SEME ORGANIZA EVENTOS DE ENCERRAMENTO DO ANO LETIVO NO INTERIOR DE SÃO GABRIEL.

Confraternização Escolas do Campo
Mais de 550 alunos e 69 professores participam de uma série de atividades que marca o encerramento do ano letivo nas Escolas do Campo no interior de São Gabriel. O programa da Secretaria Municipal de Educação (SEME) começou a ser desenvolvido na última quarta-feira (10/12) e continua durante a semana. Formaturas e festas farão parte das atividades em seis escolas rurais.
Na última quarta-feira (10/12), o prefeito Roque Montagner participou do encerramento das atividades, em 2014, na Escola João Giuliani, na localidade de Formosa. Durante o ano, a comunidade escolar – composta basicamente por funcionários da empresa Formosa Agropecuária – integrou o propostas de melhoramento na estrutura da instituição, participando de mutirões de limpeza e pintura. Integrando o Projeto Amigos da Escola, pais e alunos também estão montando a biblioteca do educandário. Hoje, a escola beneficia 22 alunos – de 7 a 12 anos.
Na quinta-feira (11/12), as ações aconteceram na Escola Catão Peres, na região de Batovi, mobilizando 26 alunos e ainda pais e autoridades. Nas duas instituições foram organizados almoços e realizadas brincadeiras com as crianças.
Na sexta-feira e sábado (12 e 13), a SEME participou de formaturas nas Escolas Baltazar Teixeira da Silveira e Ernesto José Annoni.
Durante a semana serão realizados eventos nas Escolas Maria Manoela, no Azevedo Sodré, e Mascarenhas de Moraes, no Catuçaba.

PROJETO AMBIENTAL, DESENVOLVIDO PELO MUNICÍPIO E UNIPAMPA, SERÁ DESENVOLVIDO EM TODAS AS ESCOLAS DO CAMPO.

??????????

Após um ano em execução na Escola Pólo Enesto José Annoni, no interior de São Gabriel, o projeto piloto “Implementação de Tecnologias Voltadas ao desenvolvimento Educacional, Socioambiental e de Bem Estar”, desenvolvido pela Universidade federal do Pampa (Unipampa), vai ser estendido para as demais instituições de ensino do campo no próximo ano. A informação é da secretária municipal de Educação, professora  Nilvanês Jobim. A confirmação da proposição aconteceu durante reunião da direção da Secretaria Municipal de Educação (SEME) com o professor da Unipampa, André Carlos Cruz Copetti, na manhã de terça-feira (09/12), no Gabinete da SEME, no Edifício Sepé Tiarajú.
De acordo com o professor, para extensão do projeto, o Município vai receber cerca de R$ 97 mil, beneficiando mais de 1.600 alunos e familiares com propostas voltadas a cuidados com o meio ambiente e desenvolvimento de técnicas, como o destino correto do lixo e de materiais recicláveis oriundos das escolas municipais do campo e das comunidades que as rodeiam. O objetivo é dar início a uma mudança cultural gradativa para a conscientização quanto aos cuidados com o meio ambiente.
No resumo da proposta, o professor destaca a preocupação da situação higiênico-sanitária das comunidades escolares, apontando a capacitação de agricultores familiares, alunos e comunidade com uma das soluções para o problema.
Segundo ele, as atividades visam proporcionar aos alunos o desenvolvimento intelectual e uma formação mais ampla através de metodologias tradicionais e alternativas (ou inovadoras), abordando temas relevantes de educação ambiental e das tecnologias implantadas.
“Na Escola Annoni tínhamos problemas com metais na água”, explicou a secretária Nilvanês.
Em um ano, foi implantado sistema de captação de água da chuva e técnicas para melhorar a qualidade da água. Os resultados obtidos com o projeto piloto animaram os coordenadores.
A partir de 2015, nas cinco Escolas do Campo receberão conjunto de ações que irão variar de acordo com a realidade que cada instituição: melhoria na qualidade da água, tratamento de esgoto, arborização, pomar, horta (processo de compostagem), captação de água da chuva e implantação de abelhas sem ferrão para produção de mel.
Durante a implantação do projeto nas escolas, a secretária de Educação destaca a importância do trabalho de conscientização ambiental. “Porque destas ações, os alunos e a comunidade vão obter muitos benefícios”, explica.
“É importante que o aluno entenda o processo e tenha consciência da importância dos cuidados com o meio em que vivemos e que os reflexos destes cuidados nas gerações futuras”, argumentou.
A partir do próximo ano, o projeto ganha o reforço de monitores do Programa Mais Educação, que ficaram responsáveis por repassar as informações para os alunos.

