ADVOGADO E FILHO SERÃO SEPULTADOS ÀS 18H.

Muitas pessoas (amigos e familiares) foram ao velório, na Maçonaria

Embora a Polícia Rodoviária Federal (PRF) não confirme, os indícios apontam para imprudência (ou até descuido) do motorista Ênio Afonso Vogt (49). O homem dirigia o caminhão, placas de Santa Cruz do Sul, que bateu de frente com o Gol, placas de São Gabriel, dirigido por Júlio César Menezes Trindade (30). Ele e o pai, o advogado e professor da Urcamp, Roni Munhoz Trindade (60), que vinha no banco do carona, morreu no local. A PRF suspeita que o motorista do caminhão tenha perdido o controle. O veículo teria invadido a pista contrária.

Os corpos de Roni e Júlio César estão sendo velados na Maçonaria Del’Olmo, no Bairro São Clemente. O sepultamento está marcado para 18 horas desta quarta-feira, no Cemitério da Santa Casa de Caridade.

Veículos dos dois lados da Rua Alfredo Bento Pereira

About these ads

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.621 outros seguidores