SÁBADO PARA ACOMPANHAR MAIS UMA EDIÇÃO DO EVENTO “VENHA VER A BANDA PASSAR”.

Banda Kenedy 1
Com o objetivo de integrar as bandas escolares e incentivar a cultura através da música, a Secretaria Municipal de Educação (SEME) realiza no próximo sábado (29/11), a partir das 15 horas, a 17ª edição da Retreta “Venha ver a banda passar”. De acordo com a SEME, 16 representações participarão das apresentações no lado leste da Praça Dr. Fernando Abbott, na Rua Andrade Neves.
A SEME informa que, em casa de chuva, o evento será transferido e a nova data será definida com os organizadores e a Comissão Organizadora. Serão entregues certificados para as bandas participantes. Cada escola terá 15 minutos para desenvolver sua apresentação.
Destaque para a Banda da Escola Presidente Kennedy (foto) que nos últimos meses tem sido uma das mais atuantes. Depois de participar de atividades nos Municípios da região, a instituição de ensino da Vila Mariana levou o nome de São Gabriel para o 8º Festival de Bandas Marciais, realizado no dia 15, em Cachoeira do Sul, e no dia 23, em Caçapava do Sul.
RETRETA VENHA VER A BANDA PASSAR
Ordem de Apresentações em São Gabriel:
Banda Escola Municipal  Ernesto  José Annoni
Banda Escola Municipal  Ferraz Neto
Banda Escola Municipal  Marechal Deodoro
Banda Escola Estadual Dr. Camilo Mércio
Banda Escola Estadual Pery Gonçalves
Banda Escola Estadual  Fernando Abbott
Banda Escola Municipal  João Goulart
Banda Escola Municipal  Presidente Kennedy
Banda Escola Municipal  Telmo Borba de Menezes
Banda Escola Municipal  Carlota Vieira da Cunha
Banda do Instituto de Educação Menna Barreto
Banda Escola Municipal  CAIC
Banda Escola Municipal   Carolina Berny
Banda Escola Municipal   Assis Brasil
Banda da Escola  Estadual Marques Luz
Banda Sopro Divino 18 horas

PROPOSIÇÃO DE CONVÊNIO COM MUNICÍPIO OFERECE 10% DE DESCONTOS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO E PÓS-GRADUAÇÃO NA UNINTER.

Uninter
Uma excelente oportunidade de qualificação profissional volta a ser rediscutida entre a Prefeitura Municipal e o Grupo Uninter / São Gabriel.  Trata-se de um convênio proposto pela direção da empresa, onde cada funcionário municipal de carreira terá o direito a 10% de desconto em mensalidades. A proposição foi retomada na manhã desta quarta-feira (26/11), durante reunião do Gestor do Polo de Apoio de São Gabriel, Anderson Gavião dos Santos, e o prefeito em exercício, Evandro Obaldia Guedes, em seu Gabinete, no Prédio Sepé Tiarajú. A minuta do convênio será entregue a Guedes, que encaminhará para analise do Prefeito e da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos.
“Vai ser um benefício a mais para o funcionalismo. A proposta é excelente para o Município, pois a Administração Municipal não vai precisar investir recursos públicos com o convênio e, mesmo assim, será beneficiada, pois os funcionários estarão  adquirindo mais  qualificação. Para os interessados, o benefício é o desconto”, comentou o prefeito em exercício.
Anderson explica que o benefício do convênio abrange todos os dependentes diretos do funcionário conveniado. “A cada 10 pessoas que vão estudar, uma vai estudar de graça”, argumentou.
A UNINTER tem, hoje, mais de 700 alunos. Em 2015, o Polo São Gabriel completa 10 anos oferecendo 32 cursos.

“MASCARENHAS” ROMPE BARREIRAS AO CONQUISTAR TÍTULO INÉDITO DO JINCOP.

Jincop 1
Já foi o tempo em que as Escolas do Campo eram apenas coadjuvantes. Nos últimos anos, a metodologia de ensino adotada pela Secretaria Municipal de Educação (SEME) tem feito das instituições do interior, educandários especializados em trabalhar a riqueza da cultura local. Assim tem sido o trabalho da SEME com as Escolas Polo, preparando o aluno para o futuro, mas, acima de tudo, trabalhando para combater o êxodo rural.
Sendo assim, as instituições começam a se destacar – até mesmo – no esporte. Nos últimos meses, a Escola Mascarenhas de Moraes tem estado entre as principais escolas quando o assunto desporto estudantil. Levando-se em conta que na cidade as estruturas são bem mais qualificadas para o desenvolvimento de atividades esportivas, o fato de uma escola do interior levantar o troféu de campeão dos Jogos Intercolegiais da Primavera (JINCOP) é considerado, pelos próprios profissionais de Educação Física, uma conquista que rompe barreiras.
Na última sexta-feira (21/11), percorrendo estradas de chão e enfrentando um temporal, cinco alunas da Escola Mascarenhas de Moraes se tornaram as primeiras representantes do interior a conquistar um título esportivo envolvendo todas as instituições de ensino de São Gabriel. As meninas do futsal  categoria infantil bateram as da equipe da Escola Brandina Mello, na final do Certame, por 3 a 2. O jogo foi realizado na quadra de esportes do Ginásio São Gabriel.
Jogaram pela Escola Mascarenhas de Moraes: Aline, Eduarda, Thamires e Michele. A equipe é treinada pelo professor Márcio Codevilla. Foi a segunda conquista em menos de um mês. A mesma equipe conquistou o título da 2ª edição do Torneio Esportivo de Integração das Escolas Polo.