ESCOLA CARLOTA VIEIRA DA CUNHA É A GRANDE VENCEDORA DO 4º TROFÉU SÃO GABRIEL DE ATLETISMO.

Atletismo
A Escola Municipal Carlota Vieira da Cunha ficou em primeiro lugar em três das seis categorias inseridas na 4ª edição do Troféu São Gabriel de Atletismo. As competições – envolvendo Corrida 50m, 75m, 100m, 200m, 400m e 4x100m, salto em altura, salto em distância, arremesso de peso, lançamento de pelota e corrida rústica – aconteceram nos dias 4 e 5 de dezembro na pista atlética do 9º Regimento de Cavalaria Blindado (9º RCB). O educandário foi campeão nas categorias Dente de Leite, com equipes masculinas e femininas; Pré-Mirim, somente masculino; e Mirim, também com equipe masculina. A Escola Rodrigues Alves, de Santa Margarida, conquistou dois títulos.
A competição reuniu 22 instituições de ensino de São Gabriel, Santa Margarida do Sul e Vila Nova do Sul. De acordo com a comissão organizadora, mais de 400 estudantes participaram as disputas.

PELO ESTADO > SECRETÁRIO DESTACA DESENVOLVIMENTO DA PESQUISA NA REDE PÚBLICA ESTADUAL.

Em formação realizada na manhã desta segunda-feira (08/12) no Colégio Estadual Protásio Alves, em Porto Alegre, orientadores de estudos do Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio (PNEM) compartilharam projetos de pesquisa de alunos de escolas da 1ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) – Porto Alegre. O secretário estadual da Educação, Jose Clovis de Azevedo, acompanhou a atividade e falou aos participantes. O titular da Secretaria de Educação do RS (Seduc) destacou que a rede estadual tem desenvolvido inúmeros trabalhos de pesquisa qualificados, o que demonstra o interesse dos estudantes e comprometimento dos professores orientadores com o novo Ensino Médio estadual.
“Antes da reestruturação curricular, os trabalhos de pesquisa eram feitos visando à participação em feiras e mostras de ciências, como as MEPs e a Fecitep. Agora, a pesquisa faz parte do currículo e contribui para a melhoria do processo de aprendizagem”, frisou o secretário.
Azevedo também destacou que a rede estadual está realizando uma mudança de paradigma no Ensino Médio, a partir dos elementos da reforma curricular, com uma nova concepção do que é conhecimento. “Esse novo paradigma considera que conhecimento não se transmite, ele se constrói. A transmissão que acontece é de informações, o que possibilita aos sujeitos construírem o seu conhecimento”, explicou o professor que responde pela Seduc.
O secretário agradeceu ao empenho dos professores no trabalho que vem sendo realizado na rede estadual e enfatizou conquistas concretas dos últimos quatro anos na Seduc, como o investimento de R$ 100 milhões em formação continuada; a reforma de 1.495 escolas, com recursos da ordem de R$ 400 milhões, a entrega de mais de 100 mil computadores, tablets e netbooks para professores e alunos. Além disso, Azevedo declarou que o próximo governo terá R$ 460 milhões para a continuidade do processo de recuperação física das escolas. “Esse dinheiro não é do Tesouro do Estado, por isso, poderá ser utilizado para a qualificação das nossas escolas”, finalizou Azevedo.

GINÁSIO TRANSFERE APRESENTAÇÕES PARA TERÇA.

