TUDO O QUE SE FAZ, DE BOM OU DE RUIM, RETORNA!

DIVULGACAO FIBRA OPTICA SAO GABRIEL NOVEMBRO 2013 - JORNAL

SÃO GABRIEL JOGA POR UMA VAGA NA SEMIFINAL.

Jogadores do Garibaldi comemoraram classificação contra o Gaúcho no domingo passado em Passo Fundo

Jogadores do Garibaldi comemoraram classificação contra o Gaúcho no domingo passado em Passo Fundo

o Esporte Clube São Gabriel tem mais um jogo decisivo pela frente. A partida contra a Associação Garibaldi, inicialmente marcada para a tarde de ontem, acontecerá na noite desta quinta-feira (17/04), no Estádio Alcides Santa Rosa, às 19h30. A direção do clube não soube explicar o porque da transferência.
O adversário gabrielense teve a melhor da campanha entre as equipes da Chave B. Por isso tem a vantagem de jogar esta partida (única) em casa. Mas também a vantagem para por ai.
Para passar para a próxima fase, qualquer uma das equipes tem que vencer no tempo normal ou nas penalidades. O ganhador continua na competição na briga pelo título do Turno. O campeão desta primeira fase estará garantindo na Divisão de Acesso em 2015.

STAR CLUBE (GRANDE)

FEIRA DE TERNEIROS E VAQUILHONAS TERÁ 11ª EDIÇÃO EM ABRIL.

Transcorre em duas etapas, de 23 a 24 e de 28 a 29 de abril, a 11ª edição da Feira de Terneiros, Terneiras e Vaquilhonas de São Gabriel. O evento será realizado no Parque de Exposições Assis Brasil, sob promoção do Sindicato Rural de São Gabriel. Segundo o presidente do Sindicato Rural de São Gabriel e vice-presidente da Farsul, Tarso Teixeira, as expectativas são extremamente positivas, em virtude do bom êxito dos negócios rurais no momento. No último dia 12 de abril, o remate da Fazenda King obteve a maior média de comercialização de terneiros em todo o Estado até agora. “Os números estão apontando para um momento excepcional, e isso com certeza fará a diferença nesta nova edição da Feira de Terneiros”, ressalta.
A primeira etapa da Feira de Terneiros ocorre de 23 a 24 de abril, sob condução do Escritório de Remates Cambará. Na etapa seguinte, que se inicia dia 28, a responsabilidade é do Escritório Guarany.  Em ambas as etapas, haverá amplo financiamento bancário disponível, com Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil oferecendo crédito rural com seis anos de prazo e dois de carência a juros de 5,5%, e Banrisul e Sicredi atuando com operações de 2 a 3 anos de prazo e juros de 5,5%.

SEGUNDONA: BAGÉ ESTÁ FORA. 15 CONTINUA.

O desejo jalde-negro de retornar à divisão intermediária terá que esperar, ao menos, pelo segundo turno. Diante do 15 de Novembro no Pedra Moura, o time do técnico Murilo Costa esteve duas vezes à frente do marcador ontem à noite, entretanto, em dois gols de bola parada cedeu o empate e amargou, após 10 cobranças de pênalti, a eliminação nas quartas de final do Campeonato Gaúcho da Série B.
Entre o equilíbrio de precisar marcar e a necessidade de não sofrer gols, o técnico Murilo Costa optou por retomar o esquema da abertura da temporada. Com três meias, Fernandinho era o mais adiantado pelo lado direito, cabendo a Luís Fernando e Fernando Lima o setor de armação. Alessandro, como foi comum neste primeiro turno, teve dificuldade entre os zagueiros. O 15, com três homens de contenção manifestou desde o apito inicial a intenção de, primeiramente, defender.
E foi realmente o Bagé quem manifestou maior interesse em jogar futebol. O jejum de 260 minutos sem marcar atuando em casa foi quebrado através da bola parada. Aos 13 minutos, depois da cobrança de escanteio, Rafael bateu cruzado: 1 a 0. Luis Fernando, o jalde- negro mais lúcido na etapa inicial, acertou a trave aos 17. A vantagem e o domínio, no entanto, colaboraram para a equipe começar a administrar, muito cedo, o placar favorável.
O 15 adiantou os meio campistas e passou a trocar passes no campo de ataque. Mesmo sem exigir o goleiro Thales, Douglas dava muito trabalho ao sistema defensivo. O empate também veio pela bola parada. Rodrigo cobrou falta da entrada da área, a bola desviou na barreira e enganou o camisa 1: tudo igual no Pedra Moura. Tecnicamente superior, o Bagé não demorou a se impor novamente. O segundo quase veio no desvio contra, salvo por Mateus.
Pensado como jogador referência de uma equipe que sonha com o retorno à Divisão de Acesso, Fernandinho finalmente brilhou nesta temporada. Depois de passar em branco na fase classificatória, o camisa 10 foi lançado e, pelo lado direito da grande área, bateu forte para recolocar o Bagé em vantagem. O gol recolocou o torcedor, que compareceu em bom número, no jogo.

Dois raios no mesmo lugar
O gol modificou a postura dos times para a volta do intervalo. Com a entrada de Maninho, os visitantes imprimiram maior velocidade pela esquerda. Posicionado às costas do lateral, Fernandinho armava os melhores contra-ataques jalde-negros. A sorte, no entanto, parecia vestir verde e branco. De novo Rodrigo, de novo com desvio pelo caminho, deixou tufo igual aos 22 minutos: 2 a 2.
Diferente do primeiro tempo, o Bagé sentiu o gol. Na sequencia, Cristiano driblou três, mas errou na hora do arremate. Pouco participativo, Alessandro acabou sacado para entrada de Diogo. O 15, contudo, ao invés de aproveitar o momento de superioridade, preferiu fazer o tempo passar. O perfil enérgico de Eleno Todeschini impacientava ainda mais o som vindo das arquibancadas e tornava maior o drama amarelo e preto.

Rafael desperdiça cobrança final
Rafael foi um dos grandes nomes do Bagé durante o tempo normal. Porém, o zagueiro jogou nas arquibancadas a oportunidade do clube seguir a diante no Estadual. As primeiras oito batidas foram cobradas com perfeição. Diogo, Mateta, Fernandinho e Rocha converteram, Maninho, Jonathan, Ruan e Paim igualaram. Rafael desperdiçou a quinta jalde negra e Douglas, no canto direito, garantiu o 15 na semifinal.

FONTE: Jornal Minuano

curso salvamento

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 2.601 outros seguidores