EDUCAÇÃO DO CAMPO É TEMA DE SEMINÁRIO REALIZADO PELA UNIPAMPA COM APOIO DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO.

Cursistas de São Borja e São Gabriel, representando as escolas do campo dos dois municípios, participaram do 1º Seminário Integrador do Curso de formação continuada “Educação do Campo, refazendo os caminhos na região do Pampa”, realizado no sábado passado, entre 8h30 e 12h e 13h30 e 17h30, no auditório da Escola Estadual XV de Novembro. O evento, organizado pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), teve apoio e colaboração da Secretaria Municipal de Educação de São Gabriel.
O debate foi realizado pela professora Isabela Camini, educadora e pesquisadora do Movimento Sem Terra (MST), e teve o apoio da professora Merli Leal Silva, responsável pelo projeto em São Borja, responsável pela mediação. O encontro contou com atividades diferenciadas e serviu para integrar as turmas dos campi São Borja e São Gabriel. No turno da tarde, a professora Lydia Brasil apresentou um diagnóstico sobre a educação local. Educadores da Escola Maria Manoela, da Região de Azevedo Sodré, trouxeram alimentos produzidos por pequenos produtores do Assentamento Guajuviras, o mais antigo de São Gabriel. Os produtos – pães, queijos e doces – foram degustados durante o intervalo da palestra.
A formação continuada já teve quatro encontros, e a previsão é de que se estenda até maio de 2015. O curso é realizado como ação de extensão da Universidade em parceria com o Ministério da Educação (MEC). As aulas acontecem em turmas nos campi São Borja e São Gabriel da Unipampa.
De acordo com a professora Lydia Assis Brasil Valentini, responsável pelas escolas do interior, a Educação no Campo é uma proposta que rompe o modelo da cidade, tendo como principal objetivo evitar o êxodo. “A ideia a fazer com que o filho do camponês mantenha a tradição de seus, transmitindo os conhecimentos aprendidos sobre a vida no campo com dignidade e respeito”, explica.
Segundo ela, o processo leva em conta as necessidades do povo que ali vive suas memórias, herança cultural, sonhos e esperanças. “Devemos, portanto, adotar uma política de educação no campo que proteja um país de direito para todos de fato. A Educação do Campo é um tema atual de discussão, uma luta, uma busca por ensino de qualidade e igualdade de oportunidades”, finalizou.

ESTUDANTES DO COLÉGIO TIRADENTES ENTERRAM “CÁPSULAS DO TEMPO” EM SÃO GABRIEL

Cápsula Turma 13
Cartas, fotos, textos e até vídeos. Esses foram os objetos que os alunos do Colégio Tiradentes, da Brigada Militar, colocaram nas ‘cápsulas do tempo’ que foram enterradas nos dias 17 e 17 de novembro no pátio da escola. A ideia é que os objetos sejam desenterrados no final de 2016, quando os alunos estarão próximos da formatura. Participaram das atividades o alunos das Turmas 11, 12 e 13. O trabalho foi orientado pelo Professor Lucas Loch Moreira. Ele é responsável pela disciplina de História no Colégio Tiradentes há cerca de dois meses. De acordo com o professor, o objetivo, dentre vários estímulos, é conscientizar os estudantes sobre a importância da reflexão de seus papéis no mundo, suas projeções e aspirações futuras.
“Hoje em dia já não é segredo que a História não é feita apenas por heróis, líderes e vultos, mas por todas as pessoas. Nada é mais importante para nós mesmos do que nossas próprias vidas, nossas histórias, nossos caminhos e destinos. O que será de nós amanhã? Não sabemos, mas muito provavelmente seremos mais ou menos a soma daquilo que vemos fazendo ao sabor do porvir. Por isso, escrever as nossas próprias histórias é construir conhecimento a respeito de quem somos. Ninguém poderá saber contar as nossas histórias melhor que nós mesmos. Os historiares, arqueólogos e pesquisadores afins, dificilmente contam com esta “sorte” que é a profusão de fontes primárias, sejam elas escritas ou imagéticas, por isso, construir conhecimento e preservá-lo, é mais do que um privilégio, é um direito dos educandos que pode ser realizado de maneira lúdica. O empenho desses alunos foi muito significativo, estão todos de parabéns”, concluiu o professor.