Deodoro
>>> FESTIVIDADES MARCAM ENCERRAMENTO DE ANO LETIVO NAS ESCOLAS BRANDINA MELLO E MARECHAL DEODORO.

Uma série de atividades marca o encerramento do ano letivo nas escolas de Rede Pública Municipal de São Gabriel. A programação – envolvendo eventos alusivos ao Natal – começou a ser desenvolvida na última sexta-feira (05/12) em duas escolas municipais e segue durante a semana nas demais instituições de ensino da cidade. A direção do Ginásio São Gabriel, por causa das condições do tempo, transferiu as festividades marcadas para a noite de hoje. O evento deverá acontecer nesta terça-feira.
Na sexta-feira, no Bairro Dr. Dácio, na zona sul da cidade, a direção da Escola Brandina Mello recebeu mais de 300 convidados – entre autoridades e membros da comunidade – para a 1ª edição do Projeto de Dança “O Mundo da Imaginação”, desenvolvido pela professora Tanise Ávila. As apresentações aconteceram na área externa, ao lado da Escola, na antiga Associação de Moradores, hoje utilizada pela instituição para aplicação de oficinas do Programa Mais Educação. De acordo com a direção, 79 alunos participaram de 12 coreografias produzidas com base em contos infantis. A secretária de Educação, professora Nilvanês Jobim, representou o prefeito Roque Montagner no evento. “Foi muito gratificante. As crianças demonstraram muito talento. A direção está de parabéns”, comentou a secretária.
Na zona leste, no centro de São Gabriel, um dos pontos turísticos da cidade virou palco para a 2ª edição do Natal Luz da Escola Municipal Marechal Deodoro. Carregando cadeiras, pais e alunos lotaram a Praça Palmira Vieira, onde está localizada a estátua do Anjo Gabriel, para assistir as apresentações artísticas protagonizadas por estudantes e convidados. Destaque para a apresentação de Patrícia Pozzatti, acompanhada da filha Yasmin, que cantou musicas natalinas.
A festividade iniciou às 21 horas e contou com a presença do Prefeito Roque Montagner, acompanhado da Primeira-Dama Maria Izabel Ferreira Montagner. Também estiveram presentes o Secretário de Serviços Urbanos Valtemar Ribeiro e Vereador Luis André Lemes. O local do evento foi decorado por alunos, professores e membros da comunidade com material reciclável.

MAIS EDUCAÇÃO: COM 17 INSTITUIÇÕES ESTE ANO, SÃO GABRIEL PASSARÁ A CONTAR COM MAIS DUAS ESCOLAS NO PROGRAMA EM 2015.

