO A URCAMP!

Os vereadores estão mobilizados, e já conseguiram, melhorar as condições de acesso a Universidade Federal do Pampa. Bem que os senhores vereadores poderiam, também, dar um pouco mais de atenção a comunidade acadêmica da Urcamp. Os estudantes estão reclamando das condições de acesso a universidade. E realmente. A rua de chão, além de esburacada, é tomada pelo pó. Ninguém aguenta mais!

COLUNA DE OPINIÃO

Uma OFÉLIA na Câmara.

Vocês conhecem a Ofélia, aquela da Zorra Total, que só abre a boca quando tem certeza. Pois bem. Dizem que tem uma versão masculina dela no Legislativo Municipal. O vereador Beka vem sendo chamado de Ofélia porque fala as coisas sem pensar. As vezes, sem maldade, ele acaba tomando uma rasteira.

Ontem, quando todos discutiam a questão do funcionário com desvio de função (aquele mencionado na Coluna Radar, neste jornal), o vereador saiu com uma resposta que nem o mais otimista vereador da oposição esperava. “O que vocês querem? No governo passado tinham quase 100 em desvio. No nosso, só temos 10”, disse ele.

Ora, então são 10.

Pois bem. Foi o suficiente para a bancada de oposição vir por diante, afinal de contas, até então, eram um cargo apenas. Agora os vereadores de oposição querem a relação dos demais funcionários.

Continuar lendo

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.612 outros seguidores