UNIPAMPA TEM SEU SEGUNDO DOUTORADO APROVADO PELA CAPES.

O Doutorado em Ciências Biológicas do Campus São Gabriel da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) foi aprovado pela CAPES para iniciar suas atividades. A confirmação foi realizada nesta quinta-feira, 20. Este é o segundo curso de Doutorado da Instituição implantada há apenas oito anos.
O curso de doutorado em Ciências Biológicas do Campus São Gabriel faz parte do Programa de Pós Graduação em Ciências Biológicas (PPGCB) que contava, até o momento, com o nível de Mestrado. Conforme o diretor do Campus São Gabriel, professor Valdir Stefenon, “esse Doutorado é uma conquista importantíssima para toda a comunidade acadêmica do Campus, incluindo docentes, discentes e técnicos, assim como a Reitoria e Pró-Reitorias, que se dedicaram na elaboração de um projeto arrojado, no real desenvolvimento do curso de Mestrado, na orientação de mestrandos, na captação de recursos externos à Universidade, no desenvolvimento de pesquisas, na produção de artigos científicos de alto impacto e no atendimento às demandas do PPGCB através de editais internos e auxílios diversos”.
Valdir ressalta que este é o primeiro curso de Doutorado em Ciências Biológicas implantado na metade sul do Rio Grande do Sul e atenderá a uma demanda de décadas para a formação altamente qualificada de recursos humanos e desenvolvimento sócio-econômico-cultural da região.
Para o pró-reitor de Pós-Graduação, professor Ricardo Gunski, “a aprovação pela CAPES do curso de Doutorado coroa o esforço, dedicação e compromisso do corpo docente, discente e técnico-administrativo do Programa, apoiados institucionalmente pelas Pró-Reitorias de Pós-Graduação (PROPG) e Pesquisa (PROPESQ) e pelo Campus São Gabriel”.
O pró-reitor explica que a aprovação do segundo doutorado institucional, somado aos dez mestrados acadêmicos e profissionais da UNIPAMPA, representa um logro de grande relevância para a Instituição, demonstrando o elevado potencial acadêmico e científico de seu corpo docente.
A primeira turma ingressará já no próximo ano, conforme explica o coordenador do PPGCB, professor Paulo Marcos Pinto. “Ainda será necessária uma discussão sobre a primeira seleção, mas temos a certeza que a primeira turma ingressará ainda em 2015”. Paulo comemora o sucesso conquistado a partir do esforço da comissão de trabalho e a articulação com Pró-Reitorias e Reitoria. “O curso de doutorado do PPGCB foi uma conquista árdua, passamos por diligência de visita in loco e também documental, ou seja, fomos literalmente revirados dos “pés a cabeça” para que a CAPES tivesse certeza de que teríamos condições de abrir o curso”, comenta o coordenador.
Paulo explica que os egressos do Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas, nível Doutorado, estarão capacitados a atuar na pesquisa, ensino e extensão nas áreas do conhecimento relativas as linhas de pesquisa contempladas no programa, mas com bagagem científica que os possibilitará explorar áreas diferentes daquelas em que atuará.

DIVULGADO GABARITO DO ENEM.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep) divulgou os gabaritos oficiais da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nesta quarta-feira.
A previsão da divulgação dos resultados individuais é em janeiro do ano que vem, ainda sem uma data definida. Mesmo com o gabarito, não é possível saber a nota, já que a metodologia da prova é a da Teoria de Respostas a Item (TRI). Nesse sistema, o valor de cada questão varia de acordo com o percentual de erros e acertos do estudante naquele item. Se um item tiver um grande número de acertos será considerado fácil e deve valer menos pontos que outro, considerado difícil, com alto índice de erros.
Na edição deste ano, a prova foi aplicada a mais de 6,2 milhões de estudantes em mais de 1,6 mil cidades de todo o país. No primeiro dia as provas aplicadas tinham questões e ciências e ciências da natureza. No domingo, segundo dia de provas, os assuntos foram questões de linguagens, códigos e matemática.

Confira os gabaritos dos  dois dias de prova:

Sábado, 1º dia
Caderno Azul
Caderno Amarelo
Caderno Branco
Caderno Rosa

Domingo, 2º dia
Caderno Amarelo
Caderno Cinza
Caderno Azul
Caderno Rosa

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.628 outros seguidores