Alunos da Escola Ferraz Neto participam de oficinas

Alunos da Escola Ferraz Neto participam de oficinas

“Meu filho gosta muito de participar das oficinas. Para nossa família foi muito bom ter implantado o programa na escola, pois fico sabendo que ele está sendo assistido por pessoas responsáveis e competentes”. O comentário é da dona de casa Débora, mãe de um aluno da Escola Municipal Homero Prates, se referindo aos resultados obtidos com a inclusão do filho ao Programa Mais Educação.
Este ano, a Secretaria Municipal de Educação de São Gabriel – SEME/SG desenvolveu o programa em 17 instituições de ensino do Município. Em 2015, o número de escolas beneficiadas passará para 19. Na prática, hoje, estão sendo beneficiadas mais de 1200 crianças com atividades em turno inverso ao das aulas. De acordo com a coordenadora do Programa Mais Educação da SEME/SG, Patrícia Biscaglia Pozzati, este número poderia ser ainda maior, assim como foi no primeiro semestre, quando foram cadastrados 2.300 alunos. “Chegamos a ter esta quantidade de alunos participando das oficinas, mas, por causa do frio ou por outras razões, no decorrer do ano, alguns foram desistindo. Esta é uma das nossas metas para o próximo ano, conscientizar o estudante da importância das atividades e mantê-los ativos no Programa”, explicou.
O debate sobre o Programa e propostas de melhoramento no sistema de atendimento foram algumas das metas de oficinas e grupos de trabalhos instituídos durante o ano. Em novembro, um encontro na Escola Municipal Evaristo Casado, no Bairro São Clemente, reuniu 34 profissionais ligados ao Programa Mais Educação. “Focamos quatro eixos: gestão do programa, proposta pedagógica, formação continuada e elementos fundamentais para operacionalização. O ano foi importante. Avançamos muito na questão da educação integral, informação continuada e na capacitação de monitores. Por fim, reafirmamos e firmamos propostas para 2015”, complementou.
A gestão do Programa, em São Gabriel, é elogiada por pais, alunos e professores. “Dentro da sala de aula notou-se que o aluno melhorou muito. A maioria das avaliações aponta que o estudante tem melhorado o desempenho nos estudos”, argumento Patrícia.
No interior do Município, em 2015, São Gabriel vai ter 100% das escolas polo inseridas ao Programa Mais Educação. Atualmente, somente as instituições Baltazar Teixeira da Silveira e Mascarenhas de Moraes ainda não estão participando.
O incentivo ao estudo e o melhoramento no processo de aprendizado são alguns dos destaques do Programa. Em escolas do campo, por exemplo, a proposta é desenvolvida de acordo o foco de cada comunidade. Nestas instituições, as direções buscam oficinas que trabalham técnicas de agroecologia e horta escolar, fortalecendo o elo do jovem com o campo e combatendo o êxodo rural.
Na cidade, são realizadas oficinas de esporte, música, pintura, educação ambiental e educação dos Direitos Humanos e, ainda, acompanhamento pedagógica, esta última uma exigência.
O encerramento das atividades está marcado para o final desta quinzena na maioria das instituições. Na Escola Ginásio São Gabriel, uma das últimas a ingressar em 2014, o Programa será encerrado oficialmente no sábado (13/12), às 16 horas. Mas a escola realizada de segunda (08/12) a sexta (12/12) uma série de eventos na área interna do educandário.

SÃO GABRIEL RECEBE MAIS UM ÔNIBUS PARA O TRANSPORTE ESCOLAR.

São Gabriel recebeu, na última sexta-feira (05/12), mais um ônibus para o transportes escolar. Mais quatro municípios também foram beneficiados: Itacurubí, Maçambará, Manoel Viana e Santana do Livramento. A entrega foi feita pelo secretário de Estado da Educação, Jose Clovis de Azevedo, e o governador Tarso Genro no Anfiteatro Pôr-do-sol, em Porto Alegre.
O governador Tarso Genro, enfatizou a importância do transporte escolar, alem de destacar as obras realizadas nas escolas e Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). “Realizamos mais de duas mil obras escolares, saímos do décimo primeiro para o segundo lugar no Ideb. Hoje estamos entregando 112 ônibus escolares. Os avanços que tivemos até aqui se devem ao nosso trabalho e esforço conjunto, governos federal, estadual e municípios”.
Um total de 340 ônibus escolares foi entregue aos municípios com a finalidade de qualificar a frota do transporte escolar gaúcho entre os anos de 2013 e 2014. Os critérios empregados para a distribuição foram o tamanho da área municipal e o número de alunos transportados. O investimento na frota de ônibus escolares totaliza R$ 80 milhões, sendo que somente em 2014, foram destinados à aquisição dos veículos R$ 33 milhões. Com esta ação, o número de alunos beneficiados chega a 107 mil.
“Trabalhamos intensamente junto ao governo federal e com o apoio dos municípios na qualificação do transporte escolar. Conseguimos promover no RS um avanço nesta área que é igualmente importante para a qualidade do ensino, a segurança dos estudantes e, inclusive, para proporcionar a acessibilidade”, afirmou o secretário Azevedo.
Acompanharam a cerimônia a secretária-adjunta da Educação, Maria Eulália, titulares das coordenadorias de educação (CREs) e representantes do legislativo e executivo dos municípios.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.634 outros seguidores